Samsung anuncia Exynos 1080, seu primeiro processador de 5 nm

Chip Exynos 1080 deve equipar smartphones intermediários premium da Samsung, mas estreará em celular da chinesa Vivo

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Exynos 1080 (imagem original: Samsung)
Exynos 1080 (imagem original: Samsung)

Celulares intermediários premium lançados pela Samsung em 2021 poderão ser equipados com um novo processador: a companhia anunciou, nesta quinta-feira (12), o Exynos 1080, chip octa-core baseado em tecnologia de fabricação FinFET de 5 nanômetros, o primeiro da marca a contar com essa característica. A novidade também se destaca por ser compatível com 5G.

O Exynos 1080 segue uma configuração “1 + 3 + 4”: há um núcleo Cortex-A78 de 2,8 GHz, três Cortex-A78 de 2,6 GHz e quatro Cortex-A55 no chip. Os quatro primeiros cuidam de tarefas exigentes. Os últimos quatro são direcionados a aplicações menos pesadas e, portanto, proporcionam economia no consumo de energia.

As especificações do novo chip incluem uma GPU Mali-G78 MP10. Quanto aos 5 nanômetros, a Samsung recorreu à sua implementação da tecnologia Extreme Ultraviolet (EUV) para chegar a eles. Trata-se de um tipo de litografia baseado em um comprimento de onda muito curto que, com efeito, é ideal para chips bastante miniaturizados.

No quesito conectividade, o suporte ao 5G é o principal atrativo. O modem do tipo integrado ao Exynos 1080 suporta tanto ondas milimétricas (mmWave) quanto sub-6 GHz. O processador também é compatível com Bluetooth 5.2, Wi-Fi 802.11ax e rádio FM.

Para fotos, a Samsung explica que a novidade suporta câmera única com sensor de até 200 megapixels ou câmera dupla de 32 + 32 megapixels, por exemplo.

Apresentação do Exynos 1080 (imagem: Samsung)

Apresentação do Exynos 1080 (imagem: Samsung)

Entre as demais características encontramos suporte a gravação de vídeo em 4K e 60 fps, a memórias LPDDR4x e LPDDR5, a armazenamento no padrão UFS 3.1 e a telas full HD+ com taxa de atualização de até 144 Hz ou WQHD+ com até 90 Hz.

Curiosamente, o Exynos 1080 não fará a sua estreia em um smartphone da linha Galaxy, mas no próximo celular da série X, da chinesa Vivo. Se levarmos em conta que o Vivo X30 foi o primeiro dispositivo equipado com o Samsung Exynos 980 (antecessor do Exynos 1080), isso não chega a surpreender.

Com informações: GSMArena.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados