Tecnoblog

VPN gratuita da Opera será descontinuada no final de abril

Se você utiliza a VPN da Opera para Android e iOS, terá que procurar uma nova solução em breve. A empresa informou que o serviço será descontinuado em 30 de abril. Com isso, ele deixará de ocultar o seu endereço de IP para impedir rastreadores de anúncios e alterar a localização virtual.

Lançado há cerca de dois anos, o Opera VPN permitia que os usuários escolhessem um IP para acessar a internet a partir de servidores de dez países. Com isso, era possível enganar os sites e visualizar conteúdos que estavam bloqueados em determinada região.

A vantagem estava no fato de o app não obrigar o pagamento de mensalidades e não ter limite de tráfego. No entanto, os termos de serviço previam que dados gerados pelos usuários, como endereços de páginas, poderiam ser oferecidos a terceiros.

A Opera não revelou o motivo para que o serviço fosse descontinuado, mas se adiantou para oferecer uma alternativa para os usuários. A empresa recomenda o uso do SurfEasy, seu próprio serviço pago de VPN. A ferramenta não registra dados sobre a navegação ou o histórico de downloads dos usuários, como ocorria com o Opera VPNoutras serviços parecidos.

Quem havia optado pelo plano grátis do Opera VPN terá um desconto de 80% no SurfEasy Total VPN, que geralmente custa US$ 3,99 por mês. Já quem usava a versão paga terá um ano de assinatura grátis do plano Ultra VPN, a versão mais avançada do SurfEasy.

Na prática, a mudança trará uma despesa maior para os usuários. O Opera Gold custava US$ 29,99 por ano. Sem descontos, os usuários pagarão US$ 77,88 por um ano do SurfEasy Ultra VPN.

Com informações: Opera, Mac Rumors.