WhatsApp poderá ter propaganda nos Canais e Status

Presidente do WhatsApp diz que aplicativo não terá anúncios na caixa de entrada, mas publicidade e conteúdo exclusivo podem aparecer em outras áreas

Giovanni Santa Rosa
Por
Canais do WhatsApp (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Canais do WhatsApp (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Um dos principais apps da Meta poderá ter, futuramente, novas fontes de receita. Will Cathcart, presidente do WhatsApp, disse que a empresa considera colocar propagandas nos Canais ou nos Status. Atualmente, serviços para pequenos negócios e grandes companhias são a principal fonte de receita do mensageiro.

A declaração de Cathcart foi dada em uma entrevista à Folha de S.Paulo. O executivo explicou que o WhatsApp não está preparando nem sequer discutindo propagandas na caixa de entrada — a tela Conversas do app.

Por outro lado, Cathcart diz ter feito esta distinção porque outras áreas do app poderão receber anúncio. Ele menciona duas: os Canais e os Status.

As propagandas nos Status são discutidas há anos — em 2020, já se esperava que elas seriam lançadas. Como este recurso é bem parecido com os Stories de Facebook e Instagram, não é difícil imaginar e implementar o formato. Nas outras redes, as propagandas aparecem quando o usuário pula das publicações de um contato para o seguinte.

Já os Canais são um recurso recente — eles foram liberados para todos os países em setembro de 2023. Eles funcionam como páginas públicas, que podem ser seguidas por outros usuários. O Telegram tem um recurso parecido há anos.

Cathcart diz que os donos de Canais poderiam cobrar assinaturas e torná-los exclusivos, ou ainda poderiam promover seus canais no app.

WhatsApp ganha dinheiro com recursos para empresas

Na mesma entrevista, o presidente do WhatsApp explica quais são, hoje, as duas principais formas que o app usa para ganhar dinheiro.

A primeira são serviços para pequenas empresas, como anunciar seus números no Facebook e no Instagram. Como esses negócios menores geralmente não têm sites e resolvem tudo por WhatsApp, fazer seu número ser visto é muito importante.

A segunda são os serviços para grandes empresas. O WhatsApp oferece uma API paga para integração com sistemas existentes de atendimento ao cliente. Assim, os consumidores podem falar com as empresas usando o app, e a empresa pode responder usando seu sistema de SAC atual.

Segundo Cathcart, as ferramentas de mensagens da Meta — incluindo Facebook Messenger e Instagram — geram US$ 10 bilhões por ano.

Com informações: Folha de S.Paulo, TechCrunch, The Verge

Relacionados