PROCON-SP

Artigos de PROCON-SP

Procon-SP multa Decolar em R$ 1,2 milhão por prática abusiva de preços

às 12h11 por

A Decolar foi multada, nesta semana, em quase R$ 1,2 milhão pelo Procon-SP. O órgão, que é vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, concluiu que a companhia desrespeitou direitos dos consumidores ao cobrar preços diferentes para o mesmo serviço de hospedagem tendo como base a localização geográfica de seus clientes. Vivo, Claro e TIM lideram reclamações em ranking do Procon-SP para 2019

Vivo, Claro e TIM lideram reclamações em ranking do Procon-SP para 2019

às 16h44 por

Não é surpresa que as operadoras de telefonia acumulem uma quantidade enorme de reclamações, e em 2019 não foi diferente: Vivo, Claro/NET e TIM lideram o ranking de reclamações à Fundação Procon-SP no ano passado. O top 20 é dominado por bancos e varejistas online. Vivo é processada por expor dados pessoais de clientes no site Meu Vivo

Claro deverá pagar multa de R$ 2 milhões por cobrança abusiva

às 16h56 por

A Fundação Procon-SP multou a Claro em R$ 5,2 milhões por cobrar serviços de telefonia que dez consumidores não contrataram; a operadora recorreu em um processo judicial, e o valor foi reduzido para cerca de R$ 2 milhões. Esta é mais uma daquelas histórias sobre multas que se arrastam por anos na Justiça antes de serem pagas. Claro deverá pagar indenização por sinal ruim de 3G e 4G

Procon-SP divulga lista com lojas online para evitar na Black Friday 2019

às 14h47 por

A Fundação Procon-SP atualizou a lista suja de lojas online nas quais você nunca deveria comprar, especialmente agora que estamos perto da Black Friday 2019. São 307 registros no total, a maioria sites que estão fora do ar; no entanto, encontramos 16 endereços que seguem na atividade e que você deveria evitar. Como saber se uma oferta de Black Friday realme

Anatel e Procon-SP notificam Vivo após dados de clientes serem expostos

às 14h51 por

A Vivo deverá dar explicações sobre a falha que expõs dados de clientes que usavam o portal Meu Vivo. A Telefônica Brasil, dona da operadora, foi acionada pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e pelo Procon-SP, que querem saber o que tem sido feito para resolver o problema. Adobe expôs dados de 7,5 milhões de contas da Creative Cloud

Procon-SP multa Google e Apple em até R$ 10 milhões por causa do FaceApp

às 11h54 por

A Fundação Procon-SP multou o Google em quase R$ 10 milhões, e a Apple em R$ 7,7 milhões, acusando-as de desrespeitar o Código de Defesa do Consumidor (CDC) ao fornecerem o FaceApp para iPhone e Android sem termos de uso em português. Além disso, o órgão diz que as duas empresas estabeleceram cláusulas abusivas em suas políticas de privacidade e termos de uso. O Google vai recorrer da decisão. Como pedir ao FaceApp para remover seus d

Cadastro para bloqueio de telemarketing em SP enfim adota HTTPS

às 16h43 por

A Fundação Procon-SP passou a utilizar o protocolo HTTPS em todo o seu site, incluindo no Cadastro para Bloqueio do Recebimento de Ligações de Telemarketing, após uma denúncia da imprensa: o sistema lançado em 2009 dependia de conexões não-protegidas há anos, potencialmente expondo dados pessoais como endereço e número de telefone. Em outros estados, como Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, os sistemas para barrar chamadas indesejadas ainda usam HTTP.

Uber diz ao Procon-SP que motoristas não podem recusar passageiros com cão-guia

às 18h55 por

Após ser notificada pela Fundação Procon-SP, a Uber respondeu que os motoristas não devem negar corridas para passageiros com deficiência visual e cão-guia: se fizerem isso, eles recebem uma advertência e podem ser desativados da plataforma. No mês passado, um motorista em São Paulo recusou viagem a uma advogada cega porque ela estava com cão-guia. Uber demite 400 funcionários para cortar custos

Rappi e Uber se isentam de morte de entregador em resposta ao Procon-SP

às 10h17 por

A Fundação Procon-SP notificou a Rappi e a Uber após a morte de um entregador na cidade de São Paulo: o motoboy teve um AVC (acidente vascular cerebral), o atendimento de emergência não enviou uma ambulância após ser contatado, e um motorista da Uber se recusou a levá-lo ao hospital. As empresas negam responsabilidade dizendo que prestam serviços aos motoristas e entregadores, não o contrário.

FaceApp não responde a Procon-SP; Apple e Google negam ser responsáveis

às 12h37 por

A Fundação Procon-SP notificou o FaceApp, o Google e a Apple para entender a coleta e armazenamento de dados do aplicativo que simula como você será quando estiver idoso. Google e Apple dizem que não são responsáveis pelo app, pois apenas o oferecem na Play Store e App Store, respectivamente; enquanto o FaceApp não respondeu.

Procon-SP alerta Anatel por informação errada no site Não Me Perturbe

às 11h29 por

O site Não Me Perturbe foi criado pelas operadoras por determinação da Anatel para bloquear ligações de telemarketing da Algar, Claro/NET, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo. A seção de perguntas frequentes dava a entender que esse serviço substituía o cadastro Não Me Ligue da Fundação Procon-SP, o que não é verdade; por isso, a agência de telecomunicações foi notificada para alterar o texto.

Procon-SP quer que FaceApp, Google e Apple expliquem coleta de dados

às 16h30 por

A febre do FaceApp — aquele app que envelhece os usuários nas fotos — atraiu a atenção da Fundação Procon-SP: o órgão, que tem vínculo com a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, notificou os responsáveis pelo aplicativo para saber como os dados dos usuários são tratados. Google e Apple também receberam notificações. Extensões para Chrome e Firefox venderam dados de 4 milhõ

Carregar mais posts