Início » Internet » Google anuncia YouTube Music para competir com Spotify e faz mudanças no Red

Google anuncia YouTube Music para competir com Spotify e faz mudanças no Red

Paulo Higa Por

Muitos rumores do serviço de música do YouTube surgiram nos últimos meses. O Google finalmente confirmou os planos nesta quarta-feira (16): a empresa vai lançar o YouTube Music, para dar um pouco de trabalho para o Spotify; e está transformando o antigo YouTube Red em YouTube Premium, cobrando uma assinatura mais cara para remover os anúncios em vídeos.

Youtube - logotipos

Não é a primeira vez que o Google tenta emplacar algo no mercado de streaming. O Play Música, que deve ter seu lugar tomado pelo novo serviço em algum momento no futuro, funciona desde 2011 e está disponível no Brasil. Além dele, existia o YouTube Music Key, que cobrava assinatura para não exibir anúncios. Ele foi substituído pelo YouTube Red, que permitia baixar vídeos offline e reproduzir música em background.

Agora, tudo muda de nome de novo. Serão dois planos pagos dentro do serviço de vídeos do Google. O YouTube Music Premium custa US$ 9,99 por mês nos Estados Unidos e permite ouvir músicas em plano de fundo, bem como baixá-las para escutar offline. Ele remove as propagandas de clipes musicais, mas não de outros vídeos do YouTube.

Já o YouTube Premium é o novo nome do YouTube Red. Ele possui todos os benefícios do YouTube Music, mas custa US$ 11,99 (quem já era assinante do Red continuará pagando o valor antigo) e traz alguns adicionais: remoção de propagandas em todos os vídeos do YouTube, download e reprodução em background de todos os vídeos, e acesso aos YouTube Originals, como a série Cobra Kai.

No caso do YouTube Music, o Google promete alguns atrativos para roubar assinantes da concorrência: um aplicativo renovado para dispositivos móveis e um novo player para desktop; milhares de playlists que combinam com o que você está fazendo, onde você está ou o seu humor atual; e uma tela inicial dinâmica que mostra recomendações de músicas com base no seu local e histórico.

Os novos serviços serão lançados na terça-feira (22) nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, México e Coreia do Sul. A lista de países que receberão as novidades “nas próximas semanas” inclui Alemanha, Canadá, França, Espanha, Itália, Reino Unido e outros. O Google ainda não informou se ou quando pretende lançar o YouTube Music ou YouTube Premium no mercado brasileiro.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Cristiano Silveira

Agora a Google só tem que lançar um para competir com a Netflix, repagina O Play filmes e embutir ele no YouTube logo.

Fagner Ribeiro

Vou postar um print de um comentário feito no CNET.com que diz https://uploads.disquscdn.c... tudo sobre isso.

Tiago

Já pago pelo Play Music plano família, seria uma boa eliminar os serviços redundantes. Já pago o Play Music, não vou pagar por YouTube Premium.

Pedro Luca Rossino Binotto

Kkkkk sim

Pedro Luca Rossino Binotto

O YouTube Music já existe faz tempo nos EUA

Jonatas Alexandre do Monte

O red ja era caro e agora vai ficar mais ainda!?
É coisa da minha cabeça ou o Youtube esta implorando por um concorrente?

Ticano

Só eu fiquei apertando o play da imagem?

S Y N T H W A V E + L O V E R

E nem trazem a linha Pixel...

Guilherme Viana

Provavelmente será até maior, já que 11,90 dólares vale mais que alguns centavos gerados pelos anúncios. Provavelmente esse dinheiro será monetizado pro Youtuber quando você assistir o vídeo

Gabriel Rodriguez

9,99 dolarwd eh o preço do planp familiar do spotify para 6 pessoas

Morouk

Legal mas com root já tenho iytpb... Não pago nem ferrando.

Ygor Magalhães

E o que vai acontecer com o play música nativo dos celulares andróide? Porque ele tá bem defasado já, não muda nada continua a mesma interface. Parece que o Google abandonou o app

Luiz Fernando

A pergunta é o serviço está sendo fornecido nos EUA por 10 /12 dólares será que alguém vai pagar mais de 30 reais para ter acesso a algo assim no Brasil? Ainda mais o brasileiro sempre dando jeito para tudo. Sou usuário do Spotify Premium faz mais de 3 anos se o preço não for lá em cima deles Migro de boa .

Luiz Carlos Pereira Jr.

Até que enfim uma notícia boa!

Eduardo Braga

Eu adorava as playlists que o Play Música fazia com base nas músicas que tinha na biblioteca. Espero que deixem isso intacto. Talvez eu consiga fazer minha irmã assinar, se/quando aparecer por aqui.
Aliás, não disseram nada sobre plano família...

Exibir mais comentários