Início » Negócios » Yahoo e Mozilla estão brigando sobre o buscador padrão do Firefox

Yahoo e Mozilla estão brigando sobre o buscador padrão do Firefox

Por
06/12/2017 às 14h37
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Estamos presenciando uma forte animosidade entre grandes empresas de tecnologia. É Apple vs. Qualcomm para cá, Google vs. Amazon para lá, e agora temos uma disputa jurídica entre Mozilla e Yahoo.

O Yahoo abriu um processo contra a Mozilla em 1º de dezembro, alegando que um acordo entre as duas empresas foi encerrado indevidamente. Nesta terça-feira (5), a criadora do Firefox entrou com outro processo, desta vez por quebra de contrato.

Foto por Michele Ursino/Flickr

É assim: em 2014, o Yahoo concordou em fazer pagamentos anuais para a Mozilla colocar seu buscador como padrão no Firefox. Isso valia apenas para alguns países, como Estados Unidos, Canadá, Hong Kong e Taiwan — o navegador continuava usando o Google no Brasil, por exemplo.

O contrato permitia que a Mozilla desistisse desse acordo, e ainda recebesse US$ 375 milhões por ano até 2019, se não concordasse com um possível comprador futuro do Yahoo. Foi uma cláusula colocada pela então CEO Marissa Mayer.

Então, em 2016, a operadora americana Verizon comprou o Yahoo. Ela juntou a empresa à AOL — adquirida um ano antes — para formar a Oath. A Mozilla claramente não gostou desse negócio, e desistiu de seu acordo com o Yahoo; o Firefox Quantum voltou a usar o Google como buscador padrão.

Aqui entra a disputa judicial. O Yahoo não quer mais pagar os US$ 375 milhões anuais, dizendo que o contrato não reflete sua situação atual. Enquanto isso, a Mozilla diz ter direito a esse dinheiro — que corresponde a 90% de sua receita.

Em comunicado, a Mozilla diz que rescindiu o contrato com o Yahoo “baseada em uma série de fatores, incluindo fazer o melhor para nossa marca, nosso esforço para fornecer buscas de qualidade na web, e a experiência de conteúdo para nossos usuários”. Segundo ela, “ficou claro que continuar a usar o Yahoo como nosso buscador padrão teria um impacto negativo em todos esses itens”.

E assim começa a briga Yahoo vs. Mozilla.

Com informações: Engadget, TechCrunch.

Mais sobre: , , ,
  • Jonas S. Marques

    Assinou paga, é bem simples.

    • Marsupial radical

      Um canetaço vale mais que mil palavras.

      XD

  • Caramba! As disputas polarizadas estão chegando até à tecnologia!…
    Se bem que já vimos isso com fanboys de Linux, Apple, Windows, Android,…
    Mas, enfim, que clima ruim!

  • Renan

    “O contrato que assinamos não reflete nossa situação atual”

    Azar o seu. Contrato é feito para garantir segurança apesar de mudanças na “situação atual”.

    • Vou usar essa frase com as empresas que to devendo.

      • Marco Antonio

        As os bancos estariam quebrados kkkkkk ia comprar um carro.

        • vin

          Alô, é do banco? Chegou uma conta aqui que não reflete minha situação atual, então não vou pagar.

      • Rodrigo

        Disqus! Cadê o botão de reações???

  • Anayran Pinheiro

    Yahoo faz contrato ruim e quer rever na justiça o próprio contrato que lavrou?

    É cada uma que vemos hein…

  • John Smith

    O Yahoo ainda é uma “grande empresa de tecnologia”?
    Lá pelos anos 2000 eu até usava seus serviços, no auge das conexões discadas.
    Hoje, depois de tantos vazamentos, já exclui minha conta e pra mim é uma empresa com um pé na cova (se não os dois).

    Agora, assinou o contrato, tem que pagar. Paciência.

  • Ricardo – Vaz Lobo

    Em casa que tem pouco pão…

  • Yahoo é grande? Hehe.

  • Daniel R. Pinheiro
    • Paul

      MDS… já sabia de tudo isso aí(virou piada no meio tech). Imagina que prejuízo a MS ia ter comprando isso por 40 bi? Kkkkk

      • Marco Antonio

        Ou teria feito dar dinheiro né.

        • Felipe Ventura

          Acho que não, hein. A Microsoft pagou US$ 6 bilhões pela empresa de publicidade aQuantive, para competir com o Google, e teve que fazer um ajuste contábil de US$ 6,2 bi depois que a estratégia deu errado.

          Mesma coisa com a divisão móvel da Nokia: a Microsoft pagou US$ 7,2 bi e, anos depois, teve que fazer um ajuste contábil de US$ 7,5 bi.

          • Guaip

            Difícil dizer. Daquela época em diante o povo tinha mais interesse é na base de usuários do Yahoo (em 2016, 1bi de usuários ativos, fazendo sabe-se lá o que).
            Podia sim ser um tiro no pé da MS, mas se eles trocassem todas contas do Yahoo! Mail por Outlook, e dessem um jeito de fazer parte desse povo pagar por algum serviço (como o Office 360), ou mesmo apenas consumir anúncios, talvez o negócio tivesse valido a pena, vai saber…

      • Corvo

        MS se livrou de uma bomba.

  • Raphael

    Não dá vergonha não Yahoo?

    Eu fico impressionado de uma empresa desse tamanho ter essa cara de pau. “Não reflete minha situação atual” devia virar meme do mês.

  • Leon

    Yahoo sua caloteira, paga nois, digo, a Mozilla. 😛

  • Posso ter críticas ao estágio atual do Firefox, mas sem dúvida a Mozilla é de longe a mais ética e transparente empresa da internet.

    Teve o azar de fazer contrato com a pior de todas.

    • Guaip

      Azar? 375 mi por ano, com um contrato que garante cancelar e ainda continuar recebendo? E tudo isso apenas para definir um buscador padrão que qualquer um troca se quiser?

      Foi o negócio do século. Melhor que isso, só quem investiu em bitcoin lá atrás e esperou para vender tudo semana passada.

  • Sammy

    Não sei se a mina lá do “amo gmail” já estava a frente na época desse contrato, mas uma coisa te digo, é cada amador que passou por essa empresa, e agora quer vim chorar no judicial haha é uma piada.

  • Molinex

    Ridiculo… Yahoo acabou, virou piada…

  • raphaela1

    Mas para o Google a Mozilla faz de graça? E se nenhum buscador concordar em pagar?

    • Vitor Hugo

      1 – acho que é meio que uma unanimidade que o motor de busca da Google é melhor (e o mais conhecido, o que as pessoas estão mais adaptadas/acostumadas).
      2 – pelo que sei, a Google paga (ou pagava?) sim à Mozilla.
      3 – o Yahoo se comprometeu. É um contrato. Tem que pagar.

    • Tiago Celestino

      A Google paga, assim como paga a Apple também.

  • Renan Alves

    a yahoo so toma na bun,da em…