Início » Negócios » Netflix enfrentou Apple e Hulu para manter "Friends" no catálogo

Netflix enfrentou Apple e Hulu para manter “Friends” no catálogo

Netflix pagou US$ 100 milhões para streaming da série "Friends" em 2019; Hulu (da Disney e Fox) e Apple estavam interessadas

Felipe Ventura Por

A Netflix fechou um acordo de US$ 100 milhões para ser o único serviço de streaming com a série Friends em 2019. Ela pagou caro porque a sitcom é uma das mais assistidas em seu catálogo, e porque outras empresas estavam interessadas, incluindo Hulu — que pertence à Disney e à Fox — e Apple.

Segundo o Recode, o Hulu “tentou arduamente” conseguir os direitos de streaming para Friends. A empresa não conseguiu, mas acabou elevando o preço para a Netflix — que pagava US$ 30 milhões por ano pela exclusividade da série.

O Hulu está disponível apenas nos EUA e Japão, mas será oferecido em outros países no futuro. A Disney será dona de 60% do serviço quando finalizar a aquisição da Fox; ela também vai lançar uma plataforma de streaming chamada Disney+.

Por sua vez, a Apple também tentou comprar Friends para seu futuro serviço de streaming, que deve ser lançado em 2019. No entanto, de acordo com o Recode, ela acabou retirando sua proposta de aquisição.

Netflix terá que pagar por Friends de novo em 2020

As dez temporadas de Friends estrearam na Netflix brasileira em 2015. A empresa deixa claro no Twitter que a série “não vai sair” do catálogo. O acordo de US$ 100 milhões foi revelado pelo Wall Street Journal e New York Times.

No entanto, a Netflix garantiu Friends apenas por um ano. E de 2020 em diante? A WarnerMedia, dona da série, terá duas opções: mantê-la como um título exclusivo de seu futuro serviço de streaming — sim, mais outro — ou deixá-la também no catálogo da Netflix para receber US$ 75 milhões por ano.

Vale lembrar que a Netflix fecha acordos diferentes dependendo do país. Por exemplo, a empresa pode ter dores de cabeça em manter uma série nos EUA, mas tê-la garantida no Brasil. Ainda assim, ela precisa disputar conteúdo com diversos concorrentes — incluindo Disney+, Amazon Prime Video e Globoplay.

Tecnocast 078 – Um bundle de bundles

Hoje existe uma fragmentação do streaming. As empresas de mídia, como HBO, Disney e Sony, decidiram criar seus próprios concorrentes da Netflix, com conteúdo exclusivo. E as empresas de tecnologia, como Netflix, Apple e Google, também acharam que seria uma boa ideia investir em produções próprias. O resultado é um monte de conteúdo de qualidade espalhado entre diversos serviços pagos.

Como resolver isso? Vamos ter que pagar uma taxa para cada serviço? As empresas vão se juntar para lançar “pacotes” de serviços de streaming, como acontece na TV por assinatura? Dá o play e vem discutir com a gente!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gabriel

A vantagem dos serviços de streamings é que você pode assistir a série que te interessa e cancelar a qualquer momento. Simples.

Luís Carlos

O que tem a ver? Vai dormir que é melhor

johndoe1981

kkkk essa foi boa. Sei que gosto é pessoal, mas não é preconceito, é ruim mesmo pra mim essas sitcoms com claques. As piadas já são fracas, e essas risadinhas de fundo matam, sem condição.

Krosna Terrestre

é só desligar o preconceito.

Sérpiko

Depois de perder House e não ter The BIg Bang Theory seria um duro golpe para os assinantes não poder contar com a melhor série de todos os tempos. Outra série que não terminei de assistir, a quinta e a sexta temporada, foi Homeland porque a Fox não renovou o contrato. Valeu Netflix por manter Rachel, Ross, Joey, Phoebe, Mônica e Chandeler.

Pedro Henrique Saldanha

Netflix criou uma cultura de assistir coisa ruim. A principal característica que pessoal procura pra assistir uma série é se tem na Netflix, o problema é que o serviço pra ter um vasto acervo investe em algumas boas e várias produções um pouco inferiores. Aquelas séries boas meeeesmo ou estão espalhadas em outros serviços ou no torrent. Mesmo tendo Netflix raramente eu uso, só quando algum filme ou série tem poucos seeds no torrent, mas tem na Netflix o que é mais raro ainda. Não vejo vantagem em assassinar Netflix pagando caro pra me sentir limitado a um catálogo que acho tão ruim. Os outros nem se fale, não tem nada, pior que ter muita coisa ruim é ter pouca coisa boa.

Adriano Garcez

Pois é, é exatamente a mesma coisa!!11! /SARCASMO

Gaba

Você sabe que está basicamente descrevendo TV a cabo né? :)

ludiaz

The Office é pra mim a melhor série de comédia que eu já assisti. Terminei todas as temporadas pela segunda vez (cancelei Netflix e fui pra Amazon por causa dela) e já comecei a assistir tudo de novo outra vez!

Eduardo Braga

Nossa, eu terminei Breaking Bad esse ano. Acho que comecei em 2016. Até hoje a segunda temporada pra mim é a melhor. Muitas séries que eu vi melhoraram na segunda temporada (House of Cards e Homeland são outras). Mas aí é gosto. Eu gostei da série, mas não fez muito o meu estilo.

Gustave Dupré

Seinfeld é nova pra mim, vou tentar assistir. =D

johndoe1981

Não consigo assistir 5 minutos desses sitcoms americanos com as infames risadas de fundo, como Friends, The Big Bang Theory etc. Enquanto isso, séries que considero realmente boas como Psych e Monk estão ausentes da Netflix. Acabei assinando Prime Video porque tem todas as temporadas de Psych.

Bruno Sousa

Hahahahahaha...

johndoe1981

Everybody Hates Chris >>>> all

johndoe1981

O cúmulo de maratonagem que tive foi assistir todos os episódios de Breaking Bad em duas semanas dias, em janeiro de 2014. Fiquei tão viciado na série que eu só largava o celular pra comer e tomar banho, e olhe lá kkkkk. Nunca mais que faço essa loucura na vida rsrs.

Exibir mais comentários