Início » Telecomunicações » Vivo passa a oferecer suporte para Apple Watch com conectividade celular

Vivo passa a oferecer suporte para Apple Watch com conectividade celular

Serviço de conectividade Vivo Sync terá três primeiros meses gratuitos; Claro também tem suporte ao Apple Watch com celular

Lucas Braga Por

A Apple liberou nesta semana a atualização para o watchOS 5.2 e trouxe uma grande novidade aos clientes da Vivo: usuários do Apple Watch Series 3 ou Series 4 com GPS + Cellular agora podem ativar o serviço móvel da operadora, permitindo receber ligações e utilizar a internet mesmo longe do iPhone.

Apple Watch Series 4

O Apple Watch não utiliza um chip convencional, e sim a tecnologia eSIM, que é um SIM Card virtual. Até então, a Claro era a única operadora que oferecia suporte ao modelo GPS + Cellular. A Vivo já tinha esse serviço para smartwatches conectados da Samsung, mas não para o produto da Apple.

O serviço se chama Vivo Sync. O site da operadora informa que é necessário contratá-lo em uma loja física ou online. Quem fizer isso até o dia 20 de junho terá três meses sem tarifas; depois, há um custo mensal de R$ 19,99.

Além de liberar acesso à internet ao relógio, o Vivo Sync permite ao Apple Watch Series 3 ou Series 4 utilizar o mesmo número da linha do cliente, sendo possível fazer e receber ligações sem a presença do smartphone.

Restrições

Existe um grande porém: a contratação do Vivo Sync está restrita a planos Vivo Pós e Vivo Família que custam a partir de R$ 119,90, deixando de lado planos mais baratos como Controle, Vivo Pré e Vivo Easy. A Claro adota a mesma postura e só vende o Claro Sync por R$ 29,90 para clientes de planos Claro Pós Ilimitado, que também custam a partir de R$ 119,90.

É importante ressaltar que não é possível contratar conectividade por aqui caso o Apple Watch tenha sido comprado nos Estados Unidos, Canadá ou México: os modelos A1975 e A1976 não são compatíveis com praticamente nenhuma frequência de 3G ou 4G utilizada em nosso país. Para usar a rede da Claro ou Vivo, é necessário ter o modelo vendido no Brasil ou em países da Europa e Ásia (A2007 e A2008).

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Socrates Matos

As operadoras brasileiras sempre metendo a mão , no Japão não tem custo adicional para o serviço e é muito mais em conta o plano

Giuliano Moschetta

a vivo não esta disponibilizando o serviço pra planos corporativos...isso é péssimo e o pior que não consegui nenhuma informação de quando poderia disponibilizar nos planos corporativos

ecarvm

Isso é um grande avanço contra a bandidagem. Agora o meliante não remove o e-sim, com certeza vai dificultar

Daniel De Paula

Gostei desse layout de tela do Watch, vai ser mais útil que ter função de SIM virtual

Cameron Poe

As vezes pode ser igual os exynos / snapdragon com os samsungs

Yago G. Oliveira

Existe alguma necessidade de um hardware para que esse sistema seja usado, ou apenas um adicional à recepção dos canais dos já existentes podem fornecer o serviço?