Início » Celular » iPhone SE (2020) ou iPhone XS; qual a diferença?

iPhone SE (2020) ou iPhone XS; qual a diferença?

Comparamos o iPhone SE (2020) com o iPhone XS; apesar de especificações melhores, o modelo mais novo atende todos os públicos?

Lucas Lima Por
TB Responde

A segunda geração do iPhone SE chegou em 2020, alguns meses após o lançamento do iPhone 11, mas quando comparado ao iPhone XS, modelo de 2018, ainda vale a pena? É o que apontamos nos próximos parágrafos. Confira as diferenças entre o iPhone SE (2020) e o iPhone Xs — tela, autenticação, processador, câmera e outras especificações.

Comparativo entre o iPhone SE (2020) e o iPhone XS

Quando o iPhone SE e XS foram lançados?

  • iPhone SE (2020): foi anunciado em abril de 2020, depois dos iPhones 11, 11 Pro e 11 Pro Max, de setembro de 2019;
  • iPhone XS: foi lançado em setembro de 2018, um ano antes do iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max.

Design

A segunda geração do iPhone SE trouxe de volta o design do iPhone 8, com a tela de 4,7 polegadas, bordas grandes e o Touch ID na frente, para autenticação biométrica. É menor que o iPhone XS em tela, tamanho e peso — ideal para quem prefere os compactos.

Já o iPhone XS ocupa toda parte frontal com a tela de 5,8 polegadas, exceto a parte do notch que abriga o Face ID para autenticação biométrica.

iPhone SE (2020) / Apple / Reprodução

O modelo mais velho tem o corpo feito de vidro e aço inoxidável, nas cores prateado, cinza-espacial e dourado. Já o iPhone SE tem o corpo de vidro e alumínio — é mais maleável que o aço, portanto pode danificar com mais facilidade em uma queda — e está disponível nas cores preto, vermelho e branco.

Ambos também contam com resistência a água. Porém, enquanto o iPhone XS tem certificação IP68, para profundidade de até dois metros por 30 minutos, o iPhone SE tem certificação IP67, para profundidade de até um metro por 30 minutos.

Especificações iPhone SE (2020) iPhone XS
Tamanho da tela 4,7 polegadas 5,8 polegadas
Altura 138,4 mm 143,6 mm
Largura 67,3 mm 70,9 mm
Espessura 7,3 mm 7,7 mm
Peso 148 gramas 177 gramas
Material do corpo Vidro e alumínio Vidro e aço inoxidável
Cores Branco, preto e vermelho Prateado, cinza-espacial e dourado
Conectores Lightning Lightning
Resistência à água, respingos e poeira IP67 (até 1 metro por 30 minutos) IP68 (até 2 metros por 30 minutos)
Autenticação Touch ID (impressão digital) Face ID (reconhecimento facial)

Tela

Adianto que no quesito tela o iPhone XS leva a melhor. Não só em tamanho, mas também pela resolução e qualidade do painel. Ainda que a diferença seja discreta e às vezes não perceptível a todos usuários, ela está lá. Pois bem, deixa eu dizer em quê:

iPhone XS e realidade aumentada

iPhone XS

O iPhone SE tem um painel LCD IPS com resolução de 1334 por 750 pixels. Isso reflete em 326 pixels por polegada. É o chamado Retina HD pela Apple.

Já o XS tem uma tela Super Retina HD, com painel OLED e tecnologia HDR. A resolução fica em 2436 por 1125 pixels, resultando em 458 pixels por polegada.

Os dois painéis lidam com as cores de forma diferente: enquanto o OLED traz um preto mais profundo e cores mais saturadas, o IPS se aproxima mais da realidade, porém sem tanto contraste.

No OLED, cada pixel tem sua própria fonte de luz, ao contrário do LCD IPS que precisa de uma camada extra para a iluminação. Por isso, em momentos que há preto na tela do iPhone XS (quando está ligando, por exemplo, e aparece apenas a maçã no centro) ou outros modelos com OLED, dá para notar que a tela fica “apagada” nessas áreas, economizando energia.

iPhone XS

iPhone XS

Além dessas características, há a ausência da tecnologia 3D Touch no iPhone SE. A Apple abandonou o recurso no iPhone XR e nos modelos de 2019 (a linha 11), adaptando as funcionalidades de um toque mais forte, antes feito via hardware, com o software. Não é um fator decisivo, mas quem gostava da tecnologia, pode sentir falta, no início.

Especificações iPhone SE iPhone XS
Tamanho 4,7 polegadas 5,8 polegadas
Resolução 1334 x 750 pixels 2436 x 1125
Densidade de pixels por polegada 326 458
Tipo do painel LCD IPS OLED
Brilho máximo 625 nits 625 nits
Recurso de toque Resposta tátil (por software) 3D Touch (por hardware)

Processador, RAM, armazenamento e bateria

Processador e memória RAM

Nesse ponto há uma certa equivalência: o iPhone SE tem o chip A13 Bionic (de 2019) com 3 GB de memória RAM, enquanto o iPhone XS tem o chip A12 Bionic (2018) com 4 GB de RAM.

Um salto de apenas um ano, entre as duas gerações, não deve trazer uma diferença significativa na performance dos dois aparelhos. É esperado que ambos se saiam bem em qualquer atividade, apesar de o iPhone SE ter um processador melhor, o XS ainda tem mais memória RAM.

Porém, há de se considerar outros fatores, como a tela. Já que há um painel menor a ser gerenciado no iPhone SE, pode sobrar mais poder de fogo para outras atividades. Com o passar do tempo e com atualizações futuras, esse pode ser o modelo mais duradouro no quesito desempenho.

Em números, o GSMArena elencou testes da ferramenta AnTuTu, dos dois modelos. O iPhone XS alcançou 346.379 pontos, enquanto o iPhone SE chegou a 462.253 pontos.

Armazenamento

  • iPhone SE (2020): começa em 64 GB, com modelos de até 256 GB;
  • iPhone XS: começa em 64 GB, com modelos de até 512 GB.

Bateria

Apesar da Apple não informar números exatos desse componente, sabemos no momento em que usuários (ou empresas) se voluntariam a fazer o desmonte do aparelho. Temos: 1.821 mAh com o iPhone SE e 2.658 mAh com o iPhone XS.

Taptic Engine no novo iPhone SE (foto: iFixit)

A estimativa da Apple é de que o iPhone XS dure mais que a segunda geração do SE, com 14 horas de reprodução de vídeo e 60 horas de reprodução de áudio com o modelo mais antigo, contra, respectivamente, 13 horas e 40 horas, para as mesmas tarefas no SE.

Especificação iPhone SE iPhone XS
Processador A13 Bionic A12 Bionic
Memória RAM 3 GB 4 GB
Armazenamento 64 GB – 256 GB 64 GB – 512 GB
Bateria 1.821 mAh 2.658 mAh

Câmeras

Eis um ponto que pode ser decisivo na escolha. Apesar de mais moderno, o iPhone SE tem só uma câmera na traseira. Enquanto o XS tem a adicional teleobjetiva, que serve tanto para fotos retrato (com efeito bokeh) quanto para enquadrar cenas mais fechadas ou objetos mais distantes.

Em 2020, acho indispensável pelo menos uma lente adicional em smartphones topo de linha, mas é o meu perfil de uso. Se for o seu, também é algo a se considerar ao procurar por um novo aparelho.

Foto com o iPhone SE (2020)

Foto com o iPhone SE (2020)

Em termos de qualidade, o iPhone SE (2020) ganha com a nova geração do HDR Inteligente da Apple e o pós-processamento do A13 Bionic, quais são iguais a do iPhone 11, mas sem todos os recursos dos modelos mais caros, como o Modo Noite.

Especificações iPhone SE iPhone XS
Câmera principal 12 megapixels com abertura f/1.8 12 megapixels com abertura f/1.8
Câmera secundária Não ❌ Teleobjetiva de 12 megapixels com abertura f/2.4
Câmera frontal 7 megapixels com abertura f/2.2 7 megapixels com abertura f/2.2
Estabilização óptica Sim ✅ Sim ✅
Zoom Digital de até 5x Óptico de 2x e digital de até 10x
Modo Retrato Sim ✅ Sim ✅
Modo Noite Não ❌ Não ❌
HDR (traseira) Nova geração do HDR Inteligente HDR Inteligente
HDR (frontal) HDR automático HDR Inteligente
Gravação de vídeo (traseira) Até 4K a 60 fps Até 4K a 60 fps
Gravação de vídeo (frontal) Full HD a 30 fps Full HD a 60 fps
Animoji Não ❌ Sim ✅

Conclusão: iPhone SE (2020) ou XS?

A segunda geração do iPhone SE chegou para confortar a base de usuários que preferem aparelhos mais compactos, sem abrir mão de desempenho por isso. No entanto, esse modelo que lembra o iPhone 8 tem alguns cortes, mesmo se comparar com aparelhos mais antigos, como o iPhone X, XS ou XR.

Ainda que a performance do XS seja ligeiramente inferior a do SE, é importante considerar se esse é o principal ponto para aquisição do novo celular: e as câmeras? e o melhor aproveitamento de tela para executar as tarefas? São esses os pontos que podem ajudá-lo a definir a compra.

Apple iPhone SE - indústria brasileira

O iPhone SE de 2020 foi lançado no Brasil por R$ 3.699,00, enquanto o iPhone XS, cujo modelo não é mais comercializado pela Apple, desembarcou no país por R$ 7.299,00. Obviamente, já é possível encontrá-los por menos que isso no varejo online.

Se houvesse apenas os dois para escolher, eu pegaria o iPhone XS. Mas, como ainda tem outros no mercado, é interessante considerar um iPhone 11 ou iPhone 11 Pro, cujo conjunto de lentes e desempenho são superiores que do iPhone XS e do iPhone SE de 2020. Caso esteja interessado nessa disputa, também temos o comparativo:

Com informações: Apple, GSMArena.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação