iFood agora aceita NuPay, do Nubank, e pode ter limite extra

Novidade poupa cliente do Nubank de digitar e salvar dados do cartão no app do iFood; limite extra depende de análise de crédito

Giovanni Santa Rosa
Por
Nubank
Nubank (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Clientes do Nubank terão uma nova forma de pagar seus pedidos no iFood: o NuPay, método do próprio banco digital. Com ele, não é necessário digitar dados do cartão, só concluir a transação no app. E, para alguns clientes, a compra terá limite extra.

A novidade foi anunciada nesta quarta-feira (19) pelas duas empresas. Agora, ao fechar um pedido, o cliente verá um item “Nubank” entre as opções de pagamento.

Caso escolha essa alternativa, ele será levado ao app do banco, onde deverá escolher entre crédito ou débito. Depois, é só confirmar com a senha de quatro dígitos e pronto, nada de digitar números longos ou códigos.

A grande vantagem do NuPay é não precisar digitar os dados do cartão nem deixá-los salvos no app.

O Nubank também pode oferecer um limite extra na compra. Assim, o valor do pedido não consome o pedido do cartão.

A informação sobre o limite extra aparece na hora de escolher se o pagamento será no crédito ou no débito. Ele depende de uma análise especial de crédito.

Segundo as empresas, a opção de pagar com Nubank estará disponível para todos os clientes nas próximas semanas.

Nubank aparecerá como opção de pagamento no iFood
Nubank aparecerá como opção de pagamento no iFood (Imagem: Reprodução/Nubank)

O Nubank não é o primeiro banco a facilitar o pagamento no iFood. Em 2021, o Itaú passou a concluir automaticamente pagamentos feitos via Pix.

Assim, o cliente não precisava fazer todo o processo de copiar o código, mudar de app, colar o código no banco e só aí concluir a transação.

NuPay tem parcelamento e taxa menor

O NuPay foi lançado em março de 2022, como uma forma de concluir pagamentos com mais facilidade e rapidez. Além disso, ele oferece parcelamento em até 24 vezes.

Para isso, porém, ele precisa estar integrado à loja online. Do lado do lojista, a principal vantagem é oferecer taxas mais baixas e repasse mais rápido que os métodos convencionais.

Outra promessa é a melhora na taxa de conversão: como o processo fica mais simples para o cliente, a expectativa é que o número de carrinhos abandonados na hora do pagamento diminua.

Atualmente, algumas varejistas aceitam o NuPay, como Reserva, Cobasi, Pichau e Consul. Esta forma de pagamento também é usada na loja do próprio app do Nubank.

Com informações: Nubank, iFood

Relacionados