Início » Telecomunicações » Dona da TIM quebra recorde de velocidade em 5G a longa distância

Dona da TIM quebra recorde de velocidade em 5G a longa distância

TIM Itália, Ericsson e Qualcomm conseguem 1 Gb/s de velocidade com frequências mmWave e distância de 6,5 km

Lucas Braga Por

Um experimento feito por TIM Itália, Ericsson e Qualcomm atingiu velocidades de 1 Gb/s na tecnologia 5G. Isso pode parecer normal e dentro do esperado, mas o detalhe é que a distância entre o dispositivo e a torre de celular era de 6,5 km e foram utilizadas frequências de ondas milimétricas (mmWave).

5G (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

5G (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

A grande surpresa é que os testes foram feitos na rede de quinta geração já ativa da TIM em Roma, na Itália. Uma torre foi equipada com o rádio Ericsson AIR 5322, e do outro lado havia um CPE (uma espécie de roteador doméstico que se conecta ao 5G) AurusAI da fabricante Casa Systems, equipado com chip Qualcomm Snapdragon X55. A frequência utilizada foi de 26 GHz.

5G de mmWave não costuma ter boa cobertura

É importante destacar que esse teste não significa que todos os dispositivos devem funcionar em longa distância com mmWave: o experimento utilizou um CPE de alta potência – o que é inviável em smartphones, ao menos por enquanto – e tinha visada direta pra a torre da TIM.

Mesmo assim os resultados são animadores, uma vez que é possível enxergar a adoção do 5G como tecnologia para banda larga residencial, especialmente nas áreas onde a fibra óptica (FTTH) ainda não chega.

Distância entre torre de celular e dispositivo de testes com 5G mmWave

Distância entre torre de celular e dispositivo de testes com 5G mmWave (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

Em condições habituais, o 5G mmWave tem problemas sérios de cobertura dada a natureza de espectro: quanto maior a frequência, menor a penetração de sinal. Essa característica inviabiliza a tecnologia de forma massiva, uma vez que as antenas costumam cobrir áreas muito próximas, como praças e quarteirões. O uso de rádios de alta potência pode permitir a expansão de antenas e usuários utilizando essa banda.

No Brasil, a TIM tem uma rede 5G DSS em testes destinada para uso em banda larga residencial. O piloto deve durar seis meses com 300 clientes em Bento Gonçalves (RS), Três Lagoas (MS) e Itajubá (MG). A operadora não divulga a velocidade de acesso e nem as frequências utilizadas com a tecnologia.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando