Tecnoblog
Início » Aplicativos e Software » Como funciona o RecargaPay [8 recursos em pagamentos]

Como funciona o RecargaPay [8 recursos em pagamentos]

Faça recargas no celular e pague boletos com cartão de crédito; saiba o que é possível fazer com o RecargaPay

O RecargaPay é uma fintech que permite pagamentos de boletos, recarga de celular, transferência entre usuários e outros benefícios por meio do celular ou desktop, sem cobrança de taxas ou mensalidades. O usuário não precisa ter conta bancária e pode inserir dinheiro na carteira virtual via transferência, boleto ou cartão de crédito.

Para ter uma conta é só baixar os aplicativos para Android e iOS, em seguida informar alguns dados cadastrais como CPF e número de celular. Algumas funções da plataforma são liberadas após o usuário fazer o login com o Facebook e enviar algum documento para verificação do cadastro. Confira oito funcionalidades do RecargaPay.

1. A carteira virtual

A carteira virtual é para onde vai o dinheiro depositado no RecargaPay. Esse saldo pode ser inserido por boleto bancário, transferência ou depósito bancário, via empréstimo (pós-pago) ou vale-presente.

Essa é a principal moeda do RecargaPay, também é para a carteira virtual que o cashback é feito. Esse dinheiro pode ser sacado utilizando o cartão pré-pago do RecargaPay em redes de Banco24Horas, Cirrus e casas lotéricas, mas há limites e taxas aplicadas.

2. Métodos de pagamento

Caso não haja saldo na carteira virtual, o pagamento das operações deverá ser feito via cartão de crédito, incluindo serviços como Apple Pay e Google Pay. Quase todos os cartões e bandeiras são aceitos na plataforma.

Em toda transação, sempre é utilizado primeiro o saldo da carteira virtual e a diferença no crédito (não há opção para pagamentos no cartão de débito). Também é possível usar um cupom de desconto para as compras.

3. Fazer recarga no celular com o RecargaPay

A popularidade do serviço está no nome, cada usuário que se cadastra já ganha um cupom de R$ 10 para efetuar a primeira recarga pela plataforma. As recargas podem ser programadas e pagas com o saldo da carteira virtual ou com o cartão de crédito.

Também dá para fazer recargas dos cartões de transporte público de São Paulo (SP), Diadema (SP), Ribeirão Preto (SP), Pelotas (RS), Recife (PE) e São José dos Campos (SP).

4. Pagar boletos com o RecargaPay

O RecargaPay permite usar o crédito da carteira virtual e o cartão de crédito para pagar boletos bancários em até 12 vezes. A plataforma usa o convênio de arrecadação do Banco do Redimento S.A e o Neon Pagamentos S.A para o recebimento de pagamento de contas.

5. Uber sem cartão de crédito

Desde que haja dinheiro na carteira virtual, depositado via transferência bancária ou boleto, é possível adquirir cartões pré-pago do Uber no menu Vales-presente. Os valores variam entre R$ 20 e R$ 200 reais. Após a compra é gerado um código a ser resgatado no app do Uber.

Ainda assim, caso o cartão de crédito seja um problema, o usuário pode adquirir os créditos no Uber pelo RecargaPay e ainda parcelar a compra.

6. Transferência entre amigos

Após conectar a conta do Facebook ao RecargaPay, o usuário pode enviar dinheiro para qualquer amigo que também use o serviço. O dinheiro vai para a carteira virtual do amigo e ele poderá usar pagar pagar contas, utilizar no cartão pré-pago, comprar voucher do Uber ou fazer recargas.

6. Receber dinheiro de volta com RecargaPay

Além do método de indicações, no qual o usuário recebe R$ 10 para a primeira compra que cada amigo indicado fizer, o cliente pode se beneficiar do cashback nas compras feitas pelo aplicativo.

Para usuários do plano gratuito do RecargaPay pode-se ter dois cashbacks de 5% em compras acima de R$ 20 por mês e 5% do dinheiro de volta em recargas. Para os assinantes do RecargaPay Prime o número de cashbacks mensais é ilimitado e para as recargas a devolução aumenta para 10%.

Além disso, todas as compras feitas com o cartão pré-pago RecargaPay geram cashback de 1%.

7. Cartão pré-pago RecargaPay

O cartão pré-pago RecargaPay é internacional com bandeira Mastercard, o saldo disponível para uso nele é separado da carteira virtual e pode ser gerenciado pelo próprio aplicativo.

Há duas versões do cartão: a digital, para compras online; e a física, para ser usado em estabelecimentos e realizar saques nas redes de Bancos24Horas, Cirrus e casas lotéricas, essa versão exige uma assinatura do RecargaPay Prime (R$ 9,99 mensais).

8. Emprestar dinheiro do RecargaPay

Esse serviço não é disponível de imediato, mas permite que o usuário pegue dinheiro emprestado para ser usado na plataforma, seja para pagar um boleto ou fazer um saque com o cartão de pré-pago.

Essa compra pós-paga gera um boleto com vencimento flexível, mas dependendo da longevidade do pagamento pode gerar uma taxa de serviço ao cliente.

Comentários da Comunidade

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação