Início » Gadgets » Estas são as TVs da Samsung em 2020: QLED 8K, 4K, MicroLED e até uma giratória

Estas são as TVs da Samsung em 2020: QLED 8K, 4K, MicroLED e até uma giratória

Q950TS, Q800T, The Wall, Q90T, Q60T, TU7100, TU8500 e mais uma sopa de letrinhas

Paulo Higa Por

Direto de Las Vegas — A Samsung renovou sua linha de televisores com equipamentos 4K, 8K, MicroLED e até uma TV giratória. São dezenas de modelos, que vão desde a TU7100 de entrada com resolução 4K para atingir uma faixa de preço acessível até a poderosa Q950TS com painel QLED 8K e design quase sem bordas. E elas chegam ao mercado brasileiro ainda em 2020.

8K muito caro e 8K menos caro: Q950TS e Q800T

A Samsung Q900R foi a única QLED 8K da marca em 2019. Neste ano, ela se junta a dois outros televisores com 33 milhões de pixels: a Q950TS, que deverá sair por um preço ainda mais proibitivo; e a Q800T, para levar os conteúdos em 8K para um público mais amplo (mas ainda bem endinheirado).

A Q950TS é a mais impressionante visualmente: a moldura em volta do painel tem só 2,3 mm, o que significa que você precisa fazer muito esforço para enxergá-la em condições normais. Ela será vendida em tamanhos de 65 a 85 polegadas e tem as melhores telas QLED da Samsung, com HDR4000 nas versões maiores.

O som é em 4.2.2 canais e está distribuído por toda a tela — um recurso de rastreamento de objetos consegue até alinhar a emissão de áudio com a imagem que estiver sendo exibida.

TV Samsung Q950TS

TV Samsung Q950TS

CES 2020 / TVs da Samsung

Já a Q800T é uma espécie de 8K “de entrada”, se é que podemos falar assim. Ela tem características parecidas com as da Q950TS, mas o design é mais simples para baratear o custo e alguns recursos não estarão disponíveis — a ficha técnica completa da TV ainda não foi divulgada, mas não espere um sistema de som tão poderoso, nem o mesmo nível de zonas de iluminação.

Um detalhe curioso é que a Q800T terá uma versão com 55 polegadas, algo que ainda não tínhamos visto na linha de TVs 8K da Samsung — a Q900R já começava em 65 polegadas. Mas o gerente de produto de TVs da Samsung, Guilherme Campos, me lembra que o espectador teria que ficar a uma distância bem curta da TV (cerca de 1,5 metro) para ter uma experiência diferenciada com 8K em uma tela de 55 polegadas. Então, essa versão “pequena” pode nem ser lançada no Brasil.

CES 2020 / TVs da Samsung

CES 2020 / TVs da Samsung

Q90T, Q80T, Q70T, Q60T, TU7100, TU8000 e mais

Voltando para a realidade, os modelos 4K também foram atualizados. Eles não estavam sendo demonstrados em Las Vegas pela Samsung, que decidiu focar os esforços no 8K e em outras tecnologias mais novas, mas já temos uma ideia do que esperar.

No segmento QLED, são quatro modelos: Q60T, Q70T, Q80T e Q90T. Em 2019, a Samsung decidiu não trazer sua TV QLED 4K mais cara (Q90R) para o Brasil, mas este ano a Q90T deverá aparecer nas lojas. E, para quem quer gastar menos, nomes como TU7100 e TU8000 podem surgir em breve.

CES 2020 / TVs da Samsung

As especificações exatas de cada modelo não foram anunciadas, mas temos uma ideia dos recursos que elas terão. A assistente pessoal Bixby ainda não fala português do Brasil, mas os usuários poderão trocar para a Alexa ou o Google Assistente, que entendem o nosso idioma — e isso também faz com que as TVs da Samsung estejam mais integradas com os ecossistemas de casa conectada da Amazon e do Google.

CES 2020 / TVs da Samsung

E, falando em casa conectada, o Digital Butler pode ser o que faltava no Brasil: com esse recurso, será possível controlar eletrodomésticos “burros”, como um ar condicionado convencional, por meio da TV. A própria TV se encarrega de emitir sinais infravermelho para um dispositivo de qualquer marca. Não só a Samsung, mas as fabricantes em geral, vêm batendo na tecla da “TV como centro da casa conectada”. Se o recurso funcionar, isso pode virar realidade para mais gente.

Alguns modelos também deverão trazer novidades interessantes em som. Um dos mais úteis é o volume adaptativo de voz: se alguém ligar um liquidificador, batedeira ou algo que faça muito barulho, por exemplo, a TV se encarrega de equalizar o som automaticamente para deixar as vozes mais altas e claras — assim você não precisa ficar aumentando e diminuindo o volume. E, para as TVs com múltiplos canais de áudio, será possível deixar tanto o som da TV quanto o de uma soundbar ligados ao mesmo tempo, para deixar o som mais imersivo.

MicroLED e uma TV giratória

E, na categoria de “TVs que provavelmente não compraremos, mas é legal ver de perto”, temos dois produtos: a The Wall e a The Sero.

CES 2020 / TVs da Samsung

A The Wall é a TV da Samsung com painel MicroLED, uma tecnologia totalmente nova que, em um resumo bem grosseiro, junta as qualidades do OLED (como o preto perfeito) com a durabilidade do LCD (já que não é suscetível ao burn-in). A novidade de 2020 é que, além de estar disponível nos tamanhos enormes de até 292 polegadas, a TV MicroLED poderá ser comprada sob encomenda em uma versão de 75 polegadas 4K — bem mais adequada para uma residência.

Ainda existem alguns desafios no MicroLED, sendo que os principais são a emissão de calor e o consumo de energia, que são consideravelmente mais altos em relação a um LCD ou OLED — é por isso que as fabricantes ainda não estão se arriscando a vender TVs MicroLED para o público em geral. Mas a tecnologia deve evoluir nos próximos anos e, sinceramente, tenho altas expectativas: é a primeira novidade de verdade em telas em uma década.

CES 2020 / TVs da Samsung

Por fim, a Samsung tem a The Sero, que é basicamente uma TV giratória. Ela tem painel de 43 polegadas e um motor que pode deixar a tela no modo paisagem (como uma TV convencional) ou retrato (como um smartphone em pé). A Samsung diz que há público para esse produto, como os millenials, que consomem bastante conteúdo na vertical. Como que para provar que essas pessoas existem, temos uma rara confirmação: a The Sero será vendida no Brasil. Você compraria?

Paulo Higa viajou para Las Vegas a convite da Consumer Technology Association (CTA).

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação