Mercado global de smartphones premium contraria tendência e cresce em 2023

Países emergentes batem recorde de vendas de aparelhos premium e puxam alta do segmento. Apple continua na liderança, mas vê Samsung, Huawei e Xiaomi crescerem.

Giovanni Santa Rosa
Por
Smartphone sobre apoio de madeira
Galaxy Z Flip 5 é um diferencial da Samsung no mercado premium (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)

O mercado de smartphones premium (acima de US$ 600) teve crescimento em 2023 e deve fechar o ano com uma alta de 6% em relação a 2022. As vendas tiveram recorde em mercados emergentes. A Apple ainda é líder no segmento, mas com uma fatia menor do segmento.

Os dados são da empresa de pesquisa Counterpoint. Segundo a companhia, os números contrariaram o declínio do mercado geral de smartphones. Ela afirma que o segmento premium, composto por aparelhos com preço no atacado de US$ 600 ou mais, teve cerca de 25% do mercado global de smartphones e 60% das receitas. “Nos últimos anos, o segmento premium se destacou como uma área de crescimento em um mercado fraco”, escreve a firma em um comunicado em seu site.

Novo comportamento e novos mercados

Para Varun Mishra, analista sênior da Counterpoint, o crescimento do segmento premium está ligado a uma mudança dos padrões de consumo. “Considerando a importância de um smartphone, os consumidores estão dispostos a gastar mais em um aparelho de alta qualidade, que possa ser usado por um período mais longo”, avalia.

Mão segurando celular
iPhone dá à Apple uma larga vantagem na liderança do mercado premium (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)

Os números da Counterpoint mostram que o crescimento do mercado premium foram puxados pela China, Europa Ocidental, Índia e a região composta por Oriente Médio e África (MEA). As vendas nessa faixa de preço bateram recordes na China, Índia, MEA e América Latina em 2023.

Para Mishra, nestes mercados, os smartphones premium são também um símbolo de status, fazendo muitos consumidores pularem da faixa média para a faixa mais elevada de preço. Ele também destaca promoções e condições de pagamento facilitadas como um dos fatores para muitos compradores gastarem mais.

Apple perde mercado nos smartphones premium

O ranking das marcas que mais vendem smartphones premium permanece o mesmo, mas a fatia de cada uma das empresas teve uma leve alteração. A Apple continua líder, mas perdeu 4 pontos percentuais, de 75% para 71%. Samsung, Huawei e Xiaomi vêm em seguida e cresceram suas participações. Fechando o top 5, a Oppo continua com 1% do segmento premium.

Marca20222023
Apple75%71%
Samsung16%17%
Huawei3%5%
Xiaomi1%2%
Oppo1%1%
Outras4%4%

A Counterpoint atribui o crescimento da Samsung aos dobráveis, que são um diferencial no mercado premium. Já a Huawei “ressurgiu” com a série Mate 60, nas palavras da empresa de pesquisa. A companhia chinesa está sujeita a sanções dos EUA, que a impedem de obter as mesmas tecnologias avançadas a que as concorrentes têm acesso.

Com informações: Counterpoint

Receba mais sobre Apple na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados