Início » Negócios » iFood compra divisão brasileira da Pedidos Já

iFood compra divisão brasileira da Pedidos Já

Acordo ajudará o iFood a aumentar sua base de usuários e restaurantes parceiros

Victor Hugo Silva Por

O iFood anunciou nesta quinta-feira (2) a aquisição de parte da Pedidos Já, um dos mais antigos serviços de delivery da América Latina. Com o acordo, a empresa será controlada pelo iFood no Brasil, mas não terá mudanças nos outros países em que atua.

O termos da negociação não foram revelados, mas o iFood diz que a compra servirá para fortalecer sua liderança em regiões estratégicas do país. O acordo ajudará a aumentar tanto a base de usuários, quanto de restaurantes, já que a Pedidos Já tem cerca de 15 mil estabelecimentos parceiros.

iFood compra a Pedidos Já no Brasil

Em comunicado, o diretor de Merger & Acquisitions do iFood, Alex Anton, destacou que um dos pontos considerados na negociação foi o fato de a Pedidos Já ser precursora no segmento. "Quando falamos em pedidos online, a empresa foi pioneira em educar o brasileiro", afirma.

Em paralelo à compra no Brasil, a empresa aceitou vender à Pedidos Já a participação de sua marca na Argentina. Segundo o G1, a aquisição no Brasil não dependerá da aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

O órgão, no entanto, atuou para aprovar na quarta-feira (1º) a aquisição da Rapiddo pelo iFood, que já comprou concorrentes diretos no Brasil, como HelloFood e RestauranteWeb.

O iFood é controlado pela Movile que recebeu um aporte de US$ 124 milhões para expandir sua atuação no Brasil e na América Latina. Após o investimento, a empresa, que possui serviços como Sympla, SpoonRocket e PlayKids, viu seu valor de mercado se aproximar de US$ 1 bilhão.

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodrigo Zika!
Aconselho caso tenha condições, comprar via VR, comprar no cartão ou dinheiro vivo, realmente sai muito caro.
Rodrigo Zika!
Essa não sabia, mais isso se aplica as operadoras de telefonia e internet, triste.
Uriel Dos Santos Souza
Movile rumo a 1 bilhão de valor! Unicórnio?
joaofla123
Quem define a taxa de entrega são os restaurantes. Porém tem relação direta com a taxa de comissão que é cobrada pelo ifood aos restaurantes, que acabam tentando repassar ao consumidor por meio da taxa de entrega.
johndoe1981
Essas aquisições e fusões são péssimas para o consumidor, com redução da concorrência a tendência natural é de aumento de preços e piora na qualidade dos produtos e serviços. Ainda mais no Brasil, onde a concorrência em alguns setores é muito baixa, vide OLX que comprou Bom Negócio e até hoje não apareceu um concorrente.
Elcobos
Normal. E o Uber Eats está crescendo aqui.
Jonas S. Marques
Pedidos Já tinha taxas de entrega razoáveis enquanto o Ifood tem pesado bastante a mão. Uma pena, já que agora temos um enorme monopólio de entregas.
Lucas Blassioli
https://uploads.disquscdn.c...
Alessandro Johnny
oh no
Arthur V.*
No caso do Restaurante Web, isso aconteceu através da entrada da britânica Just Eat (antiga dona do Restaurante Web) no capital do iFood.Aliás, o slogan do Restaurante Web ("Chega de cozinhar, Restaurante Web.") foi uma adaptação péssima do slogan do Just Eat ("Don't cook, Just Eat.").
Lucas Blassioli
iFood: em busca do monopólio. Parte 2Ele já tinha comprado o Restaurante Web, agora o Pedidos Já... Daqui a pouco só o iFood vai estar nesse mercado. Inclusive, esse friozinho pede uma notificação te importunando te oferecendo comida.