Meta compra empresa de óculos inteligentes para fazer o metaverso vingar

Companhias confirmaram que já trabalharam juntas no passado; é possível que aquisição tenha a ver com o projeto de óculos AR da Meta

Ricardo Syozi
Por

A Meta realmente não quer jogar a toalha virtual sobre o assunto metaverso. Após investir muito dinheiro, a empresa de Mark Zuckerberg decidiu investir ainda mais. Assim, ela adquiriu a Luxexcel, uma companhia especializada em produzir lentes para óculos inteligentes a partir de impressões 3D. Os termos da negociação não foram divulgados nem no mundo real e nem no mundo virtual.

Óculos inteligentes (Imagem: YouTube / Luxexcel)
Óculos inteligentes (Imagem: YouTube / Luxexcel)

A Luxexcel foi fundada em 2009 na Holanda. Ela usa impressoras 3D para criar lentes com receita e as utiliza em smart glasses, já que é possível realizar a impressão com tecnologia integrada. Por exemplo, telas LCD e filme holográfico.

Com o uso desse material, a holandesa acredita que pode integrar elementos para criar uma experiência de realidade aumentada dentro desse tipo de lentes.

Pensando no potencial dos produtos da marca, a Meta decidiu comprar a companhia europeia e colocá-la em seu projeto sobre o metaverso. Entretanto, parece que a ideia desse mundo virtual conectado vem perdendo a força recentemente. No fim de 2022, as vendas de headsets VR caíram em comparação com o ano de 2021.

Seja como for, Mark Zuckerberg não demonstra intenção de desistir. A aquisição da Luxexcel é uma maneira de lembrar a todos que os tais óculos AR da Meta ainda estão em desenvolvimento.

Ryan Moore, líder de comunicações financeiras da marca, soltou uma pequena declaração sobre a compra:

Estamos entusiasmados com o fato de a equipe da Luxexcel ter se juntado à Meta, aprofundando a parceria existente entre as duas empresas.

Essa “parceria” entre as firmas pode confirmar que ambas trabalharam juntas no Project Aria, uma iniciativa de pesquisas em realidade aumentada da Meta.

Realidade Virtual
A realidade virtual é um meio para o metaverso (Imagem: Unsplash / Minh Pham)

Óculos inteligentes já foram lançados pela Meta

Em setembro de 2021, a Meta (na época ainda chamada de Facebook) fez uma parceria com a marca Ray-Ban para colocar nas lojas o Ray-Ban Stories. Esses smart glasses trazem duas câmeras de 5 megapixels, sistema de áudio com três microfones integrados, supressão de ruído e estojo para carregar a bateria.

Os gadgets trazem o processador Snapdragon, têm cinco opções de cores e custam US$ 229 (cerca de R$ 1.225).

Já em julho de 2022, a empresa de Mark Zuckerberg anunciou que estava atualizando os óculos inteligentes. Dessa forma, se tornou possível enviar mensagens pelo WhatsApp e realizar ligações através dos gadgets. Por focar na idea de “hands-free”, tudo é feito a partir do Facebook Assistant.

Com informações: TechCrunch.

Relacionados

Relacionados