Notícias Celular

YouTube está liberando modo picture in picture no Android para mais usuários

Felipe Ventura
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Uma das novidades do Android 8.0 Oreo é o modo picture-in-picture, que permite tocar vídeos em uma janela acima da interface. Por exemplo, você pode assistir algo interessante enquanto navega em sua rede social favorita.

Poucos apps têm suporte ao modo PiP. O YouTube é um deles, mas exige uma assinatura Red para ativar o recurso — o que pode mudar em breve.

Segundo o Android Police, alguns usuários estão conseguindo usar o modo PiP mesmo sem assinar o YouTube Red. Isso funciona nos EUA e também no México, Espanha e Canadá.

Para tanto, basta abrir um vídeo e tocar no botão Home. Ele continuará sendo reproduzido em uma janela menor, acima da interface, se você estiver rodando o Android Oreo.

Vale lembrar que o proprietário do vídeo pode bloquear o modo PiP; é o caso de quase todos os videoclipes com música.

“O modo picture in picture foi desativado pelo proprietário do conteúdo”

O teste parece ser limitado a poucos usuários, e apareceu na versão 13.16.55 do aplicativo — mas é ativado nos servidores do YouTube.

A assinatura do YouTube Red está disponível nos EUA, México, Austrália, Coreia do Sul e Nova Zelândia. Ela inclui vídeos sem anúncios, reprodução em segundo plano, download para assistir offline, séries originais e acesso ao Play Música.

Já é possível baixar vídeos através do YouTube Go; nesse caso, os anúncios também são armazenados em seu dispositivo. Quanto ao modo PiP, você continua vendo propagandas se não for assinante — então faz sentido liberá-lo para mais usuários.

Com informações: Android Police, The Verge.

Felipe Ventura

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque