Início » Aplicativos e Software » Google Maps sugere trajetos que combinam ônibus, trem, Uber e bicicleta

Google Maps sugere trajetos que combinam ônibus, trem, Uber e bicicleta

Google Maps para iPhone e Android recomenda viagens multimodais com transporte público e Uber ou bicicleta

Por
27/08/2019 às 15h51

O Google Maps foi atualizado para incluir viagens multimodais que envolvem transporte público: por exemplo, você receberá sugestões para ir de trem e pegar um Uber até o destino, ou para andar de bicicleta até o metrô. Esse recurso está sendo distribuída para usuários do iPhone e Android a partir desta terça-feira (27).

Trem em São Paulo

Foto por Diego Torres Silvestre/Flickr

Funciona assim: o usuário insere um destino na caixa de busca, toca em Rotas e depois no botão de transporte público. O Google Maps vai automaticamente sugerir trajetos que misturam trem, ônibus, metrô e Uber (ou bicicleta) se eles forem mais convenientes; você verá o tempo estimado de viagem para cada caso.

No exemplo do Google, um usuário quer ir de San Francisco até a cidade de Fremont, Califórnia. O aplicativo sugere uma rota que envolve pegar um ônibus, depois um trem, e por fim um Uber ou Lyft (serviço concorrente nos EUA). Para a viagem no sentido inverso, há a recomendação de pedalar até a estação de trem.

Google Maps

O Google diz que as rotas mistas com Uber começam a aparecer hoje no Maps para Android e iOS em 30 países. Os usuários de iPhone e iPad também verão as opções com bicicleta; isso chegará ao Android nas próximas semanas.

Google e Citymapper mostram estações de bicicleta

A ideia é ajudar a resolver o problema da “primeira milha” ou “última milha”, quando você está longe de uma estação de transporte público, ou quando o destino fica longe do trem ou metrô.

O Google Maps também passou a exibir o local de estações para aluguel de bicicleta, inclusive no Brasil — você encontrará pontos da Bike Itaú (Bike Sampa e Bike Rio) e CicloSampa (patrocinada pela Bradesco Seguros). No entanto, as rotas do aplicativo não levam isso em consideração: elas pressupõem que você tem sua própria bike.

Google Maps

O concorrente Citymapper já oferecia rotas integradas de transporte público e Uber/99 há algum tempo em São Paulo, única cidade brasileira presente no app. Em outros locais, também é possível obter trajetos envolvendo bicicletas alugadas e patinetes dockless, sem estação de aluguel: ele reúne dados da Lime, Jump (do Uber) e outras.

“Podemos comparar tudo: transporte público, rotas a pé, táxis e todos os serviços dockless”, explica a empresa. Isso está disponível em algumas das 30 cidades nas quais o Citymapper atua, como Paris, Berlim, Londres e Washington DC. Seria algo interessante de se ter no Google Maps.

Com informações: Google, TechCrunch.

Tecnocast 120 – Patinetes e a regulamentação

Tecnocast 120

A micromobilidade chegou para ficar, mas vem causando algumas polêmicas. O Rio de Janeiro, por exemplo, quase aprovou um projeto de lei que exigia que o condutor fizesse uma prova do Detran (!!!) para andar com os patinetes. Já em São Paulo, a prefeitura recolheu os modais das ruas e cobrou multas altíssimas das empresas.

Conforme os dispositivos se popularizam, fica clara a necessidade de criar algum tipo de norma, até para aumentar a segurança dos usuários. Mas qual seria o caminho mais sensato? Dá o play e vem com a gente!

Mais sobre: , ,