Início » Celular » As novidades do Android 4.1 Jelly Bean

As novidades do Android 4.1 Jelly Bean

Testamos a nova versão do Android no Galaxy Nexus.

Lucas Braga Por

Uma das maiores novidades do Google I/O é a nova versão do Android. Dessa vez, o nome do doce é “Jelly Bean”, que uns chamam de jujuba, outros chamam de delicado e eu chamo apenas de bala. A atualização estava prevista para Galaxy Nexus, Nexus S e Motorola Xoom para a metade do mês de julho, mas o arquivo já vazou. Instalei o Jelly Bean no meu Galaxy Nexus e abaixo você confere as principais novidades que a atualização trouxe para o telefone.

Google Now, o assistente virtual

Se tem algum recurso que merece ser destacado nessa atualização é o Google Now. Trata-se de um assistente virtual como a Siri do iOS, mas de forma ainda mais inteligente. Ao contrário das versões anteriores, o reconhecimento de voz agora parte do próprio aparelho, não dependendo dos servidores do Google para decodificar a voz e transformá-la em texto. Com isso, o processo de utilização fica bem mais rápido, principalmente quando o celular está conectado via 3G.

O assistente não depende exclusivamente de ações de voz. Como o Google já tem acesso a praticamente toda sua vida, o assistente aproveita as informações coletadas para exibir dados relevantes ao usuário. Dentre eles, previsão de tempo com maior precisão (mede até o bairro), bilhetes de viagem, locais próximos à você, trânsito local (incluindo estimativas de tempo de chegada do local onde você está até a sua casa), traduções e placar de eventos esportivos.

Google Now liga para estabelecimentos | Clique para ampliar

Todas essas informações são armazenadas no que o Google chama de “cards”, e o acesso é bem simplificado. A tela de bloqueio foi redesenhada, e ao clicar na bolha de desbloqueio, surgem três opções: câmera, Google Now e destravar o celular. Além disso, ao pressionar e segurar o botão “Home” em qualquer parte do sistema surge um atalho para abrir o assistente com facilidade.

Nos recursos de voz, muitas das ações são similares ao Siri, da Apple. É possível marcar compromissos para determinado momento, ativar o despertador, pesquisar definições e traduções de palavras, buscar a previsão de tempo e pontos de interesses próximos, como restaurantes, postos de gasolina e hotéis, bem como ligar rapidamente para algum ponto de interesse disponível no Google Maps.

Achei o assistente muito útil, mas devo ressaltar que os comandos de voz não funcionam em português. Acredito que não deva demorar muito para que o recurso seja implementado, afinal, a busca por voz funciona muito bem. Aliás, ainda não é possível utilizar os comandos de voz se o idioma do celular for diferente do inglês.

Nova barra de notificações e central de compartilhamento

O sistema de notificações do Android que já era ótimo ficou ainda melhor. No Jelly Bean, a barra de notificações foi totalmente redesenhada, com maior destaque para as informações. Elas também se tornaram mais interativas: ao tirar uma screenshot, surge uma notificação com a imagem em tamanho bem grande, podendo compartilhá-la dali mesmo. Ao receber um SMS, a mensagem é exibida e dali é possível responder ou retornar com uma ligação.

Com as notificações dinâmicas, surge um leque de possibilidade com aplicativos. Claro que nem deu tempo dos desenvolvedores se adaptarem para aproveitar o máximo do sistema, mas vejo em um futuro bem próximo que apps se atualizem para aproveitar maiores atividades e prender ainda mais o usuário.

Além disso, a gloriosa central de compartilhamento do Android ganhou uma pequena mudança. Agora, as opções são mostradas em ícones, e não listas, como no Ice Cream Sandwich ou anterior.

Mudanças não tão perceptiveis

Embora o design do sistema não se diferencie muito da versão anterior, o Jelly Bean ganhou inúmeras melhorias por baixo do capô. Uma delas é a atualização incremental de aplicativos: na nova versão do sistema, não é necessário baixar um aplicativo inteiro depois de sua atualização, e sim apenas o que foi modificado. Com isso, quando aquele seu aplicativo de quase 500 MB for atualizado, fique tranquilo que não será necessário baixar tudo de novo. Isso é excelente para quem tem pacotes de dados controlados ou conexão lenta com a internet.

Tem até Emojis no Jelly Bean | Clique para ampliar

Tem até Emojis no Jelly Bean | Clique para ampliar

Ao contrário do que foi anunciado, o Chrome não é o navegador padrão. O navegador antigo continua lá, firme e forte, mas não traz todos os benefícios do Chrome, como sincronização de abas. Para quem ainda deseja ter suporte ao Flash, é uma boa pedida. Quem eleger o Chrome como padrão não precisa fazer muito esforço: basta ir nas informações do aplicativo e desativá-lo. Assim, não surgirá nenhuma caixa de seleção ao abrir um link em algum aplicativo.

O teclado não mudou muito, mas devo dizer que a autocorreção está um pouco mais inteligente. As opções de linguagem ganhou suporte aos famigerados Emojis, que estavam restritos ao iOS até então. O suporte não permite incluir os emojis em caixas de texto, apenas visualizá-los (e em preto e branco).

O Jelly Bean ficou ainda mais fluido que o Ice Cream Sandwich. Nessa nova versão, novos efeitos ao abrir e fechar aplicativos trazem uma sensação mais natural ao mexer no telefone. Até o momento, não tive nenhum problema com relação à compatibilidade de aplicativos.

Tudo ficou muito melhor e mais bonito. Entretanto, ainda é necessário tocar em uma grande ferida do Android, que é a questão de atualização. A adoção ao Ice Cream Sandwich foi bem lenta, mas, como desenvolvedor, posso afirmar que o salto do Gingerbread para o Ice Cream Sandwich foi enorme, e até adaptar todas as adaptações que as fabricantes cismam em manter nos telefones demorou (e demora) muito. Acredito que isso não deve repetir com o Jelly Bean: considero a atualização como algo incremental, e não algo totalmente novo. Adaptar o Jelly Bean a partir do Ice Cream Sandwich será muito mais rápido do que em relação ao Gingerbread.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Joceli Ebres
Atualizei o meu xperia acro s lt26w para a v.4.1.2 porém agora não consigo fazer root de jeito nenhum. Já tentei com o unlockroot/z4root e nada. alguém sabe se é possível rootear o jelly bean?
João Erico Rocha Valença
Simples, não tem atualização pro seu celular, CYANOGENMOD! melhor até que a ROM do NEXUS S
IbereJr
Quando sai a Atualização do JB...Vi uma reportagem dizendo que seria Hoje 29/08/2012.. Sabem se isso é real??????
@justu
Se é nexus (comprado nos EUA) vc receberá automaticamente via OTA..Basta estar ligado numa rede Wifi ir em Configurações < Sobre o telefone < Atualizações de sistema se houver uma mensagem que seu telefone pode ser atualizado atualize.. se não tem que esperar
Marcos
Como faço para instalar o JB no meu nexus?
Lucas Herrera
É mais recente sim, foi lançado pra ser um um middle-end. A Samsung se preocupou com a atualização do original porque esse era high-end. Do S2 lite ninguém sabe se vai ter ou não, os últimos rumores é que vai ter sim.
Leandro Corso
Na verdade o SII lite é o S melhorado. Apenas no Brasil é chamado de SII lite, no exterior é Galaxy S Advanced. Mesmo assim eu comprei e é excelente!!! Agora respondendo a sua pergunta: não, ele não é mais recente que o SII.
@ErickRezende
Instalei o JB e rodou liso. A velocidade aumentou monstruosamente! E até agora, todos os meus aplicativos rodaram suavemente...
Jbma
Eis aí uma diferença fundamental entre um S.O. baseado em software livre, no caso, o GNU/Linux, e os outros. Tenho um Motorola RAZR e já estou usando o ICS 4.0.4, que instalei com as orientações técnicas do sítio GSMFANS. O pessoal do CYANOGEN já anunciou que quem instalou o CM9, o ICS puro, logo poderá atualizar para o CM10, o JB puro. Um amigo meu instalou o CM9 no celular Samsung S dele e, devo adimitir, ficou melhor do que no meu RAZR, com ICS customizado peloa Motorola, mesmo tendo perdido o acesso à tv digital, que só saiu nos modelos vendidos aqui no Brasil. O que digo é: com um pouco de esforço e risco, diga-se, o usuário de um celular com Android topo de linha, ou nem tanto, pode ter o aparelho sempre atualizado.
Luandersonn
Ele é mais recente que o SII?
@daniloficial
finalmente uma notícias no jelly bean q explica tudo q tem no novo sistema operacional do google e não fica falando sobre as metades igual as outras notícias publicadas pelo tecnoblog do jelly bean.
Rafael
O que posso te dizer, Alexandre, é que as customizações são uma maneira que as fabricantes encontraram para diferenciarem-se umas das outras, aproveitando que o Android é um sistema aberto. Isso inclui colocar novos aplicativos ou retirar os fornecidos pela Google. Essas customizações atrapalham sim as atualizações do sistema, afinal cada fabricante tem que colocar sua interface na nova versão e em muitas (muitas) vezes isso não é feito em tempo hábil. O Android puro é bom porque você tem tudo exatamente como a Google implementou e os aparelhos da linha Nexus, que carregam o Android puro, têm atualizações feitas diretamente pela Google, pulando as fabricantes. Talvez outros possam te ajudar melhor, mas acredito que através de root é possível sim, colocar o Android puro no Galaxy S III ou em qualquer outro dispositivo Android.
YanGM
Velho... a rom que vazou foi do Galaxy Nexus e a mesma está 100%! O único problema é aquele aplicativo não rodar.
Elton V. Silva
Acho que vou comprar um Galaxy X e transformá-lo no Nexus no mesmo dia. Ano que vem, claro! Depois que tudo estiver nos conformes.
Elton V. Silva
O Galaxy Nexus brasileiro (Galaxy X) não anda recebendo as atualizações normalmente por causa de algo relacionado ao padrão (yakju, e yakjuvs). Se a sua garantia já acabou ou já está perto de acabar, seria melhor você procurar um tutorial para substituir o yakjuvs, que é o do Galaxy X, para o padrão yakju, que é o do Nexus original. Eu farei isso, se eu tiver coragem.
Exibir mais comentários