Tecnoblog

Koo Bon-moo, presidente da LG desde 1995, morre aos 73 anos

Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O chairman do grupo LG, Koo Bon-moo, morreu na manhã deste domingo (20) aos 73 anos de idade, em Seul. Ele lutava contra uma doença cerebral e estava há vários dias hospitalizado em estado grave, após passar por múltiplas cirurgias. Koo comandava a empresa coreana há 23 anos.

Sob o seu comando, a LG passou de uma pequena companhia de eletrônicos, que produziu seu primeiro aparelho de rádio em 1959, para um conglomerado global de tecnologia. O grupo tem diversas subsidiárias, das quais a LG Electronics é a maior. A empresa também atua na indústria química (LG Chem) e de telecomunicações (LG Uplus).

Ele era neto de Koo In-hwoi, que fundou a empresa química Lucky em 1947 e a fabricante de eletrônicos Goldstar em 1958. As empresas se juntaram, formando a sigla LG e, atualmente, representam o quarto maior grupo da Coreia do Sul. Assim como a Samsung e a Hyundai, a LG é um chaebol, ou seja, um conglomerado de empresas normalmente controlado por uma família coreana.

O filho adotivo de Koo Bon-moo, Koo Kwang-mo, que está na LG desde 2006, deverá assumir o comando do grupo, representando a quarta geração da família. Ele poderá se tornar presidente oficialmente no dia 29 de junho, durante uma votação de acionistas.

Com informações: Bloomberg, Reuters.