Início » Telecomunicações » Ministério das Comunicações é recriado no governo Bolsonaro

Ministério das Comunicações é recriado no governo Bolsonaro

Genro de Silvio Santos (SBT), deputado Fábio Faria faz parte do Centrão e assume cargo de Ministro das Comunicações

Lucas Braga Por

O presidente Jair Bolsonaro decidiu recriar o Ministério das Comunicações: o deputado Fábio Faria (PSD-RN) assumirá o comando da pasta; ele é genro de Silvio Santos, do SBT. A divulgação foi feita na noite desta quarta-feira (10) através do perfil de Bolsonaro no Facebook.

Deputado Fábio Faria

Deputado Fábio Faria (Foto: Agência Câmara)

O Ministério das Comunicações existiu até a gestão Dilma Rousseff, e foi incorporado ao MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) na formação da equipe de governo do ex-presidente Michel Temer.

A medida provisória que recriou o Ministério das Comunicações deverá ser votada pelo Congresso em até 120 dias; caso isso não aconteça, a decisão perde a eficácia e a pasta volta para o MCTIC – que, enquanto isso, passa a se chamar Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

O governo federal afirma que o novo ministério não trará “nenhum aumento de despesa” e utilizará apenas cargos de estruturas já existentes. O Ministério das Comunicações também irá assumir as competências da Secretaria Especial de Comunicação Social, extinta a partir de hoje.

A gestão de Bolsonaro agora passa a contar com 23 ministérios. No entanto, o presidente afirma que “existe a possibilidade” de recriar também o Ministério da Segurança Pública, atualmente incorporado no Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Jair Bolsonaro, Fábio Faria e Sílvio Santos. Foto: Divulgação

Jair Bolsonaro, Fábio Faria e Silvio Santos

Quem é o ministro Fábio Faria

Nascido em Natal (RN), Fábio Faria começou a carreira política como deputado federal eleito em 2006 pelo PMN, e desde então cumpriu mais três mandatos na Câmara. Ele trocou de partido para o PSD em 2011.

Faria é formado em Administração e é cônjuge de Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos e apresentadora do SBT. A escolha do deputado como ministro ocorre durante aproximação de Bolsonaro ao Centrão em troca de apoio político.

O presidente, no entanto, nega que esta seja uma entrega de cargo aos partidos do Centrão. “Eu nem lembro qual o partido dele, é um deputado federal que tem um bom relacionamento com todos… não teve acordo com ninguém”, disse Bolsonaro. “Ele não é profissional do setor, mas tem conhecimento até pela vida que ele tem junto à família do Silvio Santos”, completa.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Antônio Vinícius (@avinicius)

Ministério da Propaganda

Rafael Machado de Souza (@rafael.mds)

Ministério da Verdade.
Bem vindos a 1984. Sempre estivemos em luta contra o covid19, estamos vencendo e nossos indices de satisfação pública nunca estiveram tão altos.

Piadas a parte, quanto tempo até tentarem regular as mídias?

Douglas N. (@dougeureka)

Todos os dias falece um gado enganado. O bom da ignorância é que ela é autodestrutiva.!

imagem|660x372

² (@centauro)

Autodestrutiva, mas também contagiosa.
E eu diria que ela é mais contagiosa do que autodestrutiva.

Douglas N. (@dougeureka)

Cabe nos proteger ainda mais dessa contaminação.

@Boleto

Qual será a desculpa do gado agora? Ansioso pra ver

Eu (@Keaton)

E Propaganda sendo usado com o sentido em inglês do termo… hahaha

Goku SSGSS (@renatodantas)

Já não era fã de nenhum dos três, e não duvido que muito desse orçamento de propagandas não vá parar nas mãos do Señor “Senil” Abravanel.