Início » Negócios » Netflix cresce mesmo com concorrência do Disney+ e Apple TV+

Netflix cresce mesmo com concorrência do Disney+ e Apple TV+

Netflix ganhou 8,8 milhões de assinantes só no último trimestre de 2019

Emerson Alecrim Por

Disney+ e Apple TV+ estrearam em novembro de 2019, mas a chegada dessas plataformas não foi suficiente para abalar a Netflix: o serviço de streaming encerrou o quarto trimestre de 2019 com um aumento de 8,8 milhões no número de assinantes. É o que aponta o mais recente relatório financeiro da companhia (PDF).

Netflix

Com o aumento da sua base de usuários, a Netflix chegou ao fim de 2019 com 167 milhões de assinantes, 100 milhões dos quais estão fora da América do Norte (31,4 milhões estão na América Latina).

Os aumentos de preços que a empresa promoveu em vários países ao longo do ano não foram suficientes para diminuir o interesse pela plataforma. Basta observarmos que, no quarto trimestre de 2018, a Netflix ganhou 7,6 milhões de assinantes contra as 8,8 milhões de novas contas registradas no mesmo período de 2019.

Consequentemente, a arrecadação também aumentou. A companhia registrou receita de US$ 5,47 bilhões nos últimos três meses de 2019 e lucro de US$ 1,30 por ação — a previsão dos analistas era a de que a receita ficaria em US$ 5,45 bilhões.

Não que a Netflix ignore as demais plataformas. Na carta aos acionistas, a empresa frisa que o mercado tem espaço para muitos serviços de streaming crescerem, o que sinaliza que a Netflix espera um aumento de concorrência. Ao mesmo tempo, a companhia tenta deixar claro que está preparada para enfrentar os rivais.

The Witcher

Como prova, a Netflix diz que The Witcher teve mais buscas no Google do que The Mandalorian (Disney+), The Morning Show (Apple TV+) e Jack Ryan (Amazon). É verdade que essa comparação soa um tanto injusta, afinal, o Disney+ está presente em poucos países. Mas a Netflix estima que, mesmo que o serviço já fosse global, não iria apresentar resultados muito diferentes.

Para o primeiro trimestre de 2020, o otimismo está mantido: a Netflix espera fechar o período com 7 milhões de novos assinantes. É uma estimativa menor que as 9,6 milhões de novas contas registradas no mesmo período de 2019. A própria companhia admite que isso é efeito do aumento da concorrência nos Estados Unidos. Mesmo assim, esse não deixa de ser um número significativo.

Com informações: TechCrunch.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Jeronimo (@TiagoJL)

Sou assinante da Netflix e do Prime Vídeo e apesar da Netflix ter mais opções, as produções da Amazon são de melhor qualidade, na minha opinião. Jack Ryan, The Grand Tour (E seus novos spins offs), Good Omens, Fleabag, The Boys…

@ksio89

Concordo, IMHO a Netflix só tem quantidade, além do conteúdo original perder feio para o da Amazon.

Emerson Alecrim (@Alecrim)

Ainda não vi a segunda temporada (está nos planos), mas não botava fé em Jack Ryan e acabei curtindo bastante.