Início / Notícias / Computador /

Mac Studio: desmanche sugere que SSD do desktop da Apple pode ter upgrade

Site da Apple mostra que Mac Studio não pode passar por upgrade de SSD, mas vídeo de desmanche sugere que não é bem assim

Emerson Alecrim

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Que o Mac Studio pode ser equipado com o poderoso chip Apple M1 Ultra, todo mundo já sabe. Agora, estamos em busca dos detalhes, muitos dos quais só podem ser revelados se o equipamento for desmontado. Foi assim que um canal no YouTube descobriu um detalhe interessante: aparentemente, o Mac Studio pode passar por upgrade de SSD.

Mac Studio (imagem: divulgação/Apple)
Mac Studio (imagem: divulgação/Apple)

Havia dúvidas sobre isso porque a loja online da Apple dá a entender que, depois da compra, o usuário não pode mudar as configurações de armazenamento do Mac Studio. Este é o aviso que aparece na página de compra do modelo quando o link “quanto espaço de armazenamento é ideal para você?” é clicado:

Observação: não é possível alterar a capacidade de armazenamento do Mac Studio após a compra. Se você acha que vai precisar de mais armazenamento no futuro, escolha uma opção com mais capacidade no momento da compra.

Frequentemente, esse é um sinal de que os chips de armazenamento de dados são soldados à placa-mãe do equipamento ou são de acesso difícil. Mas o canal Max Tech descobriu que não é uma coisa nem outra.

O vídeo mostra (a partir de 5:30) que, assim que a base inferior do Mac Studio é removida, duas portas para SSD ficam visíveis. A unidade de armazenamento que acompanha o equipamento pode ser instalada em qualquer uma delas e irá funcionar corretamente.

Porta para SSD no Mac Studio (imagem: reprodução/Max Tech)
Porta para SSD no Mac Studio (imagem: reprodução/Max Tech)

Também é possível perceber que não é muito difícil acessar as portas. Alguns componentes precisam ser removidos cuidadosamente para isso, mas uma pessoa com alguma experiência no assunto não terá problemas para fazer esse trabalho.

Por que, então, a Apple “bloqueia” o upgrade de armazenamento no Mac Studio? Bom, talvez essa seja uma forma de evitar que usuários leigos tentem fazer o procedimento e danifiquem o computador.

Também existe a possibilidade de, em algum momento, a Apple lançar um kit de atualização para o Mac Studio, afinal, a companhia fez isso para o Mac Pro em 2020 — no vídeo, o apresentador Max Yuryev até tenta encaixar um SSD para Mac Pro no Mac Studio (a partir de 8:20), mas o componente não é compatível com este.

Memória RAM do Mac Studio é soldada

A possibilidade de um kit de upgrade ser lançado não significa que é uma boa ideia escolher a configuração mais simples do Mac Studio para atualizá-lo depois. Primeiro porque não há confirmação sobre o lançamento desse kit; segundo porque nem todos os componentes podem ser modificados: o vídeo também mostra que, ao contrário do SSD, a memória RAM do Mac Studio é soldada.

Vale lembrar que, no Brasil, o Mac Studio custa a partir de R$ 22.999 na versão com M1 Max ou R$ 46.999 se o chip for o M1 Ultra.

Em ambos os casos, o armazenamento pode chegar a 8 TB, desde que o comprador pague R$ 28.800 a mais por essa capacidade no primeiro modelo ou R$ 26.400 no segundo.

Aparentemente, Mac Studio bloqueia upgrade por software

Luke Miani publicou um vídeo nesta segunda-feira (21), também no YouTube, com mais um desmonte do Mac Studio. A filmagem mostra ele tentando colocar o SSD de outro Mac Studio no equipamento desmontado, sem sucesso.

De fato, Miani não teve impedimentos para acessar as conexões físicas do SSD (a partir de 6:20), mas, quando o computador foi religado, o sistema operacional não inicializou e o LED de status ficou piscando.

Tudo indica que o Mac Studio reconheceu o SSD, mas o firmware do equipamento impediu a inicialização do sistema junto com o SSD adicionado. Isso significa que, provavelmente, técnicos autorizados podem fazer troca ou upgrade de armazenamento, mas utilizando algum software da Apple como auxílio para esse procedimento.

Atualizado às 16:00 para mencionar o vídeo de Luke Miani.