Início » Gadgets » 5 óculos de Realidade Virtual para usar com o seu celular

5 óculos de Realidade Virtual para usar com o seu celular

Modelos de óculos de Realidade Virtual para celular variam entre os simples e os sofisticados, por preços muito atraentes

Por
42 semanas atrás

A Realidade Virtual está ao alcance de todos. Com o equipamento correto é possível assistir filmes, curtir jogos e até mesmo visitar lugares distantes sem sair do conforto do seu lar. E o que é melhor, não é preciso possuir óculos de última geração, computadores potentes ou consoles de videogame. Um celular já possui quase tudo o que é necessário, bastando adicionar um óculos de realidade virtual compatível.

RawPixel / Mulher com óculos de RV / Pixabay / óculos de realidade virtual para celular

Neste post, listamos cinco óculos de Realidade Virtual para celular, todos de fácil utilização e com preços bastante atraentes, para atender a todos os públicos.

1. Xiaomi VR Play II

Xiaomi VR Play II / óculos de realidade virtual para celular

VR Play II, óculos de Realidade Virtual para celular da Xiaomi, reúne algumas das melhores características dos concorrentes: é bem construído, possui um grande ângulo de visão e é compatível com qualquer modelo de smartphone iOS (iPhone) ou Android.

Foi feito para ser utilizado com o app Cardboard do Google (iOS, Android), logo suporta até mesmo iPhones, e faz a fixação por pressão. Mesmo aparelhos grandes ficam bem presos. Por fim, ele possui um preço acessível, podendo ser encontrado por valores entre R$ 190 e R$ 250. É uma boa opção inclusive para uso profissional.

2. Google Daydream View

Google Daydream View / óculos de realidade virtual para celular

O DayDream View é um óculos de Realidade Virtual para celular desenvolvido pelo Google, e é considerado a evolução natural do Cardboard. O acessório é compatível com vários dispositivos Android, de marcas como Motorola, ASUS, Samsung, LG, ZTE e Huawei, além de suportar obviamente os smartphones da linha Google Pixel.

Possui uma estrutura revestida em tecido e é completamente lavável, é bastante confortável, conta com um controle remoto Bluetooth e fixar seu smartphone nele é bastante simples. O Google não o fornece oficialmente no Brasil, mas ele pode ser encontrado (quando importado) por valores entre R$ 300 e R$ 400.

3. Samsung Gear VR

Samsung Gear VR / óculos de realidade virtual para celular

O Gear VR, fabricado pela Samsung é talvez o que oferece a melhor experiência de uso. Ele possui uma construção sólida, um excelente campo de visão, recursos diversos como um controle Bluetooth dedicado e interface touchscreen na lateral direita, além de muitos conteúdos exclusivos.

Os pontos fracos são seu preço elevado (em torno de R$ 1.299) e o fato de só funcionar com dispositivos das linhas Galaxy S e Note; o modelo mais recente, lançado em 2017 suporta o Galaxy Note 8, os Galaxies S9 e S9+ e o Galaxy Note 9, mas para este último é preciso um adaptador para segurar o smartphone firme no lugar, gratuito no exterior mas vendido à parte no Brasil, por valores em torno de R$ 119.

4. Google Cardboard

Google Cardboard / óculos de realidade virtual para celular

Pode parecer uma piada, mas o Cardboard original ainda é uma excelente pedida. É possível adquirir um pronto, em sites de venda ou montar um em casa, com os moldes originais disponíveis na internet e comprando as lentes biconvexas assimétricas, com distância focal de 45 mm (conforme as especificações) à parte. No geral, os custos ficam entre R$ 15 e R$ 30.

Embora o Cardboard não ofereça tanto conforto como outras soluções profissionais, ou não possuir um ângulo de visão tão grande, ele é o mais democrático dos óculos de Realidade Virtual: é utilizável com qualquer smartphone disponível no mercado, e graças ao seu custo, ele é um dos mais acessíveis de sua categoria.

 

5. VR Box

VR Box / óculos de realidade virtual para celular

O VR Box entra nesta lista por apenas dois fatores: o preço, podendo ser encontrado por valores entre R$ 30 e R$ 50; e a comodidade, por contar com um controle Bluetooth dedicado. Fora isso, o óculos de VR possui uma experiência de uso similar à do Cardboard, o que para ele é um baita ponto contra.

O aparelho aparenta ter sido feito de materiais baratos (considerando o valor, não surpreende), o ângulo de visão não é dos melhores e por isso, ele não propicia imersão adequada. Vale como um presente para crianças ou um brinde para colaboradores, mas para uso pessoal e regular, ele é menos que o ideal e para baixo orçamento.