Pop-up sugerindo Bing no Chrome usa programa separado do Windows

Propaganda que surge como notificação no Windows 10 e 11 é ativada por programa feito pela Microsoft; pop-up estilo malware gerou reclamações

Felipe Freitas
Por
Windows 11
Windows 11 e seu antecessor usam um programa separado para enviar pop-up sugerindo o Bing como navegador padrão (Imagem: Guilherme Reis/Tecnoblog)

A propaganda para usar o Bing que incomodou usuários do Windows 10 e 11 nos últimos dias teve a “origem” revelada. A notificação não “integra” os sistemas operacionais, mas é, na verdade, ativada por um programa criado pela Microsoft. O arquivo que lança as notificações no canto inferior direito se chama “BGAUSpell.exe”.

O programa tem a assinatura digital da Microsoft e lembra muito um adware, programa malicioso que enche o usuário (e a sua paciência) com propagandas. Assim como os adwares, os pop-ups pedindo para o consumidor usar o Bing como buscador padrão no Chrome incomodava e surgia em momentos inoportunos, como até durante jogos.

Os relatos sobre a propaganda cresceu nos últimos e está ligada com o lançamento do Bing Chat (IA buscadora da Microsoft) para o Google Chrome, navegador rival. Nas diversas capturas de tela do pop-up, é possível ver que a mensagem da “notificação” pede para os usuários trocarem o buscador padrão no navegador Chrome — o que é um avanço para a Microsoft, que em outros momentos pedia para usar o Edge como navegador padrão.

Microsoft diz que propaganda saiu de forma “inesperada”

Caitlin Roulston, diretora de comunicação da Microsoft, disse em um comunicado para o The Verge que o comportamento das notificações foi “inesperado”. Não vamos omitir: a empresa sempre puxa a carta “inesperado”, “acidente” ou “não era o plano” quando alguma polêmica sobre anúncios no Windows (10 ou 11) surge.

E claro, o Google também usa notificações no Chrome para fazer propaganda de seus serviços. A diferença é que a Microsoft utilizou algo “integrado ao sistema operacional” para divulgar um serviço — saindo do padrão de fazer propagandas no navegador.

Tom Warren, jornalista do The Verge, recebeu um pop-up que "exala a vibe adware" (Imagem: Tom Warren/The Verge)
Tom Warren, jornalista do The Verge, recebeu um pop-up que “exala a vibe adware” (Imagem: Tom Warren/The Verge)

Roulston explicou que as notificações estão suspensas enquanto a Microsoft investiga o problema e “toma a ação apropriada” para o caso.

Agora o momento de experiência própria: eu não cheguei a receber essa propaganda. Uso o Edge com Bing durante o horário de trabalho e Opera com Google fora desse período. Pelo jeito o programa realmente só envia a notificação se o consumidor usa o Chrome com Google de buscador padrão.

Um leitor do Ars Technica divulgou que recebeu uma notificação diferente da mostrada acima: o pop-up era um propaganda para usar o Bing Chat no Chrome. Se você, leitor do Tecnoblog, recebeu algum pop-up do tipo, entre em contato através dos comentários.

Com informações: Ars Technica e The Verge

Receba mais sobre Google Chrome na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados