Início » Aplicativos e Software » Windows 10 recebe atualização do subsistema Linux em prévia

Windows 10 recebe atualização do subsistema Linux em prévia

Windows 10 20H2 testa instalação fácil do subsistema Linux (WSL) e forma de usar placas de vídeo em inteligência artificial

Felipe Ventura Por

Uma das novidades do Windows 10 May 2020 Update está no subsistema Linux, o WSL 2, que promete maior desempenho e compatibilidade. Agora, a Microsoft liberou alguns recursos adicionais para quem testa a próxima versão do Windows 10 (20H2): um modo de instalação fácil, mais controles de atualização, e uma forma de usar placas de vídeo para aplicações de inteligência artificial.

Microsoft ama Linux

A prévia mais recente do Windows 10 traz suporte ao novo comando wsl --install que habilita o subsistema Linux e um componente de máquina virtual; basta reiniciar e a instalação estará completa. Isso está disponível apenas em PCs sem o WSL. No futuro, também será possível usar linha de comando para instalar distribuições como o Ubuntu, Suse e Debian.

Também há novas formas de gerenciar atualizações para o kernel do WSL através do comando wsl.exe - -update. Será possível conferir a versão atual e a data do último update; além de voltar a uma versão anterior caso haja algum problema.

Windows 10 acelera IA no subsistema Linux

Outro recurso adicionado ao WSL é a computação por GPU. Isso significa que programas do Linux podem usar a placa de vídeo ou o chip gráfico para realizarem tarefas mais intensas de inteligência artificial e aprendizado de máquina, ou machine learning (ML).

Modelos de aprendizado de máquina exigem muito poder computacional, mesmo com um conjunto pequeno de dados. Por isso, algumas ferramentas recorrem à aceleração de hardware da Nvidia para acelerar o processo. Assim, a Microsoft decidiu adicionar suporte a Nvidia CUDA ao subsistema Linux; isso está presente no Windows há anos.

Windows 10 e WSL

Outro recurso que já existia no Windows 10, e que está chegando ao subsistema Linux, é o DirectML: trata-se de uma API para acelerar modelos de aprendizado de máquina em qualquer GPU compatível com DirectX 12.

A Microsoft liberou uma prévia da conhecida ferramenta TensorFlow com DirectML para o subsistema Linux. “Essa prévia não seria possível sem o trabalho duro da AMD, Intel e Nvidia, que estão lançando drivers preliminares que permitem que esse pacote seja executado no Windows e no WSL”, diz a empresa.

É possível instalar a build 20150 no programa Insider através do canal Dev, antes conhecido como modo rápido (Fast Ring). Esta é uma versão de testes do Windows 10 20H2, que será lançado para todos os usuários no segundo semestre.

Com informações: Microsoft.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação