Início » Celular » Venue 8, o tablet acessível da Dell

Venue 8, o tablet acessível da Dell

Tablet de 8 polegadas da Dell roda Android e custa cerca de 500 reais no Brasil

Paulo Higa Por
5 anos atrás
Nota Final 7.4

Mais conhecida pelos desktops e notebooks, a Dell começou a vender neste ano seus primeiros tablets da linha Venue no Brasil. O Venue 8 é um tablet intermediário com processador Intel Atom que roda Android e pode ser encontrado nas lojas brasileiras por cerca de 500 reais. Com tela de 8 polegadas e 2 GB de RAM, ele fica posicionado entre o basicão Venue 7 e o topo de linha Venue 11 Pro, movido a Windows.

Passei as últimas semanas brincando com um Venue 8 e neste breve review conto minhas impressões sobre o tablet acessível, mas com hardware de respeito, produzido pela Dell.

Design e tela

O Venue 8 possui um design pouco inspirado: ele não vai impressionar ninguém pela beleza, mas também não fará ninguém torcer o nariz. Com 9,5 mm de espessura e 350 gramas, o tablet está longe de ser fino como alguns concorrentes e parece um pouco pesado, especialmente para quem já teve contato com dispositivos muito leves, como o Xperia Z3 Tablet Compact. No entanto, o peso não é tão alto a ponto de incomodar.

dell-venue-8-lateral

A parte traseira possui um acabamento fosco que passa uma leve sensação de emborrachado. Trata-se de um plástico de boa qualidade que, embora tenha o problema de atrair muitas marcas de dedo, melhora a pegada ao evitar que o tablet fique escorregadio. O logotipo da Dell, que é prateado e fica em baixo relevo, é um detalhe que melhora o aspecto da carcaça.

dell-venue-8-traseira

Não há botões físicos na parte frontal, o que ajuda a economizar espaço e tornar o tablet mais compacto. O Venue 8 não tem bordas tão finas quanto as do G Pad 8.3, mas ainda pode ser segurado com apenas uma mão, se você assim desejar. Como a moldura em volta da tela é relativamente grande, não há motivo para se preocupar com toques acidentais — um problema que acontecia no tablet da LG em algumas ocasiões.

A tela IPS de 8 polegadas tem resolução de 1280x800 pixels. O ângulo de visão é satisfatório; há uma ligeira perda de contraste e variação de cores ao inclinar levemente o aparelho, mas o problema não é tão crônico quanto nos antigos smartphones Xperia. De modo geral, trata-se de uma tela mediana, que possui brilho, contraste e saturação adequados. Com densidade de 188 ppi, no entanto, a sensação de embaçamento com fontes pequenas incomoda aos olhos mais detalhistas.

Software e multimídia

O ponto mais positivo para quem se aborrece com as interferências das fabricantes no Android é que o Venue 8 vem com um Android praticamente sem modificações. A Dell apenas adicionou dois aplicativos, o PocketCloud e o PocketCloud Explore, que são soluções de acesso remoto a máquinas com Windows e OS X. Não há nenhum joguinho de demonstração, nenhum widget desnecessário e nenhuma outra modificação questionável.

dell-venue-8-home

dell-venue-8-apps

dell-venue-8-sobre

Talvez por causa do Android limpo, o desempenho do Venue 8 no dia a dia é muito bom: as animações não engasgam, a abertura dos aplicativos é rápida e as transições de tela são suaves. A sensação de velocidade é maior que a do G Pad 8.3, que possui hardware até superior ao tablet da Dell.

dell-venue-8-altofalante

Como não há aplicativos adicionais da Dell, os reprodutores de mídia são os padrões do Google, Play Filmes e Play Música. O alto-falante, embora não seja duplo para gerar um som estéreo, o que poderia melhorar a qualidade do áudio, é bastante satisfatório: é alto e não distorce, a não ser que o volume esteja no máximo. Ele deve oferecer uma boa experiência ao assistir a filmes e clipes de música.

Câmera

A câmera de 5 MP do Venue 8 faz um trabalho razoável. O sensor consegue manter um nível de detalhes bom dessa faixa de preço. Mesmo em ambientes internos, com luz artificial, a nitidez ainda é boa, já que o pós-processamento não parece ser tão pesado — mas isso vem ao custo de um nível de ruído um pouco acima do que desejamos.

Jpeg

Jpeg

A bronca é que o aplicativo da câmera é simplificado ao extremo: você pode, basicamente, alterar a resolução da imagem, ajustar o balanço de branco e… tirar a foto. Não há opções como HDR ou disparo contínuo. Para a proposta de um tablet acessível com o Venue 8, até que está de bom tamanho, mas poderia ser melhor.

Desempenho e bateria

Com processador dual-core Intel Atom Z2580 de 2,0 GHz e RAM de 2 GB, o desempenho do Venue 8 é melhor que o da maioria dos tablets da mesma faixa de preço. A abertura dos aplicativos é rápida, e a GPU PowerVR SGX 544MP2 consegue manter uma boa taxa de frames nos jogos — mesmo os mais pesados, como Dead Trigger 2, têm ótimo desempenho com os gráficos no médio.

dell-venue-8-bateria

Mas o maior ponto positivo do hardware do Venue 8 certamente é o armazenamento interno: com um pouco de pesquisa, é possível encontrar a versão mais completa, com 32 GB de espaço, por menos de 500 reais nas lojas brasileiras. Num mercado em que até um aparelho caríssimo como o Galaxy Tab S chega só com 16 GB de memória, esta é uma grande vantagem. Se nem os 32 GB forem suficientes, há espaço para um microSD.

A bateria de 4.100 mAh também não decepciona. Durante essas semanas em que usei o Venue 8, acessei redes sociais, sites em geral e vídeos por cerca de duas horas diárias. A autonomia variou entre três a quatro dias, o que é uma boa marca. O gasto de bateria em standby, um problema recorrente que encontro em tablets Android, é quase zero no Venue 8.

Conclusão

dell-venue-8-mao

Quando o Venue 8 foi lançado no Brasil, em meados de março, o preço sugerido era de R$ 999. Alguns meses se passaram e o tablet da Dell passou a ser uma figurinha frequente em promoções de lojas. Hoje, o varejo em geral vende a versão de 32 GB com Wi-Fi por preços que variam entre R$ 470 e R$ 550. Só o modelo com 3G, vendido no site da Dell por R$ 998, não é tão interessante.

Por esses valores, o Venue 8 é mais barato que uma das melhores relações custo-benefício entre os tablets Android, o G Pad 8.3. Ao economizar dinheiro, você perderá o acabamento sofisticado e a tela incrível do tablet da LG — mas continuará com um desempenho bacana e uma bateria tão boa quanto (ou até melhor), além do dobro de espaço interno, sem necessidade de instalar um cartão de memória.

Com hardware bom, autonomia satisfatória, Android praticamente sem modificações e um preço honesto, o Venue 8 é um tablet acessível e com ótima relação custo-benefício.

PRÓS

  • Armazenamento interno de sobra.
  • Boa duração de bateria.
  • Bom desempenho no dia a dia.

CONTRAS

  • Corpo espesso e pesado em relação aos concorrentes.
  • Software da câmera muito simplificado.
  • Tela com qualidade apenas satisfatória; a definição é baixa.
Nota Final 7.4

Especificações técnicas

  • Bateria: 4.100 mAh.
  • Câmera: 5 MP (traseira) e 2 MP (frontal).
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11n, GPS, Bluetooth 4.0 e USB 2.0 (3G em alguns modelos).
  • Dimensões: 212 x 130 x 9,5 mm.
  • GPU: PowerVR SGX 544MP2.
  • Memória externa: suporte a cartão microSD de até 32 GB.
  • Memória interna: 16 GB ou 32 GB.
  • Memória RAM: 2 GB.
  • Peso: 350 gramas.
  • Plataforma: Android 4.4.2 KitKat.
  • Processador: dual-core Intel Atom Z2580 de 2,0 GHz.
  • Tela: IPS LCD de 8 polegadas com resolução de 1280x800 pixels.
Mais sobre: ,