Notícias Celular

Google prepara rede para achar Androids perdidos e sem conexão à internet

Companhia pode criar rede baseada no Google Play Services para melhorar localização de dispositivos Android perdidos

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Perder o celular é uma experiência deveras angustiante. Para quem tem um iPhone, o recurso Buscar Meu iPhone é muito útil nesse momento. Mas, e os usuários de Android? Há indícios de que o Google está trabalhando em uma rede que permitirá à plataforma ser mais precisa no rastreamento de dispositivos que o serviço da Apple ou o nativo do próprio Android.

Aplicativo Encontre Meu Dispositivo (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Aplicativo Encontre Meu Dispositivo (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Sim, o Google já oferece um serviço de localização, que costuma funcionar bem. Se você entrar em Encontrar seu smartphone ou recorrer ao aplicativo Encontre Meu Dispositivo do Google, poderá buscar por todos os seus dispositivos. O problema é que essas ferramentas só funcionam com aparelhos associados à sua conta.

Rede baseada no Google Play Services

O XDA Developers analisou o código da versão 21.24.13 beta do Google Play Services e descobriu que o recurso traz duas novas strings. A primeira descreve um serviço que ajuda o usuário a localizar seus dispositivos ou os de outras pessoas. A segunda faz referência a uma rede chamada, em tradução livre, Encontre Meu Dispositivo.

Por que esses detalhes são importantes? Eles indicam que o Google está criando uma rede para ajudar a rastrear dispositivos perdidos ou roubados, mesmo quando eles não tiverem conexão a uma rede de dados.

Tomemos como exemplo o AirTag, da Apple. Esse acessório ajuda a rastrear qualquer objeto associado a ele, mesmo se estiver fora do alcance do iPhone do usuário. Como? Por meio de uma rede compartilhada que usa outros dispositivos Apple próximos para localizar aquele que foi perdido.

Isso é possível porque, como a Apple controla todo o ecossistema do iOS, a companhia consegue construir uma espécie de rede colaborativa para rastreamento formada pelos aparelhos da marca. Para esse método funcionar, é necessário que a rede seja constituída por um grande número de dispositivos e, bom, há iPhones, iPads e afins por todos os lados, certo?

Também há aparelhos Android por todos os lados, logo, faz sentido para o Google implementar um serviço similar. A análise feita pelo XDA Developers sugere que a companhia planeja aproveitar o fato de o Google Play Services estar instalado em quase todos os dispositivos Android para criar uma rede colaborativa de rastreamento.

Se essa ideia for levada adiante, localizar o seu celular Android ficará mais fácil, mesmo se o dispositivo estiver sem acesso à internet. Além disso, o seu aparelho poderá ser usado para ajudar na localização de dispositivos de outros usuários.

O Google não comentou o assunto, por isso, ainda não há informação sobre quando e se essa rede de rastreamento vai mesmo ser criada. Mas, como tudo indica que os testes já começaram, há boas chances de que tenhamos novidades sobre o assunto em um futuro próximo.

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque