Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Windows 11 é liberado ao público um dia antes do previsto

A Microsoft liberou o download do Windows 11 nesta segunda-feira (4) — nova versão do sistema traz reformulação no design, widgets, nova Microsoft Store e mais

Por

A nova era do Windows finalmente chegou. A Microsoft começou a liberar a versão estável do Windows 11 nesta segunda-feira (4) ao público geral, um dia antes do previsto. Anunciada em junho, a plataforma marca o rejuvenescimento do sistema operacional da empresa. Entre os destaques, está o novo menu Iniciar, o retorno dos widgets, o redesenho de diversos aplicativos e uma Microsoft Store com políticas mais flexíveis.

PCs rodando Windows 11 (Imagem: Divulgação / Microsoft)
PCs rodando Windows 11 (Imagem: Divulgação / Microsoft)

Como baixar o Windows 11?

Usuários interessados já podem encontrar a página de download do Windows 11 no site oficial da empresa, disponível em português. Entretanto, a Microsoft recomenda que você aguarde até que seja notificado por meio do Windows Update que a atualização está pronta para o seu computador. Caso não queira esperar, veja como atualizar para o Windows 11 de graça.

De acordo com o The Verge, usuários da Nova Zelândia começaram a receber a atualização mais cedo. Você pode conferir se há alguma pendência por meio do Windows Update, acessando as configurações do Windows.

Meu PC é compatível com Windows 11?

Os requisitos mínimos para a instalação do Windows 11 incluem:

  • Processador de 1 GHz com dois núcleos de 64 bits;
  • 4 GB de RAM;
  • 64 GB de armazenamento;
  • Tela HD (720p) maior que 9 polegadas;
  • Chip gráfico compatível com DirectX 12 ou superior e com driver WDDM 2.0.

Saiba mais sobre a compatibilidade do sistema e exceções em nosso artigo.

Basicamente, se você comprou um computador recentemente com Windows 10, ele deve ser elegível para a atualização imediatamente, segundo a Microsoft. Entretanto, alguns PCs, especialmente mais antigos, devem receber a atualização via Windows Update mais para frente, até meados de 2022.

A nova ferramenta de verificação de compatibilidade da Microsoft também já está disponível para o diagnóstico. A companhia afirma ter atualizado o software para ser mais preciso e indicar de forma mais clara ao usuário quando há algum problema para a instalação.

Como noticiamos em agosto, a Microsoft cedeu à pressão do público e liberou o Windows 11 em PCs oficialmente incompatíveis, ou seja, sem chip TPM ou com um processador lançado há mais de 5 anos. Apesar disso, usuários com estas máquinas deverão realizar a instalação manual — e o sistema não receberá atualizações via Windows Update, até mesmo correções automáticas de segurança podem ser retidas.

O que há de novo no Windows 11?

O Windows 11 traz uma grande reformulação visual: novos ícones, cantos levemente arredondados e um novo menu Iniciar, sem Live Tiles e com uma seção dedicada a apps ou arquivos acessados recentemente ou com frequência. A barra de tarefas também está diferente, centralizada por padrão, e há a volta dos widgets.

A Microsoft Store também está de cara nova e com políticas mais flexíveis. Na última semana, a companhia anunciou que já está aceitando lojas de apps de terceiros, começando com a Epic Games Store. No futuro, será possível encontrar aplicativos de Android e instalá-los por meio da plataforma da Microsoft, devido a uma parceria com a Amazon Appstore.

Confira todas as novidades do sistema, em detalhes, em nosso especial sobre o Windows 11.