PROCON-SP

Artigos de PROCON-SP

Procon-SP notifica Apple sobre iPhones danificados por água

às 12h46 por

A sinalização de que iPhones danificados por água não possuem cobertura da assistência técnica fez a Apple ser notificada pelo Procon-SP. O órgão de defesa do consumidor quer explicações da empresa, visto que os aparelhos são anunciados como resistentes à água. O questionamento ocorre após relatos de 21 consumidores de que a fabricante se recusou a realizar o reparo no período da garantia sob a justificativa de que os celulares tiveram contato com líquido.

Correios têm alta de 514% em queixas na pandemia, diz Procon-SP

às 10h00 por

As reclamações contra os Correios no estado de São Paulo registraram um aumento de 514% entre março e julho de 2020. De acordo com o Procon-SP nesta terça-feira (18), quase 2.500 queixas contra a empresa foram contabilizadas pelo órgão de proteção e defesa do consumidor paulista durante a pandemia de COVID-19 Correios alertam para atraso em importações e envios internacionais

Netflix é notificada pelo Procon-SP por aumento de reclamações

às 17h08 por

A Netflix foi notificada pelo Procon-SP por conta de um aumento no número de reclamações ligadas a cobranças duplicadas e alterações indevidas nos planos contratados. O órgão questiona quais são as medidas de segurança adotadas para proteger os dados dos usuários e que critérios são usados para definir se o responsável pela fraude é a empresa ou o consumidor. Os lançamentos da Netflix para agosto de 2020 [séries e filmes]

iFood é multado em R$ 2,5 milhões por “golpe do entregador”

às 16h22 por

O Procon-SP revelou, nesta semana, ter multado o iFood em R$ 2.523.695,14 "por má prestação de serviços, cláusulas abusivas e outras infrações ao Código de Defesa do Consumidor". A penalização tem relação com o chamado golpe do delivery, que causou prejuízo a dezenas de usuários do serviço. Como pedir para outra pes

Golpe do entregador causou R$ 600 mil em prejuízo, diz Procon-SP

às 17h24 por

A Fundação Procon-SP registrou 125 denúncias sobre o golpe do delivery: o entregador diz que precisa cobrar uma taxa extra em uma maquininha com o visor quebrado, mas acaba roubando uma quantia enorme do cliente. Segundo a instituição, isso causou um prejuízo de quase R$ 600 mil em valores debitados de forma indevida. iFood e Rappi apontam como o usuário deve proceder.

Correios têm alta de quase 400% em reclamações no Procon-SP

às 11h48 por

As queixas contras os Correios se tornaram mais comuns no estado de São Paulo. Segundo o Procon-SP, houve um aumento de 398% entre março e junho de 2020. Ao todo, foram 1.568 reclamações, sendo 951 relacionadas ao não fornecimento do serviço. No mesmo período de 2019, foram 315 registros, incluindo 164 sobre problemas na prestação do serviço. Cartões com NFC farão pagamento de até R$ 100 sem senha

Golpe do entregador: Procon-SP quer investigação contra iFood e Rappi

às 09h24 por

Você provavelmente já ouviu falar do golpe da maquininha: ao chegar o seu delivery, o entregador diz que é necessário pagar uma taxa extra e saca uma máquina de cartão com o visor quebrado. Sem saber o valor, você acaba autorizando uma cobrança altíssima — de até R$ 5 mil em alguns casos. A Fundação Procon-SP quer uma investigação sobre essa prática, pela qual iFood e Rappi dizem não se responsabilizar. Como pedir

Procon-SP recua sobre roubo de dados pelo golpe da ligação

às 15h28 por

A Fundação Procon-SP divulgou alerta sobre um golpe em que a pessoa recebe ligação do próprio número: Fernando Capez, diretor-executivo da entidade, afirmou em vídeo que estava "recebendo reclamações de consumidores nesse sentido", e que fraudadores "só precisam de 10 segundos para roubar os seus dados". Eles voltaram atrás, dizendo que não foram notificados por nenhum consumidor sobre esse golpe, e que não têm provas de que o roubo de dados está realmente acontecendo.

Procon-SP alerta para golpe da ligação para o próprio número

às 12h23 por

O celular toca e, quando você olha para a tela, descobre que a ligação vem do seu próprio número. Além do espanto que isso causa, você precisa lidar rapidamente com uma decisão: atender ou desligar? Recentemente, o Procon-SP fez um vídeo para dizer que a ligação não deve ser atendida. Ransomwares: da insanidade ao modelo de negócios Nubank: golp

Procon-SP multa Decolar em R$ 1,2 milhão por prática abusiva de preços

às 12h11 por

A Decolar foi multada, nesta semana, em quase R$ 1,2 milhão pelo Procon-SP. O órgão, que é vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, concluiu que a companhia desrespeitou direitos dos consumidores ao cobrar preços diferentes para o mesmo serviço de hospedagem tendo como base a localização geográfica de seus clientes. Vivo, Claro e TIM lideram reclamações em ranking do Procon-SP para 2019

Vivo, Claro e TIM lideram reclamações em ranking do Procon-SP para 2019

às 16h44 por

Não é surpresa que as operadoras de telefonia acumulem uma quantidade enorme de reclamações, e em 2019 não foi diferente: Vivo, Claro/NET e TIM lideram o ranking de reclamações à Fundação Procon-SP no ano passado. O top 20 é dominado por bancos e varejistas online. Vivo é processada por expor dados pessoais de clientes no site Meu Vivo

Carregar mais posts