Aconteceu! 1Password vai liberar uso de passkeys

Assim como o Google, que assumiu as chaves de acesso no início de maio, o gerenciador de senhas permitirá que o usuário faça uso da tecnologia

Ricardo Syozi
Por
1Password (Imagem: Reprodução / Internet)

O 1Password anunciou que finalmente vai começar a liberar o uso de passkey para todos os usuários com uma conta da plataforma. A aguardada novidade chega a partir do dia 6 de junho, permitindo que a pessoa coloque de lado os famosos conjuntos de caracteres do dia a dia. Dessa forma, o gerenciador de senha vai parar de usar senhas.

Muitos burburinhos rondavam a novidade nos últimos meses, mas foi apenas em fevereiro que o 1Password confirmou que passaria a usar passkeys. No entanto, ainda estava faltando uma data oficial da estreia do recurso.

Felizmente, a companhia afirmou que vai disponibilizar o acesso por chaves de acesso daqui menos de um mês, ou seja, a partir do dia 6 de junho. Isso quer dizer que o usuário poderá usar alternativas, como a biometria ou um sistema de reconhecimento facial, por exemplo.

A empresa não confirmou se a opção vai permitir que o indivíduo substitua a senha principal do aplicativo por uma passkey.

Vale ressaltar que a tecnologia foi desenvolvida pela FIDO Alliance, uma organização com a missão de criar padrões de autenticação para ajudar a reduzir a necessidade de senhas pelo mundo. Ela tem membros importantes, como Google, Apple e Microsoft.

1Password no iPhone (imagem: divulgação/1Password)
1Password no iPhone (imagem: divulgação/1Password)

Google também já oferece o recurso

Tudo indica que estamos nos direcionando para um futuro sem senhas nos principais apps e páginas. Além do 1Password, o Google também confirmou o suporte à passkey. Mesmo sendo uma nova alternativa para a segurança das contas das pessoas, a gigante de buscas afirmou que a novidade não substituirá instantaneamente o uso de senhas ou da verificação em dois fatores.

A companhia já permite que você realize a configuração do acesso à conta do Google “usando seu rosto, impressão digital, bloqueio de tela ou chave de segurança de hardware”.

Há, ainda, o fator segurança. A empresa disse que essa forma é mais resistente a ataques online, como phishing, tornando-as mais seguras do que opções como códigos SMS únicos.

Para quem ainda não sabe bem o que é uma chave de acesso, o repórter Emerson Alecrim, do Tecnoblog, definiu dessa maneira:

De uma forma genérica, passkey (chave de acesso, em tradução livre) é uma espécie de credencial digital que permite autenticação em serviços sem uso de senhas.

Por padrão, um mecanismo do tipo se baseia na criptografia de chave públicas. Assim, em vez de requerer uma combinação de caracteres, o procedimento de login é feito a partir de um par único de chaves criptográficas (a privada e a pública).

Com informações: The Verge.

Receba mais sobre Google na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ricardo Syozi

Ricardo Syozi

Ex-autor

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. No Tecnoblog, autor entre 2021 e 2023. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral.

Canal Exclusivo

Relacionados