Início » Telecomunicações » Operadoras de telefonia celular não cumpriram meta de qualidade da Anatel

Operadoras de telefonia celular não cumpriram meta de qualidade da Anatel

Por
4 anos atrás

As operadoras parecem não ter aprendido a lição: três anos após a proibição na venda de novos chips, uma publicação da Anatel no Diário Oficial da União estabelece prazos para que Algar/CTBC, Claro, Nextel, Oi, Sercomtel, TIM e Vivo apresentem melhora na qualidade de suas redes.

De acordo com a Anatel, o cumprimento dos indicadores de qualidade – acesso e queda das redes de voz e dados – foi de 69,4% pela Algar, 93,1% pela Claro, 86,1% pela TIM, 83,5% pela Vivo, 78,1% pela Oi e 37,5% pela Sercomtel. Por ter operação recente no Serviço Móvel Pessoal, as medições da Nextel não constam nos dados divulgados pela agência, embora a determinação sobre melhorias contemple a operadora da mesma forma. A exigência é de 85% para acesso a voz e dados e queda máxima de 5%.

Anatel

O prazo para as operadoras cumprirem as metas é de seis meses para municípios onde há apenas uma operadora, nove meses onde há apenas duas operadoras e 15 meses para as cidades restantes. Isso parece eficaz já que prioriza as cidades onde há pouca ou nenhuma concorrência, lugares onde consumidor não tem outra opção de telefonia móvel.

As exigências não param por aí: as operadoras deverão divulgar via SMS para seus clientes o Serviço Móvel, ranking de qualidade da Anatel que permite  verificar o índice de acesso e queda por empresa para cada cidade, localização de antenas e tecnologias de operação (2G/3G/4G). Os dados também são acessíveis em aplicativo para smartphone.

De 2012 a 2014, houve um investimento de 33 bilhões nas redes móveis, segundo as operadoras. A Anatel reconhece que houve o cumprimento parcial dos compromissos assumidos no plano de melhoria apresentado há 3 anos e determinou a instauração de Procedimentos de Apuração de Descumprimento de Obrigações, que podem resultar em penalidades para as prestadoras.

Mais sobre: , , , , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.