Google permite que você bloqueie o Bard de ler o seu site

Empresa lançou extensão para que sites proíbam o Bard, IA generativa do Google, de usar seus conteúdos para se desenvolver

Felipe Freitas
Por
Google Bard foi revelado em fevereiro de 2023 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Google lança recurso para sites bloquearem o Bard (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O Google lançou um rastreador para que sites impeçam o Bard, IA generativa da empresa, de ler seus conteúdos. O recurso será útil para criadores, desenvolvedores e empresas que não querem que a IA da big tech seja treinada de modo gratuito com o seu trabalho. A novidade não afeta o alcance do site nas pesquisas do Google.

Anteriormente, a única opção para interromper o Bard de chupinhar o conteúdo podia prejudicar a visibilidade das páginas. Com isso, os donos dos sites ficavam num dilema: manter a IA consumindo sem pagar nada ou bloqueá-la e correr o risco de ficar “escondido”. Esse problema ocorria porque o Google não tinha um rastreador dedicado ao Bard — que foi resolvido com esse novo recurso.

Empresas estão permitindo impedir o treinamento de IAs

ChatGPT
ChatGPT, da OpenAI, também pode ser impedido de usar conteúdo de sites através de um rastreador (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Antes do Google, a OpenAI também lançou um recurso para que sites bloqueassem o ChatGPT de “buscar conhecimento” (como diria ET Bilu) através de seus conteúdos. Claro, isso só foi liberado agora que o ChatGPT é a principal IA generativa do momento, a mais falada, a que gerou debate sobre regulamentação do setor, plágios e a melhor — eu disse “a melhor”, não ótima.

Antes de ser lançada para o público, a OpenAI não tinha um recurso desse tipo. Conforme as IAs generativas ganham espaço, autores, artistas, jornalistas e qualquer profissional que publica seu trabalho online começam a questionar o fato dessas empresas treinarem seus serviços sem royalties — isso quando não ocorre violação de direitos autorais, como está acusando o Sindicato de Autores dos Estados Unidos.

O novo rastreador do Google também interrompe o Vertex, plataforma de IA do Google Cloud, e futuras gerações de IA que a empresa possa lançar.  

Medium bloqueou IAs de utilizar conteúdo da plataforma

Na última quinta-feira (28), o Medium, plataforma de textos, publicou um editorial informando que IAs serão bloqueadas de utilizar os conteúdos publicados para seu desenvolvimento.

No comunicado, Tony Stubblebine, CEO do Medium, informou que o bloqueio será padrão para todos os usuários. O CEO entende que usuários que não vêm problema nas IAs sendo treinadas com seus textos discordarão da medida.

Todavia, como ele relembra, ainda não há uma solução para que cada autor no Medium escolha por autorizar ou não o treinamento. Stubblebine, que elogiou a OpenAI por ser a primeira a entregar um rastreador de bloqueio, reafirma que a plataforma não quer prejudicar o desenvolvimento de IAs, mas deseja que haja consenso entre as empresas e autores.

Com informações: AndroidPolice

Relacionados