Início » Celular » Xiaomi e Samsung lançaram um celular por semana em 2020

Xiaomi e Samsung lançaram um celular por semana em 2020

Xiaomi e Samsung apresentaram mais de 40 celulares em 2020, entre eles Mi 10, Poco X3, Galaxy S20 e Galaxy Note 20

Bruno Gall De Blasi Por

A Xiaomi e Samsung lançaram quase um celular por semana em 2020, entre eles o Mi 10, Poco X3, Galaxy S20, Galaxy Note 20 e outros mais. As duas fabricantes apresentaram 48 e 45 smartphones, respectivamente, ao longo do ano, contando com os modelos rebatizados e as variantes. Os números partem de um levantamento realizado pelo Tecnoblog com base na lista de telefones do GSMArena.

Xiaomi e Samsung lançaram, praticamente, um celular por semana em 2020 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Xiaomi e Samsung lançaram, praticamente, um celular por semana em 2020 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Xiaomi lançou 48 celulares em 2020

A Xiaomi é a fabricante da dupla que mais anunciou celulares neste ano. Ao todo, 48 smartphones foram revelados em 2020, crescimento de 41% em relação ao ano anterior, que teve 34 aparelhos lançados. A companhia chinesa apresentou 21 telefones em 2018 e 13 dispositivos em 2017.

Entre os lançamentos, está a linha Xiaomi Mi 10 e o Poco X3, que começou a ser comercializado no Brasil em outubro. Ainda assim, é importante observar que nem todos os smartphones “partiram do zero”. Como parte de sua estratégia, a marca rebatizou os dispositivos de acordo com o país onde foram anunciados.

É o caso do Redmi K30S. O celular apresentado em outubro na China traz o mesmo visual e especificações do Xiaomi Mi 10T, revelado em setembro na Europa. O mesmo aconteceu com o Redmi 9 Power, que é o Redmi Note 9 4G chinês rebatizado, que, por sua vez, é inspirado no Poco M3.

Dias após o lançamento do Poco C3 – que é o Redmi 9C –, a Xiaomi explicou à imprensa indiana por que relança celulares como Poco. “[A] Poco ainda é uma marca nova e desenvolver novos telefones para cada série é uma tarefa difícil”, disse Anuj Sharma, diretor da Poco na Índia, ao periódico The India Express.

O executivo também afirmou que outras companhias adotam estratégia similar, como a OnePlus e Realme. A Samsung, que lançou o Galaxy F41 com quase todas as características do Galaxy M31, é outro exemplo.

Quantidade de celulares de Xiaomi e Samsung lançados entre 2017 e 2020 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Quantidade de celulares de Xiaomi e Samsung lançados entre 2017 e 2020 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Samsung anunciou 45 smartphones

A Samsung também apresentou uma quantidade maior de celulares: 45 em 2020 e 38 em 2019, crescimento de 18%. Aqui, vale notar o salto no número de smartphones apresentados nos últimos dois anos em relação à 2018 e 2017, quando 24 e 25 telefones, respectivamente, foram revelados.

Além das linhas Galaxy S20 e Galaxy Note 20, a Samsung ainda deu atenção aos celulares dobráveis neste ano. Em 2020, a marca sul-coreana revelou o Galaxy Z Flip 4G e 5G, além do novo Galaxy Z Fold 2. O Galaxy S20 FE é outro lançamento que chamou a atenção ao longo dos últimos doze meses.

Boa parcela das estreias se concentraram nos intermediários. Em 2020, teve Galaxy M01, M01 Core, M11, M21, M21s, M31, M31s, M31 Prime e M51. Ainda houve o lançamento do Galaxy A01, A01 Core, A02s, A11, A21, A21s, A31, A41, A51 e do A71. A Samsung também revelou o Galaxy A Quantum e o Galaxy J2 Core (2020).

Renderização mostra possível design do Xiaomi Mi 11 (Imagem: Reprodução/Ben Geskin)

Renderização mostra possível design do Xiaomi Mi 11 (Imagem: Reprodução/Ben Geskin)

Xiaomi lançará Mi 11 em 28 de dezembro

Houve bastante lançamento em 2020, mas o ano ainda não acabou. Isto porque a Xiaomi pretende lançar mais celulares na semana que vem: nesta terça-feira (22), a marca chinesa confirmou o lançamento da linha Xiaomi Mi 11 para 28 de dezembro.

Segundo o CEO da Xiaomi, Lei Jun, os celulares contarão com o processador Qualcomm Snapdragon 888. Espera-se que o Mi 11 também tenha câmera tripla de 108 megapixels e tela de 120 Hz. Saiba o que esperar dos sucessores do Xiaomi Mi 10.

Colaborou: Felipe Ventura

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Breno (@bbcbreno)

Eu n tava errado quando brincada q saia praticamente um por dia!

Isso é péssimo. Quero ver todos estes celulares no Android 14 daqui 3 anos (aham q vai! Se atualizar 2% disso tudo é muito ainda).

Felipe Ventura (@felipe)

A promessa de 3 anos é para estas linhas da Samsung: Galaxy S (a partir do S10), Galaxy Note (a partir do Note 10), Galaxy Z (desde o primeiro Fold), Galaxy Tab (desde o S6) e para alguns membros da linha Galaxy A (A51, A71, A90 e modelos futuros).