Galaxy Fold quebra após ser dobrado 120 mil vezes em teste de resistência

Samsung estima que Galaxy Fold pode ser dobrado 200 mil vezes sem sofrer dano

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 2 anos
Teste de dobradiça do Galaxy Fold

Semanas depois de anunciar o Galaxy Fold, a Samsung divulgou o vídeo de um teste que mostra que o aparelho pode ser aberto e fechado por pelo menos 200 mil vezes antes de apresentar algum dano na dobra. Um teste independente realizado recentemente mostrou, porém, que o smartphone dobrável aguenta quase 120 mil aberturas. Apesar da grande diferença, esse resultado não chega a ser ruim.

O teste foi realizado pela CNET e transmitido em tempo real pelo YouTube. Para executá-lo, o veículo usou uma máquina criada por uma empresa chamada SquareTrade que é capaz de abrir e fechar o Galaxy Fold repetidamente.

A Samsung afirma que, antes de lançar o seu primeiro celular dobrável, submeteu o aparelho a vários tipos de testes em laboratório para assegurar que o dispositivo estivesse pronto para ser lançado.

Bem sabemos que alguma coisa não deu certo nesses procedimentos. O Galaxy Fold apresentou defeitos logo após ter sido entregue a jornalistas para testes independentes.

Porém, as falhas reportadas estavam relacionadas sobretudo à tela. Agora que o Galaxy Fold foi revisado e finalmente lançado, a CNET tratou de checar se outra característica importante, a dobradiça do modelo, pode mesmo ser acionada 200 mil vezes, como afirma o teste da Samsung (vídeo abaixo):

Bom, não pôde. Não nesse teste. Após o Galaxy Fold ter sido aberto e fechado 119.380 vezes pela máquina, a dobradiça quebrou, fazendo metade da tela parar de funcionar. Mas, como dito no começo do post, esse não chega a ser um resultado ruim.

O teste da Samsung levou uma semana para ser concluído; o da CNET, algumas horas. Isso porque a máquina usado pelo veículo fez abertura e fechamento do aparelho em um ritmo bastante intenso, o que pode ter comprometido a resistência da dobradiça por conta de algum tipo de sobrecarga que não é previsto em condições normais de uso.

A própria CNET avisa que esse não foi um teste com rigor científico. Se levarmos em conta essas circunstâncias, dá para acreditar quando a Samsung diz que a dobradiça deve durar pelo menos cinco anos — e isso se o usuário abrir e fechar o Galaxy Fold 100 vezes por dia.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Relacionados