Início » Celular » Vendas de smartwatches crescem quase 50% graças à Apple e Samsung

Vendas de smartwatches crescem quase 50% graças à Apple e Samsung

Apple Watch continua líder isolado, com 35,8% das vendas de relógios inteligentes

Paulo Higa Por

As vendas de smartwatches tiveram um salto de 48% no primeiro trimestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado. O crescimento, de acordo com o estudo publicado nesta sexta-feira (3) pela Counterpoint Research, está ligado ao bom desempenho das líderes de mercado: a Apple, que continua isolada na frente; e a Samsung, que conseguiu aumentar sua fatia no setor.

Apple Watch

O Apple Watch cresceu junto com a média do mercado (49%) e teve sua participação elevada de 35,5% no primeiro trimestre de 2018 para 35,8% um ano depois. A consultoria nota que a Apple conseguiu melhorar suas vendas de relógios mesmo com a baixa demanda por iPhones. O recurso mais desejado é o eletrocardiograma — que ainda não está disponível no Brasil.

Das grandes, quem mais cresceu foi a Samsung: houve um aumento de 127% (!) na quantidade de smartwatches vendidos pela sul-coreana, o que fez a participação de mercado da empresa subir de 7,2% para 11,1%. A Samsung pulou para a vice-liderança, ultrapassando a Imoo, que vende celulares-relógio na Indonésia e Tailândia. Apesar do preço, o Galaxy Watch nos agradou pelo design atraente e bateria de boa duração.

Huawei Watch GT

Huawei Watch GT

A Huawei está apenas em sexto lugar, mas teve um bom trimestre: ela não aparecia entre as oito principais no relatório anterior, e agora possui 2,8% do mercado. O desempenho melhorou com o Huawei Watch GT, um modelo com tela AMOLED circular, compatibilidade com Android e iOS, design esportivo e monitoramento de sono e exercícios. Ele tem bateria que dura até 14 dias, então obviamente não roda Wear OS.

Estas foram as empresas que mais venderam relógios inteligentes no primeiro trimestre de 2019, de acordo com a Counterpoint Research:

  1. Apple: 35,8%
  2. Samsung: 11,1%
  3. Imoo: 9,2%
  4. Fitbit: 5,5%
  5. Amazfit: 3,7%
  6. Huawei: 2,8%
  7. Fossil: 2,5%
  8. Garmin: 1,5%
  9. O resto: 27,9%

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jorge Luis

parece que vc comentou sobre algo que nunca usou.

Mateus

Qualquer smartwatch ou pulseira inteligente "chineis" já faz isso de mostrar a hora só levantando o pulso...

joaoserpa

Sozinha ela apenas monitora o numero de passos e batimentos cardíacos, fornecendo uma distância aproximada. A bateria dura facilmente uma semana, e muito mais tempo se Você desativar o aviso de recebimento de notificações (msg, zap, etc).

Vinícius

Olha...com relação à atividade física não sei te dizer pois não uso pra isso. Acredito eu que tenha que estar sim, até porque ela não tem GPS então ela utilizaria da conexão com o telefone para "mapear" seu exercícios. Bateria dura fácil 15 dias.

Adriano Silva

Estou interessado nessa MiBand 3. Você precisa estar pareado com o smartphone para iniciar a atividade física? A bateria é boa?

talvez um dia. Acho que os primeiros nao passam de 5 dias... Se houvesse uma opção mais inteligente hibrida, desativando recursos em certos horarios ou quando o usuario quiser, ficaria mais facil chegar lá.

Eu simplesmnte nao quero lembrar de ter que carregar mais um item alem do celular. talvez quando o wireless charginng chegar com mais força tambem posso ficar mais interessado.

Leumas Ninguém

Eu acho o da Huawei e da Amazfit bonitos

O maior problema é o preço e a durabilidade da bateria

Se durasse 5-7 dias de uso, seria bom

Mas mal dura 2 dias

Atualmente estou com a Amazfit Bip, porém ela é limitada, sendo um Mi Band 3 com GPS e tela colorida

Leumas Ninguém

Pra que tudo isso? Nunca vai chegar

Esses relógios duram no máximo 20 dias (Amazfit Bip, sem usar muito)

Só pulseiras devem durar mais, mesmo assim não passa de 1 mês

Leumas Ninguém

Tenho um Amazfit Bip e estou gostando

Bateria dura bastante

Posso tocar a watchface, que faz o relógio parecer um novo cada dia kkkk

Não vejo necessidade em pagar tão caro pra um relógio que dura 2 dias no máximo a bateria

Louis

O Galaxy Watch Active é muito bonito, mas, super pequeno o que impede de ser uma opção para mim.

Guilherme da Silva Manso

Ué, os relógios da Samsung mostram a hora bastando vc girar o pulso.

uB.

Tenho um (mas só pq ganhei!), sou apaixonado por gadgets e digo: não vale o preço.

Além de caro, ele fica obsoleto muito rápido, é um custo extra enorme que a pessoa vai ter pra receber poucas vantagens. É melhor pagar uns 200, 400 reais num relógio tradicional que irá durar 10 anos.

E pra matar a pau: mais um aparelho pra se preocupar em ter q carregar!

Andre Kittler

Celular, francamente, não é tão pratico para ver hora (tem de remover do bolso e pressionar um botão).
Agora temos um relógio no pulso! Basta levantar a mão, pressionar um botão para ligar a tela e pronto!

Em 10 anos, quem sabe, estaremos em um nível tecnológico tão avançado que bastará olhar para o pulso para ver a hora, o aparelho estara ali sempre ligado te esperando! Imagina se criarmos um device assim pratico, e com uma bateria que dura vários dias!
Poderia chamar de iClock e venderia facilmente a $499.

Vinícius

Por isso comprei uma MiBand 3 por 95 reais já com frete incluso, que faz, para o meu perfil, a mesma coisa, chamando mil vezes menos atenção.

JOSÉ AUGUSTO

Dinheiro eu tenho mas falta coragem pra pagar mais de 1,500 num smartwatch que em 80% do tempo vai exibir notificações do zap-zap!

Exibir mais comentários