Início » Celular » Apple é notificada pelo Procon-SP por iPhones sem carregador

Apple é notificada pelo Procon-SP por iPhones sem carregador

Apple tem 72 horas para responder a perguntas do Procon-SP; empresa vende iPhone 12, 11, XR e SE sem carregador na caixa

Felipe VenturaPor

Era questão de tempo: a Apple foi notificada pela Fundação Procon-SP nesta terça-feira (28), e deverá se explicar por vender o iPhone 11, XR e SE sem carregador na caixa. A empresa não vai incluir o adaptador de tomada com o iPhone 12, 12 Mini, 12 Pro e Pro Max quando eles forem lançados no Brasil.

Caixa menor do iPhone 12 e 12 Pro (Imagem: Divulgação/Apple)

Caixa menor do iPhone 12 e 12 Pro (Imagem: Divulgação/Apple)

Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP, diz ao Globo “a venda separada do aparelho e do carregador é uma inovação que pode configurar prática abusiva, pois um precisa do outro para ter utilidade”. Ele levanta a possibilidade de que a empresa estaria praticando venda casada.

A Apple tem 72 horas para responder a algumas perguntas do Procon-SP:

  • por que a empresa decidiu vender o iPhone sem o adaptador de tomada na caixa?
  • qual é o preço de um carregador oficial adquirido de forma separada?
  • quanto tempo a bateria leva para ser recarregada com esse carregador?
  • como funcionará a garantia se o cliente adquirir o iPhone e o acessório em datas diferentes?
  • o consumidor pode usar outros carregadores com o iPhone?

Apple vende carregador de iPhone por R$ 219

A Apple já oferece respostas públicas a estes questionamentos. Ela alega que deixou de incluir o carregador na caixa porque seus clientes já possuem milhões de unidades desse acessório. A medida seria “o certo a se fazer” para reduzir a geração de lixo eletrônico e proteger o meio ambiente, não para cortar custos.

Claro, é difícil de acreditar nisso. Os iPhones agora vêm com cabo USB-C, incompatível com o carregador USB-A que acompanhava quase todos os iPhones já lançados (com exceção do 11 Pro e Pro Max). Na França, onde fabricantes são obrigadas a venderem celulares com fone, a Apple preferiu usar duas caixas em vez de uma só embalagem.

Quanto às outras perguntas do Procon-SP: o carregador USB-C oficial de 20 W custa R$ 219 (US$ 19 nos EUA); ele tem garantia contra defeitos de fabricação no prazo de um ano contado a partir da data da compra, assim como todo acessório da marca Apple no Brasil.

Claro, você pode aproveitar outros carregadores. Kaiann Drance, vice-presidente de marketing do iPhone, diz que “ainda é possível usar seus cabos Lightning antigos e qualquer um dos adaptadores de tomada que funcionam… encorajamos você a usá-los também”.

A bateria dos iPhones “foi projetada para manter até 80% da sua capacidade original por 500 ciclos completos de carga”, explica a Apple. A garantia de um ano cobre a troca de uma bateria com defeito.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
24 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Centenas de unidades de Procon Brasil à fora, mas, somente, o Procon de SP adverte ou cobra as grandes empresas. Alguém me explica isso?

Bertholdo Geyer (@berthogeyer)

Isso sequer se reflete no preço dos aparelhos que a cada lançamento estão mais caros, acessórios mais caros e manutenção mais cara.

Poderia ser ao menos opcional se quiser sem os acessórios é x (mais barato) completo é x, mas virá incompleto e ainda mais caro aí complica.

Caixa menor mais aparelhos transportados com menos viagens (custo logístico menor)
Sem carregador e fone (custo de produção menor)

Quer enganar quem, vai lucrar ainda mais.

Daqui a pouco notebook vem sem fonte, microondas virá sem o prato giratório, fogão vai vir sem as bocas porque a gente já tem um…

Francamente, complicada essa decisão da Apple.

@ksio89

Dá ideia não moço…

Andre Trindade (@Andre_Trindade1)

Pior q isso, vai vender q nem água!!! Os amantes de iPhone não querem saber do custo/benefício. Se ficasse só nos iPhones, essa nova malandragem, tava tudo bem, o problema é que na próxima geração os Android farão o mesmo, já q na Apple deu certo… Onde a Apple inova mesmo é no assalto ao consumidor rs

𝕮𝖆𝖗𝖑𝖔𝖘 ⚯͛ (@IanCarlos)

essa saga da Apple sendo a Apple e o público dela chorando … ta me proporcionando tantas risadas … vcs criaram o monstro, agora aguenta.

Anderson Deoli (@Anderson_Deoli)

Sinceramente, não sei o que o povo acha de pagar uma fortuna nesses aparelhos da Apple.
Não vale o valor que cobram e também nem são tão bons assim. Tudo muito amarrado nesse sistema iOS, sem liberdade pra configurar quase nada. Uma bateria que não dura nada e vicia do dia pra noite.
E agora sem carregador. Kkkkkk
Tem que ser muito insano pra comprar isso.
Eu eim.

J. Alves (@alves)

Acho que em 15 minutos no Google o Procon teria todas essas respostas. Isso claramente é só pra aparecer e gerar repercussão positiva pra sua imagem.

Se houvesse dispositivo legal que obrigasse a Apple a vender com o carregador tudo bem, mas não há, então qual o objetivo? A Apple milagrosamente resolver voltar a colocar o carregador na caixa sem custo adicional?

Enfim, mesmo que houvesse obrigação legal de colocar o carregador na caixa, com certeza o maior prejudicado seria o consumidor. Ou alguém acha que o aumento no preço seria menor que o custo de comprar o carregador separadamente?

Infelizmente só nos resta aceitar, quem quiser comprar que compre, que achar abuso da Apple não compre e reclame e vida que segue, se gente suficiente deixar de comprar a Apple volta a colocar.

Obrigar a Apple a colocar o carregador na caixa resultaria em um cenário assim:
iPhone sem carregador: 10.000 reais e vc poderia comprar o carregador que quisesse, ou usar um antigo
iPhone com carregador: 10.500 reais, sendo que você poderia comprar um carregador da Apple por 200, ou um de outra marca por 50 reais.

@ksio89

Rebanho da Apple veio com tudo no tópico, haja pano pra passar.

Léx Ferracioli (@Lex_Ferracioli)

HAHAHA mas tem um que se supera, não consegue nem disfarçar…