Reddit suspendeu moderadores envolvidos em protestos criativos contra planos da API

Após “apagão” que envolveu milhares de comunidades, grandes subreddits mantiveram protestos alternativos e moderadores foram suspensos da plataforma

Felipe Freitas
Por
Ícone do Reddit no celular (Imagem: Shutterstock)
Ícone do Reddit no celular (Imagem: Shutterstock)

Moderadores de algumas das maiores comunidades (subreddits) do Reddit foram suspensos da rede social após continuarem seus protestos contra os novos preços da API. Entre os admins “banidos” da plataforma estão os usuários responsáveis por coordenar o r/MildlyInteresting e r/interestingasfuck, alguma das maiores comunidades do Reddit.

Horas depois da revelação do caso, os moderadores do MildlyInteresting comunicaram ao The Verge que as suas contas foram restituídas. Depois do protesto de “apagão” no Reddit, na qual milhares de comunidades foram fechadas pelos admins, estes encontraram novas formas de protestar contra a API e (pelo menos tentar) afetar o negócio de anúncios da rede social — já que o Reddit ameaçou remover os moderadores se o apagão continuasse.

Novos protestos envolvem fotos de John Oliver e “pornô”

Após os subreddits (subs) saírem do “blackout”, algumas delas adotaram outras formas de protestar: publicar somente fotos do apresentador britânico John Oliver e marcar a comunidade como Not Safe For Work(não seguro para trabalho), NSFW — tag usada para subreddits de conteúdo adulto.

Enquanto as fotos de John Oliver atuam diminuindo o engajamento e, por consequência, o alcance dos anúncios na comunidade, a marcação de NSFW impede os anúncios no subs. Nas comunidades dedicadas a esse conteúdo, o impacto não é tão grande (mesmo que algumas delas beirem 1 milhão de inscritos).

r/Pics ainda é uma comunidade de fotos, mas de fotos do John Oliver (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
r/Pics ainda é uma comunidade de fotos, mas de fotos do John Oliver (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Porém, no caso do MildlyInteresting, são 22 milhões de “alvos” de anúncios. A comunidade interestingasfuck, que também está marcada como NSFW, possui quase 11 milhões de membros. Nesses subs, a ausência de anúncios gera prejuízo para o Reddit.

Conforme os moderadores do MildlyInteresting relataram para o The Verge, ao entrar no Reddit na última terça-feira (20), eles foram informados que as suas contas estavam suspensas por sete dias — o que descartaria um possível “golpe” de outros admins. Horas depois da denúncia, a suspensão foi removida.

r/MildlyInteresting se transformou em um sub NSFW, mas sem nenhum conteúdo adulto (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
r/MildlyInteresting se transformou em um sub NSFW, mas sem nenhum conteúdo adulto (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Outros protestos envolvem fotos do Tim Cook

Enquanto alguns usam fotos do John Oliver, o r/Apple está protestando com fotos do Tim Cook. No subreddit, a capa de iPhone continua, mas as últimas publicações são fotos do CEO da Apple nas mais diversas situações — até mesmo sendo “cozinhado”.

E se algumas comunidades se marcaram como NSFW, mesmo sem conteúdo adulto, um sub para maiores passou a publicar conteúdo “para todas as idades”. O NoFans, trocadilho com OnlyFans e comunidade para publicações amadoras, só permite a divulgação de imagens de coolers passivos — dissipadores de calor para PCs que não usam ventoinhas.

r/Steam agora só fala sobre vapor (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
r/Steam agora só fala sobre vapor (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Para o público gamer, não se assuste com as novas publicações no r/Steam: agora a comunidade realmente só fala sobre vapor (steam, em inglês), incluindo máquinas a vapor. Outro que segui a literalidade do nome é o r/Wellthatsucks, que virou um subreddit sobre aspirador de pó.

Os protestos contra o Reddit e o seu CEO Steve Huffman, que no r/HarryPotter só pode ser chamado de Voldemort, não encerrarão tão cedo. Com os casos de suspensão dos moderadores, se enganou quem acreditou que veríamos apenas um apagão como protesto. A treta está só no começo.

Com informações: The Verge

Receba mais sobre Interface de programação de aplicações na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Relacionados