Quer assistir a Copa via streaming? Sinto muito, mas o delay será um estraga prazeres

Não adianta ter a maior velocidade de internet ou o melhor equipamento: processo de decodificação é o vilão dos atrasos em transmissões online

Lucas Braga
Por

Ninguém duvida dos benefícios e da praticidade da internet, mas o meio de conexão tem suas desvantagens quando o assunto é transmissão ao vivo. Os jogos da Copa do Mundo são um exemplo de como a TV aberta ainda é importante: por conta do delay, seu vizinho pode comemorar um gol do Brasil antes de você — em alguns casos, o atraso pode ultrapassar a marca de um minuto.

Transmissão do SporTV 4K via internet pela Claro Box TV+
Se vai assistir a Copa pela internet, prepare-se para tomar spoiler do vizinho (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

Queria assistir a Copa pela internet, mas não deu certo

Pensa só: você está com sua televisão novinha, e surge a oportunidade de assistir os jogos da Copa do Mundo com resolução 4K. Ótimo, não? Pois bem, eu até tentei, mas logo voltei para o tradicional HD.

Eu sou usuário do Claro TV+ Box, serviço de TV por assinatura via internet (IPTV). O decodificador é compatível com a resolução 4K, e a operadora carregou em sua grade dois canais do SportTV com a altíssima resolução. A imagem estava ótima, o som também e o streaming consumia cerca de 50 Mb/s da minha banda larga. Ótimo, não?

SporTV 4K está disponível em equipamentos da Claro
SporTV 4K está disponível em equipamentos da Claro (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

Na minha experiência na partida entre Brasil e Sérvia, o streaming em 4K pela Claro TV+ Box apresentou delay de cerca de um minuto e dez segundos. Nem adiantava ficar empolgado com as finalizações: se não ouvi gritos de comemoração, é porque não teve gol.

E vamos de volta para a transmissão em HD.

O desafio de acompanhar eventos ao vivo pela internet

Após a frustração com a transmissão em 4K, não tive escolha em abandonar o SporTV 4K e mudar para a Globo. Continuei assistindo via internet pelo Claro Box TV+, pois ainda não tinha uma antena de TV aberta conectada no meu televisor.

O delay caiu, mas ainda assim foi insuficiente: ainda tinha um atraso de cerca de 45 segundos em comparação com os meus vizinhos. Ou seja, continuei tomando spoiler de tudo.

Se você está em um local mais isolado, como um sítio ou fazenda, o delay das transmissões de streaming não vai atrapalhar tanto porque não dá para tomar spoiler dos vizinhos. Mas na cidade… é praticamente impossível.

Caso a internet seja sua única opção para assistir a Copa, pode ser interessante utilizar um fone de ouvido com cancelamento de ruído.

O delay nas diferentes plataformas

No jogo entre Brasil e Sérvia, nosso editor-executivo Paulo Higa fez a seguinte comparação entre diferentes plataformas online, considerando o sinal digital terrestre da Globo de São Paulo:

  • Twitch: 8 segundos
  • YouTube: 26 segundos
  • Fifa Plus: 1 minuto e 10 segundos

O problema do streaming: a codificação

A velocidade da sua internet dificilmente será a principal culpada pelo delay em transmissões ao vivo. Conversei sobre o assunto com Helder Ferrão, gerente de marketing e indústrias da Akamai, empresa que presta serviços de distribuição de conteúdo (CDN) em 135 países.

Ferrão ainda explica que o delay não é necessariamente causado pela velocidade da internet ou latência, e o principal culpado dos atrasos é o processamento da imagem para transmissão online. A etapa é chamada de transcoding, que converte o sinal de TV para um formato compatível com streaming:

“A gente sempre vai usar como referência uma transmissão na TV aberta. Na TV aberta, que faz a transmissão de som e imagem através de radiofrequências, com repetidoras e certo nível de performance.

As outras transmissões precisam capturar essa imagem e passá-la por um encoder, que irá transformar o conteúdo para outro formato para transmissão online. Só pelo fato de passar pelo encoder, é inserido um delay devido ao tempo de processamento.”
Helder Ferrão, gerente de marketing e indústrias da Akamai

Também existem razões para que o delay seja maior nas transmissões em 4K:

“Uma transmissão em 4K demanda muito mais banda e codificação, então você tem muito mais delay.”
Helder Ferrão, gerente de marketing e indústrias da Akamai

Apesar de a codificação ser a principal culpada pelos atrasos, Ferrão explica que a infraestrutura de uma CDN e redes otimizadas pode ajudar na experiência de assistir eventos ao vivo pela internet. Ele cita que a Akamai possui servidores em quase 180 operadoras brasileiras.

A Claro fez algumas otimizações em suas transmissões IP para evitar o delay. Ao Telesíntese, a operadora afirmou que o Claro TV+ teria atraso de no máximo 10 segundos, mas apenas se o cliente utilizasse a banda larga da própria tele; nas conexões de outras operadoras, que é o meu caso, o delay pode ser de até 40 seguntos.

O melhor a fazer: assistir pela TV aberta

Toda transmissão ao vivo via streaming precisa passar pelo processo de codificação, que é o maior culpado do delay. Sendo assim, a melhor forma de não tomar spoiler do vizinho é assistir os jogos pela TV aberta. O sinal digital da Globo, emissora que adquiriu os direitos de transmissão da Fifa, está disponível em boa parte das cidades brasileiras.

Nos dias de jogo, troquei a Claro Box TV por uma antena para assistir o sinal aberto
Nos dias de jogo, troquei a Claro Box TV por uma antena para assistir o sinal aberto (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

Qualquer televisão vendida no Brasil fabricada a partir de 2010 já possui o conversor integrado, e se você possui um modelo mais antigo é possível adquirir um receptor por menos de R$ 100. Feito isso, basta ligar uma antena UHF no equipamento — mas às vezes um simples arame de pão ou clipe de papel já é o suficiente para conseguir sintonizar.

Relacionados

Relacionados