Durante a Futurecom, a TIM tomou a liderança de cobertura 4G da Vivo e prometeu fechar o ano de 2015 com pelo menos 400 municípios utilizando a nova tecnologia. Parece que tudo deu certo: a operadora anunciou que sua rede 4G está disponível em 411 cidades brasileiras, alcançando 59% de toda a população urbana do país.

tim-logotipo-marca

Foi uma longa caminhada para isso: somente em 2015, a operadora implementou rede 4G em 366 novas cidades. Até pouco tempo, a Vivo mantinha liderança e a Claro ficava em segundo lugar, enquanto a TIM aparecia discretamente com pouco mais de 45 municípios cobertos. Após atingir a meta, a TIM prometeu dobrar a meta (ou mais do que isso): a cobertura 4G deve chegar a 1.000 cidades ao longo do ano.

A operadora se orgulha em dizer que 65% dos sites 4G são conectados via fibra ótica, o que garante melhor qualidade para escoamento de tráfego de dados e deixa mais fácil a implementação de uma futura rede 5G. Um dos grandes motivos para a expansão tão rápida da rede LTE é o aproveitamento da faixa de 1.800 MHz, utilizada anteriormente para redes 2G. Por se tratar de uma frequência menor do que os habituais 2.600 MHz, não há necessidade de tantas estações rádio-base como no principal padrão adotado pelo Brasil.

Atualmente, a Claro segue em segundo lugar na cobertura 4G com 187 municípios, enquanto Vivo cobre 183 e a Oi 147. A cobertura 3G da TIM também cresceu consideravelmente no ano de 2015: foram 503 novos municípios, fechando a marca de 1839 cidades cobertas com tecnologia HSPA. Ainda assim, a operadora fica atrás de Vivo (3.524 municípios) e Claro (2.262 municípios).

Se cuida, concorrência.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodrigo Pochmann

Moro no interior de SP e aqui a vivo é a melhor cobertura. Viajo muito pro sul de MG e tem cidades como inconfidentes que a TIM não tem nem sinal de 2 G, A tim pode até ter cobertura 4 G em mais municipios mas dispara melhor cobertura no geral entre 2, 3 e 4 G ainda é vivo. Pena ser muito cara

Rodrigo Pochmann
Moro no interior de SP e aqui a vivo é a melhor cobertura. Viajo muito pro sul de MG e tem cidades como inconfidentes que a TIM não tem nem sinal de 2 G, A tim pode até ter cobertura 4 G em mais municipios mas dispara melhor cobertura no geral entre 2, 3 e 4 G ainda é vivo. Pena ser muito cara
Erick

4G da TIM chegou em Anápolis, Londrina e Maringá!

Charles Gamboa
Fico é só "bravo" com a TIM pois o 3G dela não chega sequer próximo ao da Vivo mas, noto que a operadora está investindo muito também no 3G. Não gosto da Vivo, pelos preços absurdos e pelo seu atendimento, estou super satisfeito com a TIM e acho ótimo esse investimento. E aos que reclamam do 3G (como eu), o legal é que no futuro próximo ela será no 4G o que a Vivo é hoje no 3G. E outra, esse compartilhamento 2G/4G é ótimo pois o sinal chega mais longe. Por exemplo, na cidade de Barra do Piraí-RJ, aqui na região, a Vivo possui o 4G em 2600 MHz e a TIM em 1800 MHz, em ambientes internos, o meu 4G na TIM fica com um sinal perfeito e o da Vivo cai muito, fiz o teste junto com uma amiga, que tem o mesmo celular que o meu, iPhone 5s, ela é cliente Vivo. Acabei de olhar o site Portas Abertas e dei uma olhada na região de Nova Friburgo-RJ, e na região de Goiás-GO, que foram citadas nos comentários.Na primeira região, há previsão de implantação de mais antenas 3G e 4G e já na segunda região, inclusive como no estado de GO em geral, não há previsão de implantação de 3G nem sequer 4G. Na região de Nova Friburgo, RJ, eu sei que a Vivo possui a maior quantidade de clientes, não só em Nova Friburgo, como na parte Norte toda do Estado do Rio. Já que aqui no Sul do Estado, inclusive na capital fluminense, a TIM e a Claro dominam. Acho super legal a TIM investir no Norte do Estado no 4G e no 3G. No geral, no estado do Rio, a TIM chega a quase 50% da cobertura 4G dos municípios, contra 20% da segunda. Arrisco a dizer que, se continuar nesse ritmo, até o fim de 2016, cobrirá 100% do estado!
Charles Gamboa
Moro num município que tem 8 Mil habitantes, Rio das Flores-RJ, no meu bairro, que é colado na cidade de Valença ( 80 mil habitantes), a TIM instalou uma torre compartilhando 2G e 4G. Estou recebendo ÓTIMAS velocidades no 4G ( até 30 MB). Em Rio das Flores-RJ, só a Vivo possui 3G, a TIM foi direto pro 4G no meu bairro e vai implantar o 4G também na antena 1, na sede do município. Aliás, em várias cidades aqui do Sul Fluminense, a TIM está instalando antenas compartilhando 2G e 4G, e inclusive nas estradas principais, como Via Dutra, BR 040 e BR 393, ou seja, MUITO MELHOR que a Vivo. Eu sou cliente TIM há 6 anos e da Claro eu era há 8 anos, mês passado parei de utilizar a Claro e fiquei só na TIM
Meninão Bobo
Bom isso é muito relativo, nenhuma é 100%, realmente a uns 2 anos a TIM estava com problemas sérios em SP, voz estava horrivel, mas agora esta boa. No interior de SP a vivo tem a maior cobertura, mas o pessoal reclama muito da internet, ja a TIM eu não tenho esse problema com a internet, mas no sitio não tem sinal...
Meninão Bobo
Aqui funciona muito bem 4G, estou em São Paulo capital, mas no litoral sul, Guaruja o 4g funciona bem tambem, testei em sorocaba e digo o mesmo... No meio da floresta amazonica não vai funcionar mesmo...
Wellington Gabriel de Borba
Depende da região do país, pois tem lugares que ela tem banda D apenas, outras tem sub-faixas de frequência e não sei quanto do que ela utiliza no LTE, só sei que usa 1800 Mhz.
Porto Velho

Até o final do ano elas devem cobrir todas as cidades com mais de 100 mil habitantes. Porém a Tim deve cobrir alem disso. Não existem mais de 1000 cidades com essa população.

Emanuel Schott
Até o final do ano elas devem cobrir todas as cidades com mais de 100 mil habitantes. Porém a Tim deve cobrir alem disso. Não existem mais de 1000 cidades com essa população.
Porto Velho

Você sabe dizer qual a largura de frequência que a Tim possui em 1800mhz?

Emanuel Schott
Você sabe dizer qual a largura de frequência que a Tim possui em 1800mhz?
Wellington Gabriel de Borba
Sim e não. Qualquer operadora pode ter uma rede LTE oferecendo esses teóricos 300 Mbps ao cliente, porém ela precisa ter espectro disponível, caso contrário a quantidade de usuários conectados em uma mesma estação de rádio base cai, precisando de novas torres/celulas em uma mesma área. No entanto, o que é comum as operadoras fazer é reduzir a velocidade final dos usuários para que existam mais na mesma ERB.
Porto Velho

No Portas Abertas diz que na minha casa há uma sombra no 3G e por aqui funciona a todo vapor. Aquela cobertura descrita no é meio que nivelada por baixo.

Emanuel Schott
No Portas Abertas diz que na minha casa há uma sombra no 3G e por aqui funciona a todo vapor. Aquela cobertura descrita no é meio que nivelada por baixo.
Exibir mais comentários