Início » Internet » Microsoft confirma que Edge terá suporte às extensões do Google Chrome

Microsoft confirma que Edge terá suporte às extensões do Google Chrome

Microsoft Edge vai usar mesma base do Google Chrome a partir de 2019; ele vai rodar no Xbox One, Windows 7, 8 e 10

Por
23 semanas atrás

A Microsoft anunciou que o Edge vai usar o Chromium, mesma base do Google Chrome, a partir de 2019. A empresa confirmou alguns detalhes adicionais: ela dará suporte às extensões do Chrome, e levará o navegador para o Xbox One. Será possível instalar o browser no Windows 7, 8 e 10.

Kyle Alden, gerente de projeto do Microsoft Edge, diz no Reddit: “é nossa intenção dar suporte às extensões existentes do Chrome”. Isso provavelmente funcionará como no Opera ou Vivaldi: você visita a Chrome Web Store, escolhe uma extensão, clica em “Usar” e pronto.

Sim, atualmente a Microsoft coloca um “obstáculo” para instalar extensões no Edge: elas precisam ser distribuídas através da Loja do Windows 10. No entanto, isso deve acabar: afinal, o navegador será compatível com o Windows 7 e 8, podendo chegar até mesmo ao macOS.

Além disso, a Microsoft confirma ao Windows Central que o Edge deixará de usar a plataforma UWP (Universal Windows Platform). Ele será um aplicativo Win32 tradicional — tal como o Opera e o Vivaldi — para poder rodar em sistemas além do Windows 10. Assim, deve ser mais fácil instalar extensões nele.

Windows 10 pode depender menos do Microsoft Edge

O Edge é bastante integrado ao Windows 10. Um recurso experimental que depende do navegador é o “Sets”: ele permitia reunir aplicativos em uma só janela com abas, seja apps universais (Email, Calendário, OneNote) ou programas Win32 tradicionais como o Explorador de Arquivos. Isso foi temporariamente desativado; a Microsoft diz ao Windows Central que “o desenvolvimento foi desacelerado até a mudança para o Chromium”.

“Sets” permitia agrupar programas em uma só janela no Windows 10

E quanto aos aplicativos da Microsoft Store que dependem do EdgeHTML para funcionar, como o Twitter? Os PWAs (Progressive Web Apps) continuarão usando o motor de renderização do Edge por enquanto. Alden explica no Reddit que a Microsoft espera “oferecer um novo webview que os aplicativos possam optar por usar”.

Um usuário do Reddit perguntou: “o que isso significa para o Microsoft Edge no Xbox?”. Alden respondeu: “é nossa intenção levar a próxima versão do Microsoft Edge para todos os dispositivos da Microsoft”. Ou seja, também veremos o novo navegador na família Xbox One de consoles.

Microsoft vai contribuir no projeto Chromium

O Microsoft Edge usará o motor Blink para renderizar páginas da web, assim como o Chrome, e dependerá do V8 para compilar JavaScript. O navegador será atualizado de forma independente do Windows, seguindo o ritmo de lançamento do Chromium.

E a Microsoft planeja melhorar o Chromium para todos, contribuindo em áreas como suporte a comandos de toque, reconhecimento de gestos e rolagem suave. “Pretendemos nos tornar um contribuidor significativo para o projeto”, diz Joe Belfiore, vice-presidente corporativo do Windows.

Segundo o Windows Central, a Microsoft está tentando migrar alguns diferenciais do Edge para a versão baseada no Chromium. Isso inclui desenhar em páginas da web, ativar o modo de leitura e acessar recursos adicionais em PDFs. No entanto, a empresa vai analisar dados de telemetria para saber quais são pouco utilizados; alguns podem ser removidos.

Com informações: Reddit, Thurrott, Windows Central.

Você pode se interessar também