Início » Computador » Samsung revela primeira tela OLED 4K de 15,6″ para notebooks

Samsung revela primeira tela OLED 4K de 15,6″ para notebooks

Notebooks com tela OLED 4K podem aparecer no mercado a partir do segundo trimestre deste ano

André Fogaça Por

A Samsung anunciou que já tem uma tela de 15,6 polegadas para notebooks, que é feita com tecnologia OLED e abusa de bordas extremamente finas. A fabricante sul-coreana afirma que este é o primeiro painel com este tipo de geração de cores, neste tamanho e que consegue exibir conteúdo em 4K nativamente, com HDR.

Este é o mesmo OLED que está presente em aparelhos de TV, telas de smartphones e smartwatches. Isso significa que cada um dos milhões de pixels conta com sua própria fonte de luz, o que garante contraste infinito (preto não é mais um cinza muito escuro, é preto mesmo) e melhor condição para que a tela esteja legível em ambientes ensolarados.

O modelo apresentado pela divisão da Samsung que cria telas, a Samsung Display, trabalha com brilho ajustado para 600 nits, o que encaixa na certificação DisplayHDR 600. Em cores, a tela é capaz de exibir 100% do padrão DCI-P3, com até 34 milhões de cores diferentes.

Como em qualquer OLED, o produto anunciado pela Samsung consegue ser muito mais fino, ter bordas ainda menores do que telas LCD e podem consumir menos energia. Só há dois problemas relacionados com a tecnologia de display apresentada: ela é mais cara do que o LCD e sofre mais com o burn-in, que é quando uma área fica com o conteúdo permanentemente exibido, por uma espécie de queimadura do OLED.

A produção em massa do componente começa no meio do mês que vem e já há alguns fabricantes com lançamentos de notebooks com tela OLED marcados para este ano, como é o caso da Dell, Lenovo e HP.

Com informações: Engadget e SamMobile.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Victor Monteiro

olha o produto, lá tem cara de que foi feito pra jogar?

Mickael Fernandes

Gostei da novidade, embora o preço deva ser proibitivo no começo. Bom que vão testando as telas e melhorando a qualidade delas para evitar o burn-in.

Jarede Alexandre Mestre

O olho humano (com visão 20/20) precisa de 300 PPI para 300 mm de distância. Como a formula é inversamente proporcional, se estivermos a 450 mm de distância do monitor (1,5 vezes mais) precisaremos de 200 PPI (1,5 vezes menos) para o conforto visual. Um monitor de 15,6" Full HD tem 141 PPI e consequentemente um monitor 4k terá 282 PPI. Dependendo do uso e do bolso, esse monitor trará sim, bons benefícios.

Daniel

Plasma dependendo do uso é relativamente durável, tenho uma até hoje de 50, e para tv funciona, agora numa tela onde tem muita imagem estática, como qualquer PC, realmente acho que a vida útil não compensa.

FastSloth87

Não deu certo pra plasma, não vai dar certo pro OLED.

Daniel

Pensei nisso também, aí vai de saber usar talvez, como nas TVs de plasma, proteção de tela... Tem de ver se a qualidade da imagem compensa ria essa deficiência.

Daniel

Eu compraria mais pela Questão do contraste infinito que pelo 4k, ter um ótimo contraste com pouco brilho é bem interessante.

­­­­­­­­­­­­­­­

O que vai fazer muita diferença é essa belíssima tela OLED.

John Smith

O que tem de especialista nos comentários é brincadeira.

Jarbas Coqueiro

Minha definição de premium é com base no preço.
Enfim, para nao prolongar, está tela 4K é um mimo que equipara produtos caríssimos. É perca de tempo ficar discutindo se e ou nao nescessária.

Jarbas Coqueiro

Os que eu comparei, Note 9 e One Plus 6T, possuem tela OLED entao só resta analisar a resolução. Mas é isto mesmo, eu prefiro o constraste infinito do Amoled a uma resolução maior.

Franco Luiz

Quem disse que resoluçao é igual tela melhor ? uma tela super amoeld 1080P de qualidade bate facil uma tela 2k ips comum

Lairton Gomes

meu sonho é uma oled 2k 120hz com freesync

Lairton Gomes

tenho a impressão de que as fabricantes usam os mercados subdesenvolvidos para desovar os estoques de telas antigas

Macgyver Freitas

E diminuir duração de bateria

Exibir mais comentários