Windows 11 vai ler QR Code a partir de capturas de tela

Ferramenta Captura de Tela (Snipping Tool) permitirá que Windows 11 leia QR Code mesmo se o computador não tiver uma câmera

Emerson Alecrim
Por
Além de texto, ferramenta de screenshot do Windows 11 lerá QR Code (imagem: divulgação/Microsoft)
Além de texto, ferramenta de screenshot do Windows 11 lerá QR Code (imagem: divulgação/Microsoft)

QR Codes já são largamente usados para divulgação de links ou compartilhamento de informações. Mas, como é preciso ter uma câmera para ler esses códigos, o uso deles depende de celulares ou tablets. Eis que a Microsoft está testando uma função que faz o Windows 11 ler QR Code simplesmente analisando uma captura de tela.

A novidade foi convenientemente incorporada à Ferramenta de Captura (Snipping Tool) do Windows 11 nos canais Canary e Dev, acessíveis para quem participa do programa de testes Windows Insider.

De acordo a Microsoft, a detecção de QR Code é acionada automaticamente quando o usuário faz um screenshot (ou print screen, como você preferir) e, na Ferramenta de Captura, clica em “Ações de texto”, que é a função de reconhecimento de caracteres do aplicativo.

Isso significa que o botão “Ações de texto” poderá tanto ler textos em imagens quanto extrair a informação existente em um QR Code.

Outros incrementos para a Ferramenta de Captura incluem a opção de enfeitar imagens capturadas com emojis, o retorno da função de régua, além da opção de adicionar um efeito de opacidade (transparência) em formas adicionadas à captura, de modo que esses elementos não bloqueiem o conteúdo no fundo.

Emojis na Ferramenta de Captura do Windows 11 (imagem: divulgação/Microsoft)
Emojis na Ferramenta de Captura do Windows 11 (imagem: divulgação/Microsoft)

Uma pequena atualização no Paint

Se outrora o Paint era um editor de imagens demasiadamente simples, hoje ele é uma importante ferramenta nativa do Windows 11, tanto que a Microsoft já testa nele uma função de inteligência artificial (IA).

A companhia decidiu renomear o Cocreator, como a ferramenta de IA do Paint era chamada, para Image Creator (Criador de Imagem, em tradução livre). Faz sentido, pois o novo nome descreve com precisão o objetivo do recurso: gerar automaticamente uma imagem a partir de uma descrição feita pelo usuário.

Image Creator no Paint (imagem: divulgação/Microsoft)
Image Creator no Paint (imagem: divulgação/Microsoft)

Quando chega à versão final do Windows 11?

A nota da Microsoft não informa quando esses recursos serão liberados no Windows 11 para todos os usuários. A minha expectativa é a de que eles sejam disponibilizados até o fim do ano, junto com a atualização 24H2 do sistema operacional.

Antes disso, o Windows 11 deve receber um recurso potencialmente mais útil: compactação nativa de arquivos em TAR e 7z.

Relacionados