Início » Internet » O que as crianças buscam na Internet?

O que as crianças buscam na Internet?

Relatório NetKids revela o que os baixinhos fazem online e o que pesquisam no Google

Melissa Cruz Cossetti Por
TB Responde

Crianças usam a Internet, nos computadores de casa e do colégio, nos celulares e também nos tablets. Elas, que já nasceram em um mundo conectado, estão completamente em casa no espaço digital. O mercado de produtos e aplicativos infantis é vasto, incluindo recursos de controle de pais e bloqueio de sites inadequados.

Entretanto, a segurança das crianças na Internet não diz respeito apenas aos pais entenderem os conceitos de segurança digital, como também de explicá-los aos filhos.

Criança no laptop

A Kaspersky conduziu uma análise de dados anônimos, obtidos por meio do seu aplicativo de controle de pais, o Kaspersky Safe Kids, sobre as atividades das crianças online. O levantamento revela, entre outras informações, um tema que deixa pais e mães com uma pulga atrás da orelha. Afinal, o que as crianças acessam na Internet?

Categorias de sites mais populares entre crianças: social

As categorias de sites mais populares globalmente (em inglês) entre as crianças são:

  • recursos de comunicação online (59,68%);
  • software/áudio/vídeo (22,4%);
  • álcool/tabaco/narcóticos (6,32%);
  • jogos para computador (4,99%);
  • comércio eletrônico (2,83%);
  • recursos de notícias (0,92%);
  • conteúdo adulto (0,74%);
  • outros (2,13%).

*São considerados todos os sites acessados, não apenas via buscadores.

Nos últimos dois anos, a parcela de visitas a sites com conteúdo adulto tem sido  inferior a 2%, de acordo com pesquisadores. Acessos a narcóticos também vem caindo.

Temas dos termos de busca mais populares entre crianças: youtubers

A atividade de pesquisa das crianças pode ser o melhor indicador de seus interesses já que é uma ação proativa e, quase sempre, diária. O controle de pais da empresa de antivírus filtra as consultas em cinco sites de busca: Bing (Microsoft), Google, Mail.ru, Yahoo! e Yandex e protege resultados de seis tópicos potencialmente perigosos: conteúdo adulto (sexo), álcool, narcóticos (drogas), tabaco, racismo e palavrões.

De acordo com a empresa, as buscas feitas por menores foram organizadas por idioma. As estatísticas para inglês, porém, são consideradas internacionais “devido à sua prevalência”. O levantamento usa dados do período de novembro de 2017 a maio de 2018 e foram divididas em categorias: jogos de computador, música, vídeo, animes, compras, pornografia, comunicação online, educação, esporte, tradutores e outros.

O tópico de pesquisa online mais popular para crianças no mundo é “vídeo”, com uma participação de 17,25% nas buscas (isso inclui consultas relacionadas a conteúdo, serviços de streaming como Netflix, YouTube e youtubers, blogs, séries e filmes).

busca-kids-report-2018

  • Vídeo (17,25%);
  • Tradutor Online (13,58%);
  • Comunicação Online (9,88%);
  • Jogos para Computador (9,09%);
  • Conteúdo Adulto (8,59%);
  • Educação (4,86%);
  • Música (3,78%);
  • Esportes (3,69%);
  • Compras (2,4%);
  • Anime (0,89%);
  • Outros temas variados (26,8%).

10 curiosidades no Brasil:
Anitta, Tumblr, Mercado Livre e tradutor

  1. O Brasil fica em 5º no total de crianças que preferem usar computadores para visitar sites de redes sociais e versões para desktop de mensagens instantâneas;
  2. O Brasil fica em 9º em crianças que buscam por álcool, tabaco e narcóticos;
  3. Crianças de língua portuguesa se interessam por fotos no Tumblr e no Facebook;
  4. O Brasil fica em 10º na categoria de jogos de computador (que abrange não apenas sites de jogos para PC, mas todos os sites relacionados à indústria);
  5. Na língua portuguesa, os artistas mais populares são: Anitta, MC Kevinho e Ozuna.
  6. O Brasil ocupa a 11º posição na categoria que mede o interesse em e-commerce;
  7. As consultas mais populares em português foram para as lojas online Mercado Livre e Casas Bahia; em inglês as três principais foram Amazon, Ebay e Aliexpress;
  8. O conteúdo pornográfico online continua a interessar crianças, mas em menor grau do que os jogos de PC, música, vídeo e redes sociais (onde não há escassez de pornografia). O Brasil fica em 10º no ranking de buscas por conteúdo adulto;
  9. “Tradutores” são 13,59% de todas as buscas de crianças em todo o mundo ao longo do ano. Nas buscas associadas à categoria educação, o Brasil é o 3º.
  10. O esporte mais popular entre as crianças é o futebol e, o Brasil fica em 4º lugar para buscas de times e assuntos relacionados a esportes, equipes e jogos.

O estudo completo mostra a variação dos temas que mais interessam às crianças por região e também por idioma. Nos países árabes e na América Latina, as crianças preferem acessar as redes sociais e usar mensagens instantâneas, enquanto na América do Norte e na Europa Ocidental esses indicadores são os mais baixos do mundo.

Tradicionalmente, o tema “software, áudio e vídeo” é mais popular na Ásia e as crianças asiáticas visitam sites adultos com mais frequência e são as que mais se interessam por compras. Ainda segundo o estudo, a geração mais jovem está menos inclinada a visitar redes sociais usando computadores, e preferindo dispositivos móveis, como celulares.

Apesar do controle parental estar instalado nos dispositivos, as crianças fazem pouco para esconder seus interesses e usam a Internet não só para se divertir, mas também para estudar. Quanto aos pais, a informação e o conhecimento sobre o que o filho está buscando podem ser usados ​​para construir um diálogo sobre esses mesmos temas.

 

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Maria Joana

Temos que tomar cuidado com oque elas buscam ou fazem na internet eu instalei um aplicativo espião para monitorar tudo que conversam e onde estão remotamente.
https://brunoespiao.com.br/...

Arthur Soares

Surpreendido pelo alto interesse em tradutores. Se eu era criança e via alguma coisa em inglês eu já saía correndo. Tomara que isso facilite as crianças a aprenderem língua estrangeiras.

Mendonza

Cara Anitta é musica de criança. Todas que conheço gostam dela. E só crianças.

Sandro Azedo

Duvido muito dessa pesquisa.

Crianças brasileiras gostam de mentir.

Não conheço nenhuma criança que gosta de Anita.

Essa Kaspersky não era aquela empresa de segurança que foi
banida do EUA por hackear o governo??
Agora a Kaspersky esta produzindo conteúdo falso?

robsonc

Faltou um dado básico na matéria que é: quem é considerado criança? Sem esse dado de idade fica difícil pensar o que essas estatísticas representam.

Lucas Santos

Fiquei surprezo que buscam mais conteúdo educativo que animes. Os otakus envelheceram kkkkkkkkk