TIM Black ganha planos com mais internet e roaming internacional

Pós-pago TIM Black passa a acumular internet não utilizada no mês anterior, mas remove franquia de vídeos e acesso a Telegram

Lucas Braga
Por
• Atualizado há 2 anos e 7 meses
Novos planos TIM Black

A TIM renovou o portfólio do pós-pago TIM Black, que agora conta com mais internet, roaming internacional em países das Américas e acúmulo de dados móveis não utilizados para o próximo mês. Os novos pacotes continuam com redes sociais ilimitadas, mas deixaram de incluir franquia exclusiva para serviços de streaming como nos planos anteriores.

Esses são os novos planos:

Pacote de dados Acúmulo de internet Roaming internacional Américas Mensalidade
15 GB Não Não Com fidelidade: R$ 109,99
Sem fidelidade: R$ 129,99
20 GB Sim Sim Com fidelidade: R$ 124,99
Sem fidelidade: R$ 144,99
25 GB Sim Sim Com fidelidade: R$ 149,99
Sem fidelidade: R$ 169,99

Todas as opções incluem ligações à vontade para qualquer operadora (inclusive DDD), SMS à vontade e roaming nacional. O plano também inclui acesso ilimitado ao WhatsApp (exceto ligações), Facebook, Twitter e Instagram. Além disso, os clientes têm assinatura premium do Deezer com utilização sem descontar da franquia. A assinatura também inclui os aplicativos TIM Banca Virtual, TIM Segurança Digital e Skeelo.

Nos planos anteriores, o tráfego do Telegram, Waze e Easy não descontava da franquia principal, mas a TIM removeu os aplicativos no novo portfólio. Outra mudança importante é o fim da franquia para parceiros de vídeo: no formato antigo, quem contratava o pacote com 10 GB também tinha 10 GB extras para usar com Netflix, YouTube, Looke, Cartoon Network Já e Esporte Interativo Plus.

Uma vantagem do novo TIM Black é o acúmulo da franquia não utilizada para o mês seguinte, mas a mecânica só está presente nas opções com 20 GB ou mais. Outro destaque é que a mensalidade pode ser paga por boleto ou cartão de crédito. O portfólio anterior diferenciava quantidades, valores e benefícios de acordo com a forma de pagamento.

Detalhes do roaming internacional do TIM Black

Uma das vantagens do novo TIM Black é roaming internacional incluído. O serviço está disponível apenas nos planos de 20 GB e 25 GB, sendo possível usar o smartphone em viagens para a Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Estados Unidos, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, República Dominicana e Uruguai.

Ter roaming internacional incluído no plano de serviços é um excelente benefício, mas quem contratar o novo TIM Black precisa ficar atento aos detalhes: o pacote não contempla chamadas de voz ou SMS, ou seja, você continuará pagando a tarifa avulsa para fazer e receber ligações tradicionais. Na Argentina, por exemplo, o minuto custa R$ 2,49 (tanto para ligar quanto para receber) e o SMS enviado sai por R$ 0,89.

Outro ponto é que a TIM promete 20 GB ou 25 GB de internet no exterior, mas não é bem assim: quem contrata o plano de 20 GB tem direito a 30 diárias de 700 MB, enquanto o TIM Black de 25 GB possui o máximo de 800 MB por dia. Após o término do pacote de dados, a velocidade de navegação é reduzida para 128 kb/s até o próximo dia.

Roaming internacional na Claro, Vivo e Oi

Na concorrência, o pós-pago da Claro já inclui o Passaporte Américas desde a versão mais barata. O cliente utiliza a mesma franquia do plano brasileiro, sem limitação diária, além de poder fazer e receber ligações e SMS ilimitadas para números do Brasil ou do país de destino.

Já a Vivo inclui diárias de roaming em alguns de seus planos, sem limite de dias dependendo do pacote. O cliente tem entre 500 MB e 1 GB de internet por dia de acordo com o destino, além de 50 minutos para fazer ligações e recebimento ilimitado de chamadas. Nas opções com diárias ilimitadas para Américas, o serviço da Vivo funciona em qualquer país da região, enquanto Claro e TIM restringem o acesso apenas aos 18 países.

A Oi tem um único pós-pago com roaming internacional: por R$ 129,90, o cliente contrata o plano com 100 GB de internet e tem direito a 10 GB por mês para utilizar nos Estados Unidos (e apenas lá). Assim como a TIM, ligações são tarifadas à parte.

Relacionados