Início » Mobile » O que esperar dos smartphones da Nokia com Android

O que esperar dos smartphones da Nokia com Android

Por
50 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A Nokia confirmou sua volta ao mercado de smartphones em 2017. Os celulares, que vão rodar Android, serão produzidos por outra empresa, também finlandesa: a HMD Global, que comprou os direitos da icônica marca por 10 anos. Os detalhes dos aparelhos que serão lançados continuam em segredo, mas uma entrevista com os executivos da HMD Global acaba de nos dar mais algumas pistas.

A entrevista foi publicada na segunda-feira (5) pelo indiano The Economic Times. O CEO Arto Nummela reforçou que a marca Nokia estará presente no mundo inteiro, diferente do que aconteceu com o tablet N1, produzido pela Foxconn, que ficou restrito a poucos mercados, como China e Rússia. O executivo diz que a ideia é tornar a Nokia um player global logo no início das operações.

Eu sei que você queria um N95 nos bons tempos da Nokia

Eu sei que você queria um N95 nos bons tempos da Nokia

Ele cita a Índia como um dos principais mercados, o que é uma boa notícia para quem espera pela marca no Brasil — em ambos os países, a Nokia era uma potência no mercado de celulares. Isso não era verdade nos Estados Unidos, por exemplo, onde os finlandeses nunca tiveram muito sucesso: eles tinham dificuldade em competir com Motorola, LG e Samsung, donas de fatias de mercado bem maiores, mesmo na era dos celulares simples.

Os aparelhos serão produzidos na Foxconn, já que as fábricas de celulares da Nokia foram vendidas pela Microsoft — o que inclui a antiga linha de produção em Manaus (AM). Eles contam com a presença da Foxconn no mundo inteiro, inclusive no Brasil, para expandir a marca Nokia globalmente. A HMD Global pretende investir mais de US$ 500 milhões em três anos ao redor do mundo.

Os smartphones deverão atender a uma ampla faixa de preços, porque a marca Nokia “não exclui nenhum segmento de consumo e não possui um selo elitista”, segundo Nummela. E o foco não será em números impressionantes de hardware: “Nós seremos extremamente competitivos em termos de especificações e preço, mas não pretendemos destacar os megapixels ou GHz”. Quanto ao design, “as pessoas imediatamente o reconhecerão como sendo Nokia”, diz o executivo.

Lumia 920: um dos últimos smartphones desenvolvidos pela Nokia

Lumia 920: um dos últimos smartphones desenvolvidos pela Nokia

A HMD Global, embora esteja apenas licenciando a marca Nokia e não seja a Nokia em sua plena forma, é comandada por veteranos da empresa finlandesa de celulares. O CEO Arto Nummela chefiava a divisão de dispositivos móveis da Microsoft na Ásia, Oriente Médio e África, enquanto o presidente Florian Seiche cuidava de vendas e marketing da Microsoft Mobile na Europa.

Mas, mesmo com toda essa positividade dos executivos, eu não espero que a HMD Global apresente o mesmo ritmo de inovações da Nokia nos anos 2000. A nova dona da marca começa com um tamanho bem menor, sem todo o poder de pesquisa e desenvolvimento da Nokia, que chegava a criar seus próprios chipsets e módulos de câmera. Além disso, a concorrência é extremamente complicada: apenas Apple e Samsung realmente conseguem lucrar com smartphones, e eu tenho dúvidas se a Nokia terá fôlego para sangrar bastante dinheiro antes de conquistar espaço.

Ainda existe espaço para a Nokia em 2017?

Mais sobre: , , ,
  • Não deve chegar nem perto da relevância que já teve, pelos vários motivos citados. Uma pena, tinha um carinho pela empresa.

    Uma pena que a Microsoft tenha escolhido justo a Nokia para fornecer hardware para os seus aparelhos, a Nokia tinha um portifólio impressionante de invenciones, algumas realmente surpreendentes como a câmera PureView e o MeeGo. Pelo fim que teve, poderiam ter adquirido a divisão de smartphones da LG que daria na mesma.

    Existe o argumento que “daria errado de qualquer jeito” a Nokia em seu vôo solo, o que é bem provável, mas não muda o fato que continuariam investindo em novidades que eventualmente seriam incorporados pelos concorrentes. O N9 era impressionante, tinha uma abordagem cheia de novidades e era um sistema bem competente na época (Android 2.x era bem precário), mas foi morto de cara pela Microsoft.

    • Ronaldo

      Nunca diga nunca, mas realmente deve ser dificil.
      Porém, é dificil para todo mundo, não só para Nokia.

  • Vanderlei Gomes Fotografia

    Foto nostálgica N95 foi o melhor e a marca afundou com a desgraça do N97.

    • Emanuel

      Eu queria muito um N8 na época

      • Gustavo

        Eu tenho. N8 completo, operacional, com fone bluetooth e fones normais com controle e câmera com duplo xénon .e na caixa ainda, e com carregadores originais e cabos

        • Emanuel

          Caramba, esse aparelho é lindo

          • Gustavo

            Tenho perfeito. Tudinho original. Interessa?

          • Emanuel

            Infelizmente não tenho dinheiro nenhum pra pagar nele. Final de ano chegou junto das dívidas… :/

          • Gustavo

            Podemos negociar uma troca,..o que teria?

    • Igor

      N97 é aquele que aparecia no clipe do Black Eyed Peas?

    • Meu sonho era o N82… Juntava tudo de bom que a Nokia tinha… E ele era bonitão… =/

      • Henrique Ferreira Lima

        Eu ainda tenho o N82. Todos os recursos do N95 no formato barra e com flash Xenon

        • Rodrigo Fernandes

          Em 2010, adquiri o N70 e foi o tipo de aparelho que desejava ter na época…

    • João

      Eu tinha um N900, gostava muito dele <3

      • Andrey Vera Cruz

        Eu tinha um N800, cara eu amava aquela coisinha lerda

  • Fábio Moser

    Isso aí já era. Esqueçam.

  • Adalio Siqueira

    Se lançarem algo parecido com o N8, eu compro.

  • Ricardo – Vaz Lobo

    Sei lá, achar que a Nova Nokia será tão boa quanto a antiga é como ligar a tevê na hora do almoço achando que vai assistir “Globo Cor Especial”, e ver SuperAmigos e Abott & Costelo…

  • Maxnoob

    Elá só será uma ótima concorrente se:
    – Fizer um aparelho com ótima qualidade de construção (como antigamente)
    – Manter seu software sempre atualizado até onde foi viavel
    – Ter um aparelho que possa suprir as necessidades de uso do consumidor (não me venha com 2gb de ram e 16gb interno)
    – Colocar um preço justo nos seus aparelhos
    – Fizer uma ótima campanha de marketing. Não basta ter nome consolidado

    • – Concordo com a construção
      – Impossível a organização do software escolhendo Android
      – Não interessa RAM/CPU, tem que ser rápido, útil e funcional.
      – Tenho certeza que vai ter, vai sacrificar o lucro pra ganhar mercado certo.
      – Tenho certeza que vai ter, vai sacrificar o lucro pra investir em Mkt

      Se for bem acabado, uma arquitetura de hardware bem modelada e um preço competitivo, o cliente será a melhor propaganda. E intensificar propaganda criativa. Tem tudo pra ter sucesso. O problema mesmo é o Android, que traz na carona um monte de lambança que pode fazer ela virar one more in a million e some igual dezenas em poucos anos novamente.

      • Maxnoob

        O problema não é o Android. O problema é a falta de tempo e dinheiro.
        Qual outro S.O móvel que possui uma loja com grande quantidade de aplicativos?
        Se eles forem investir em um S.O novo, ficam sem grana e tempo para o resto.
        Se eles investirem num S.O existente eles vão ter que investir mais em marketing, sem falar em convencer os desenvolvedores a criarem na tal plataforma.
        Windows Phone tá aí pra servir de exemplo

        • Rick

          O Android em si é atualizado anualmente, as fabricantes não acompanham por que não querem abrir mão do lucro fazendo o cliente comprar outros produtos da marca com proposta de atualizações por mais tempo, e com whatsapp é outros aplicativos que serão bloqueados nos sistemas antigos o lucro será maior. A Motorola e a Sony por exemplo conseguem atualizar os aparelhos mais rapidamente. Acredito que a fragmentação ajudou o Android a se tornar o mais usado. Mas hoje é algo mais controlado, as fabricantes com exceção da LG, estão mais preocupadas com atualizações. Já em relação ao hardware e software a Nokia poderia apostar na relação que teve com os Lumias interação boa entre So e hardware mesmo básico. Em relação ao preço se vier com preços altos é tiro no pé.

    • Raposão do Ártico

      Nokia não vai fazer nada, só vai licenciar o nome.

      quem irá atualizar o software é a HMD

      • Maxnoob

        Sério capitão?

      • Ronaldo

        Caralho, sério Maluco ?

        Se voce não tivesse avisado…

        • Raposão do Ártico

          Elá só será uma ótima concorrente se:
          – Manter seu software sempre atualizado até onde foi viavel

          é que você é analfabeto funcional e não consegue ter um raciocínio linear

          • Ronaldo

            Sério ? Obrigado de novo por avisar Pós Doc em raciocinio tridimensional exoterico logosofico.

      • Sério!? Como vc conseguiu essa informação privilegiada?

  • Andre

    Se livrando de vez do Windows Phone já é um avanço, mas vai demorar pra limpar a imagem.

    • Douglas Siqueira

      Desculpe mas ela não precisa limpar a imagem de nada, não vejo ninguém que comprou um Lumia reclamando do aparelho, no máximo reclama da Microsoft, a Nokia sempre foi muito elogiada com seus aparelhos independente do sistema por ela adotado.

      • Verdade. Nunca vi ninguém reclamando dos aparelhos, só do sistema.

        • Andrey Vera Cruz

          Exato, os aparelhos tem ótima construção, ao segurar um temos aquela sensação de robustez, mas o WP é uma porcaria, se a nokia não tivesse sido vendida e continuasse usando o finado meego, hoje a história seria diferente

      • Emanuel

        Tenho aqui em casa um lumia 520 com minha mãe e o único problema é o windows 8.1 horroroso :/

        • Verdade. A câmera ainda dá um pau em muitos smart da faixa.

          • Emanuel

            Surpreendentemente boa. Eu não colocava muita fé principalmente em ambientes escuros mas ela me surpreendeu.

    • Breno

      Como assim se livrando do Windows Phone? Já sei que você compartilha da opinião do Higa.

    • A Nokia foi vendida para a Microsoft num baita acordão com o Stephen Elop (CEO da Nokia na época) que incutiu na cabeça dos acionistas que a Microsoft era o único caminho num momento em que eles não queriam ser vistos como mais um fabricante de Androids. Eles até fizeram uma experiência Android com o Nokia X (que vc ainda encontra em lojas locais) mas não deu certo pois fuçaram tanto no core do Android que tudo ficou estranho e as pessoas não aceitaram, ainda mais por não ter os serviços google. Acho que a imagem da Nokia continua super boa. Foi possível entender que quem matou os Lumias foram as decisões da Microsoft com o software e não o hardware que até hoje continua sendo visto como muito bom por todos os usuários do windows phone.

  • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    que saudade do n95

  • Mickael Fernandes

    Ainda bem que ainda tenho meu N95… deixo meu pai usar, ainda está funcionando diariamente! Também tenho o N97, mas encostei por outros aparelhos.

  • Renan Maia Fernandes

    Tenho esperança nessa nova Nokia, ela poderia ser um bom player no mercado se vier com smartphones equilibrados em hardware, boa qualidade de construção e software sem muitas modificações ou com personalização que se justifique, assim como a OnePlus faz, pena que essa não se expande mundialmente e a marca ainda não tem o nome e impacto que a Nokia tem.

  • Carlin

    A ideia parece ser interessante, embora a forma como a mesma vai chegar no mercado é que torna tudo um pouco conturbado e incerto, se eles não fizerem uso do hype que a Nokia tinha em relação a suas câmeras, podemos esperar uma certa insatisfação por parte de quem é fã/reconhece a qualidade da mesma neste seguimento. (Embora não possa oferecer uma real experiencia de câmera “a la” Nokia, por não possuir laboratórios de pesquisas e nem mesmo a estrutura da mesma, mais como a primeira impressão é a que fica, então…) Acho que vão seguir o modelo Motorola/Google (até certo ponto) pra chegar no mercado, TALVEZ POSSAMOS TER O NOVO MOTO G, nos moldes da primeira geração custo X beneficio… 🙂

    QUE POSSAMOS SER SURPREENDIDOS NÉ MESMO?

    • Eduardo Schicovski

      Sobre as câmeras, a tecnologia pureview ainda ta nas mão da Microsoft, não sei se a nokia poderia se reinventar nesse quesito, mas as câmeras da nokia realmente eram incomparáveis

    • Rick

      A equipe dos tempos áureos da Nokia está na HMD, acredito que pode ter algumas atualizações bacanas de recursos já existentes, mas não aposto em uma grande invenção. Acredito também que os aparelhos chineses serão influência para a Nokia por que são de qualidade e mantém o custo benefício. Agora não sei se a Microsoft tinha planos de comprar a LG, mas ainda bem que isso não aconteceu. Pois ela ditou regras desde o G3 (tela QuadHD e auto foco rápido), os dois toques para acordar a tela, knock code, o G5 foi uma mancha para a empresa mais introduziu as duas câmeras traseiras, o V10 introduziu as duas cameras frontais e a excelente tela secundária, já o V20 é um senhor celular o melhor do ano, fonte de inspiração.

      • Augusto Santana

        Dois toques pra acordar a tela.. eu fazia isso em telefones nokia com Symbian.

        • Rick

          Não sabia dessa função nos Nokias, pq ela se popularizou nos aparelhos da LG.

          • Franciane Peramos

            Meu Nokia com Symbian num preço intermediário em 2011 já vinha com tela amoled e gorilla glass… pena que ele morreu há 2 meses… :o(

      • AnumPreto

        kkkkk. LG é a senhora dos flops e desde o G3 cretino vendido em terra brasilis!

  • Marcus Araújo

    Uma pena que uma marca tão boa tenha morrido graças a um sistema tão ruim quanto o Windows Phone. Gosto dos produtos da MS, mas definitivamente não dou mais um centavo de crédito para a área mobile da companhia. Não há o mínimo de respeito pelo consumidor, o sistema é muito limitado e bugado. Anos-luz atrás do Android e iOS.

    Dei um crédito antes e tive um Lumia. Duas felicidades: quando chegou o aparelho pelos Correios e quando voltei para o Android.

    Sobre a nova Nokia: torço, mas não espero me surpreender.

  • Victor Serrão

    Existe um nicho que está sendo abandonado, que é o do Moto G original: um aparelho na medida certa, com preço honesto, qualidade construtiva, rodando Android puro e sendo atualizado de forma decente. Se a Nokia não inventar de usar soluções proprietárias em apps e launcher, e se se comprometer com as atualizações do Android, pode conquistar um espaço considerável no mundo Android.

    Se partir pra um fork do Android como no Nokia X, no entanto, não vai dar nem pra saída.

    • Tori

      Nokia irá adotar o Z Launcher com o Android Vanilla, o mesmo que fez com o N1.

  • Gaba

    Porque a galera ainda fala “a nokia isso, a nokia aquilo”? Estamos CARECAS de saber que a marca Nokia só será usada por outra empresa… não adianta ficar esperando por um milagre e por produtos similares aos da Nokia de antigamente… tirem seus cavalinhos da chuva…

  • Laerte Victor

    verdadeiro sonho de consumo o N97, nossa

  • Leandro Nascimento

    A Nokia era um ícone, com os mapas, câmeras, design, fábricas próprias ao redor do mundo… o centro de pesquisas e desenvolvimento deles deveria ser gigantesco, a nivel de Apple. AI vem a Microsoft, compra e fecha tudo. Nokia virou uma verdadeira lenda, e espero que ela seja revivida com todo o esplendor!

  • Markos Moreirah

    Quando bati o olho,lembrei do Will do Loop hahahah

  • Vinícius Santos

    Só vejo os pensamentos negativos, foi a mesma coisa com o WP e calou a boca de todos, após a Microsoft assumir de vez ai cagou tudo, já to vendo o sucesso desses novos aparelhos, ansioso e já quero o meu, Nokia sempre foi fodona nas câmeras, qualidade, design e bateria.

    • Antony

      “foi a mesma coisa com o WP e calou a boca de todos”
      Realmente, todos calados, não se ouve nem se fala mais em Windows Phone.

  • PinPortal ✔️

    Só digo uma coisa: quanto mais concorrência, melhor.
    Seja Nokia, Alcatel ou até uma chinesa que ninguém ouviu falar. Hoje temos X empresas vendendo no Brasil, ano que vem (assim espero) teremos X+1, com a Nokia/HMD.

    Agora eu não serei a cobaia, esperarei o povo comprar, ouvirei críticas.
    Para mim é como quando a Xiaomi chegou por aqui. Os ansiosos logo correram para comprar e eu lembro de ter dito para mim mesmo ¨Melhor esperar um ano, para ver o quê vai ser¨.
    Não deu outra, a empresa foi embora, não prosperou.

    Por isso, no caso da Nokia/HMD, uma operação global exige MUITO dinheiro com logística. A Foxconn vai fabricar, mas tem todo o resto, como toda a logística, suporte pós-venda, etc para manter um negócio funcionando e isso em escala global exige muito dinheiro e provavelmente eles cometerão muitos erros, pois cada mercado tem suas particularidades, muitas vezes bem específicas.

    Vamos esperar, porém torço que dê certo.

  • Emerson Ângelo

    O que esperar da “Nokia”?

  • O N9 foi (e continua sendo) um dos meus sonhos de consumo, ah como eu queria que ele tivesse dado certo…