Início » Celular » Vendas de smartwatches crescem quase 50% graças à Apple e Samsung

Vendas de smartwatches crescem quase 50% graças à Apple e Samsung

Apple Watch continua líder isolado, com 35,8% das vendas de relógios inteligentes

Por
03/05/2019 às 10h42

As vendas de smartwatches tiveram um salto de 48% no primeiro trimestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado. O crescimento, de acordo com o estudo publicado nesta sexta-feira (3) pela Counterpoint Research, está ligado ao bom desempenho das líderes de mercado: a Apple, que continua isolada na frente; e a Samsung, que conseguiu aumentar sua fatia no setor.

Apple Watch

O Apple Watch cresceu junto com a média do mercado (49%) e teve sua participação elevada de 35,5% no primeiro trimestre de 2018 para 35,8% um ano depois. A consultoria nota que a Apple conseguiu melhorar suas vendas de relógios mesmo com a baixa demanda por iPhones. O recurso mais desejado é o eletrocardiograma — que ainda não está disponível no Brasil.

Das grandes, quem mais cresceu foi a Samsung: houve um aumento de 127% (!) na quantidade de smartwatches vendidos pela sul-coreana, o que fez a participação de mercado da empresa subir de 7,2% para 11,1%. A Samsung pulou para a vice-liderança, ultrapassando a Imoo, que vende celulares-relógio na Indonésia e Tailândia. Apesar do preço, o Galaxy Watch nos agradou pelo design atraente e bateria de boa duração.

Huawei Watch GT

Huawei Watch GT

A Huawei está apenas em sexto lugar, mas teve um bom trimestre: ela não aparecia entre as oito principais no relatório anterior, e agora possui 2,8% do mercado. O desempenho melhorou com o Huawei Watch GT, um modelo com tela AMOLED circular, compatibilidade com Android e iOS, design esportivo e monitoramento de sono e exercícios. Ele tem bateria que dura até 14 dias, então obviamente não roda Wear OS.

Estas foram as empresas que mais venderam relógios inteligentes no primeiro trimestre de 2019, de acordo com a Counterpoint Research:

  1. Apple: 35,8%
  2. Samsung: 11,1%
  3. Imoo: 9,2%
  4. Fitbit: 5,5%
  5. Amazfit: 3,7%
  6. Huawei: 2,8%
  7. Fossil: 2,5%
  8. Garmin: 1,5%
  9. O resto: 27,9%
Mais sobre: , ,