Arquivo Gadgets

Primeiro canal de TV com resolução 4K entra no ar na Europa

Vídeo é transmitido a 50 fps numa resolução de 3840x2160 pixels

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A CES 2013 revelou vários smartphones e processadores novos, mas outra categoria também apareceu em peso: TVs. Diversos fabricantes, incluindo LG e Samsung, demonstraram suas belíssimas TVs com painel OLED e resolução 4K. Hoje, sem conteúdo disponível, não faz sentido gastar dezenas de milhares de dólares nessas TVs, mas isso está começando a mudar: a operadora de satélite Eutelsat colocou no ar o primeiro canal 4K.

O canal está sendo transmitido na Europa desde a semana passada e por enquanto serve apenas como demonstração, não exibindo programação completa. O vídeo, de 50 quadros por segundo, é codificado em MPEG-4 e possui resolução de 3840×2160 pixels, exatamente quatro vezes a resolução da sua tela 1080p. São 40 Mbps de dados vindo do satélite Eutelsat 10A até a casa do europeu rico.

facebook_tv-oled-curvada

A Eutelsat diz que seu satélite 10A está preparado para a resolução Ultra HD (outro nome dado ao 4K) e não requer nenhuma modificação para transmitir os canais de altíssima definição, além de garantir uma qualidade de imagem constante em toda a área coberta. A transmissão ainda precisa de melhorias, mas a Eutelsat acredita que as novidades apresentadas pelos fabricantes de TVs devem acelerar a escolha de um padrão de compressão para vídeos em 4K.

Se você está pensando em comprar uma TV com resolução 4K num futuro próximo e não quer apenas assistir conteúdo em 4K, mas também produzir, alguns fabricantes já lançaram câmeras que gravam vídeos em Ultra HD. A Canon, por exemplo, apresentou em abril do ano passado a EOS-1D C, que filma em 4096×2160 pixels a 24 frames por segundo e custa 15 mil dólares.

Com informações: Mashable.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque