Adobe Flash Player

Artigos de Adobe Flash Player

Como ativar o Adobe Flash Player no Firefox

às 14h45 por

Ativar o Flash Player no Firefox é uma ação necessária para alguns sites mais antigos, embora eles estejam se tornando cada vez mais raros. Por padrão, o navegador da Mozilla vai desativar o plugin por padrão a partir da versão 69, mas você pode ativar e desativar manualmente, quando quiser. Como ativar o Java no Firefox

Adobe vai finalmente descontinuar o Shockwave

às 17h26 por

9 de abril de 2019. Essa é a data que a Adobe escolheu para pôr um fim na história do Shockwave Player. A decisão não surpreende: depois da morte iminente do Flash, nada mais natural que o Adobe Shockwave siga pelo mesmo caminho e seja definitivamente substituído por tecnologias mais modernas, como os padrões HTML5 Canvas e WebGL. Mozilla vai desativar Flash por padrão a partir do Firefox 69 Premiere Rush é o novo

Mozilla vai desativar Flash por padrão a partir do Firefox 69

às 17h55 por

O Adobe Flash integra o passado da web e a Mozilla vai fazer a sua parte para garantir que ele fique por lá: a partir do Firefox 69, o plugin do Flash Player vai vir desativado por padrão. Atualmente, o navegador está na versão 64. Firefox tem filtro que evita que conteúdo adulto seja sugerido em nova aba Chrome e Firefox podem deixar de ter suporte ao FTP

Flash ainda é usado em 5% dos sites

às 12h51 por

O Flash Player vai morrer em 2020. E por que não acabar logo com o plugin? Porque ainda há muitas aplicações baseadas no formato, explica a Adobe. De fato, um levantamento da W3Techs mostra que o número de sites com recursos em Flash vem caindo progressivamente, mas ainda é expressivo: 4,9% ainda exigem o plugin. Presumivelmente, a maior parte dessas páginas são antigas ou sim

A Adobe finalmente decidiu que vai matar o Flash

às 13h47 por

Eu nem acredito que estou vivo para noticiar isto: a Adobe anunciou nesta terça-feira (25) que vai descontinuar o plugin do Flash. Oficialmente. Para sempre. Só daqui a três anos, é verdade, mas ainda assim é um grande anúncio. Em uma publicação no blog oficial, a Adobe afirma que padrões abertos, como HTML5, WebGL e WebAssembly, amadureceram ao longo dos últimos anos e passaram a fornecer recursos que surgiram a partir de plugins. “Nós vamos parar de atualizar e distri