Galaxy: Samsung estuda atualizações por 6 anos para peitar Google

Google anunciou na semana passada que Pixel 8 terá 7 anos de update de Android e segurança; Samsung já estuda ampliar suporte do Galaxy

Felipe Freitas
Por
(Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Samsung pode ampliar para seis anos o update de segurança nos Galaxy (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Dias depois do Google anunciar sete anos de atualizações para o Pixel 8, a Samsung confirmou que avalia ampliar para seis anos o suporte de updates de segurança na linha Galaxy. Antes da novidade do Google, a sul-coreana era uma das fabricantes Android com maior tempo de suporte para o sistema operacional (SO) e segurança.

Porém, tudo mudou quando o Google confirmou os sete anos de updates. Agora, a fabricante dos Pixels e criadora do Android entrega o maior tempo de suporte para esses tipos de celulares.

Samsung quer aumentar um ano de suporte

Samsung Galaxy S22 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Linha Galaxy S22 estreou atual política de suporte da Samsung (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A ideia da Samsung é aumentar de cinco para seis o tempo de suporte com atualizações de segurança. A informação foi confirmada para o SamMobile durante o evento Samsung Developer Conferece, realizado na última semana.

No momento, a Samsung oferta a seguinte configuração de suporte: quatro anos de atualização de sistema operacional e cinco anos para correções de segurança. Essa política estreou na sul-coreana em 2022, com o lançamento do Galaxy S22.

Apesar de empatar com outras marcas no tempo de suporte, a Samsung é mais elogiada nesse ponto por ser mais pontual (ou a que menos atrasa) em entregar a atualização da interface para seus smartphones.

Geralmente, a Samsung entrega a atualização da One UI para os seus celulares premium por volta de um mês depois do lançamento oficial da versão mais recente do Android. Pode atrasar para alguns países e para modelos de entrada/intermediários, mas vemos poucas reclamações quando comparada com suas rivais.

Por mais que seja bom ter um celular que várias atualizações de sistema operacional, updates de segurança são prioritários. Com o tempo, um smartphone pode ficar obsoleto e um sistema operacional novíssimo não rodaria no aparelho. No entanto, as atualizações de segurança mantêm os dados do usuário protegidos por mais tempo — ainda mais com a popularização dos apps de bancos.

Com informações: AndroidPolice e SamMobile

Receba mais sobre Samsung na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados