Arquivo Brasil

Conexões 3G crescem mais de 100% em um ano

Cobertura da Vivo lidera com quase 3 mil cidades.

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A banda larga no Brasil não para de crescer. Dados da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) para maio mostram que há 75 milhões de conexões de alta velocidade no país, com franco crescimento de 74% frente ao mesmo mês no ano passado. Os acessos por meio da banda larga móvel lideram o crescimento, visto que o número saltou 114,6% em somente 12 meses.

São 56,4 milhões de acessos por banda larga móvel. Desse bolo, 11,2 milhões são modens de acesso que devem ser conectados ao computador. O restante, mais de 45 milhões, são smartphones, tablets e outros dispositivos conectados. Desconsiderando os modens, houve crescimento ainda maior: 128,6% se comparado com o mesmo período do ano passado.

Ao infinito e além (ou não)

A Telebrasil ressalta a importância do 3G: está presente em quase 3 mil municípios brasileiros. De acordo com a associação, a cobertura com esta magnitude estava prevista para abril de 2013, mas foi alcançada pouco menos de um ano antes do prazo determinado. Mais de 300 cidades receberam sinal 3G em 2012, com cobertura de 85% da população brasileira.

A Vivo possui a maior cobertura de 3G, com 2.831 cidades atendidas pela tecnologia, de acordo com o Teleco, site que serve de parâmetro por agrupar informações sobre telecomunicações. Em seguida vem a Claro com 890 cidades, a TIM com 517 cidades e a Oi com 320 cidades atendidas. O grupo espanhol faz questão de anunciar nos meios de comunicação que oferece a cobertura maior que a das demais operadoras somadas, informação que se confirma quando olhamos os números.

As operadoras tinham até abril para cobrir os municípios que, em 2006, tinham população superior a 200 mil habitantes. Somente a Oi não cumpriu a meta.

Toda essa gente conectada à internet por 3G resulta naquele problema crônico que nós conhecemos tão bem: as redes, em especial nos ambientes urbanos, não suportam o uso simultâneo de tantos assinantes e caem. Simples assim. As operadoras respondem a essa demanda com mais investimentos no HSPA+, ofertado como pacote de dados premium, enquanto se preparam para instalar a infraestrutura para o 4G (LTE 2600), recentemente leiloado pela Anatel por alguns bilhões de reais.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque