Que a Intel iria ser processada pelas falhas Meltdown e Spectre nos Estados Unidos não havia dúvidas. O que ninguém esperava é que isso fosse acontecer tão cedo: pelo menos três ações coletivas contra a companhia já estão em andamento em tribunais da Califórnia, Oregon e Indiana.

Intel - Foto: Digital Trends

Ainda que chips de empresas como AMD e ARM também sejam afetados, a Intel é, de longe, a companhia mais encrencada. Os três processos existentes até agora fazem praticamente as mesmas acusações: a Intel falhou em manter a segurança dos usuários dos seus produtos, terá que diminuir o desempenho dos chips para corrigir as falhas e foi negligente ao não tratar do problema em tempo hábil — vale relembrar que Intel, AMD e ARM foram notificadas sobre as vulnerabilidades em junho de 2017.

Embora as falhas Meltdown e Spectre sejam realmente sérias, é cedo para considerar os processos como causas ganhas. Na questão da perda de desempenho, por exemplo, a Intel alega que não deve haver impacto significativo para o usuário comum e que atualizações podem amenizar eventuais problemas do tipo ao longo do tempo.

Meltdown e Spectre

Além disso, a Intel prometeu lançar em breve uma correção que protege mais de 90% dos chips sob risco. A correção anunciada pelo Google, que nas palavras da própria empresa terá “impacto insignificante no desempenho”, também pode ajudar a Intel a amenizar a gravidade da situação.

Mas isso não quer dizer que os advogados da Intel terão pouco trabalho. Mais processos devem surgir nas próximas semanas, principalmente se as soluções disponibilizadas não forem satisfatórias. A suspeita de que o CEO da Intel vendeu metade das suas ações na companhia temendo os efeitos do escândalo também pode resultar em complicações legais.

Com informações: Gizmodo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Guilherme Silva

Falou tudo. E não faz justamente para vender mais placas e novos processadores quando estes dão defeitos e vc não encontra mais processador com aquele socket. Eu, particularmente, acho uma tremenda de uma sacanagem. E ainda tem gente que diz que as pessoas são chatas porque não gostam de ser lesadas. Aí é demais, viu.

Guilherme Silva

Ironia? Ou esta falando sério mesmo? Como assim "modinha de clientes que não querem ser lesados" Quem quer ser lesados levante a mão, porque eu não quero, ainda mais pagando uma fortuna para ser lesados. Mas se prefere isso, então me dá uma boa grana para eu ir até sua casa te roubar. Não sou ladrao, mas se vc gosta de ser lesados, então faço esse favor a você. É cada uma que aparece. Tinha que ser brasileiro mesmo.

Guilherme Silva

Falou tudo.

Guilherme Silva

Pois é. Vende processadores pelo olho da cara e ainda desrespeita o consumidor e a segurança deles. Tem que ser processada mesmo. E que não faça mais porcarias pelo preço de ouro.

Guilherme Silva

Somos dois.

Bruno
Sim, dai q vão correr para resolver o problema...
Raphael Silva ??
Isso não muda PN, porque todas as empresas do mercado atualmente usando Intel, então é mudar 6 por meia dúzia, então repense no que está falando.
Cristiano Meireles
É meu querido voce só se esqueceu que a AMD tem os direitos do x64 ou seja as duas estão amarradas se a Intel retirar os direitos do x86 da AMD essa retira os direitos do x64 da Intel e aí ela tem que refazer tudo ou voltar pro Itanium64 que não deu certo. Resumindo uma depende da outra sem falar que se Intel ficar sozinha no mercado ela é obrigada pela lei Antitruste nos EUA a dividir-se.
EmuManíaco
concorrencia desleal? A INTEL é dona da arquitetura. Quando aconteceu a fusão da AMD/ATI se a intel quisesse teria retirado os direitos de uso do x86 da AMD. Da mesma forma que quando a nvdia tentou comprar a via pra adquirir x86 a intel nao deixou ir a frente.
Joaomanoel
Ah, eles iriam. Se os serviços começassem a perder desempenho falariam q a culpa é da intel.
Octávio Augusto
Tive a mesma impressão, Junior, e lamento que esse Emerson Alecrim venha fazer defesa cega do artigo, em uma posição totalmente institucional e corporativista, ignorando que está sim mal escrito, para não dizer patrocinado pela Intel. As falhas da Intel são muito mais graves do que as da AMD, afetam todos processadores dela de 10 anos pra cá, diferente da AMD que são apenas alguns, e além disso somente a Intel lançou novos processadores após já ter sido notificada da falha, ou seja, ela lançou ciente que eram processadores defeituosos. A AMD não fez nada disso.
Maicol Vieira
Fanboys everywhere. kkk Pessoal gosta de proteger empresas que nem os conhece. Eu sou fanboy da grana que tenho e só.
Flavio Silva
Processam por atualização que faz o aparelho ruim funcionar. Processam por uma falha que ninguém soube por duas décadas. É impressão minha ou todo mundo quer ganhar em cima de todo mundo hoje em dia? Obs: Haverá patch de correção em breve! Relaxem e gozem!
Molinex
Até que demorou pra levar processo... E espero que tomem um prejuízo, só pra ficar esperta...
shinodaluk
Você acha que as grandes vão falar que perderam desempenho e os clientes irem atrás de outras? É óbvio que eles preferiram absorver qualquer custo, mas não passar para o cliente que foram afetadas, que estão acima disso!
Exibir mais comentários